Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Legacy (e falta de chá)

Qualquer pessoa que trabalhe em Internet sabe o que é o legacy. São as coisas que sistemas novos têm de assegurar, provenientes de sistemas anteriores.

 

Se uma coisa autentica A, B e C, de repente, não se pode mudar para algo que apenas autentique A. Mesmo que o sistema seja novo, e o B e o C sejam coisas obsoletas, se estão a ser usadas pelas pessoas, o novo sistema têm assegurar esse legacy (legado).

 

Isto é óbvio, e é mesmo uma das primeiras coisas que se aprendem, quando se trabalha em sistemas que são usados por muitas pessoas, e há muito tempo.

 

A não ser que se trate de um jornal online. Nesse caso, se formos olhar para a realidade dos factos, os jornais não têm de obedecer a esta regra.Não porque não se lhes aplique, porque aplica, mas porque são burros.

 

No dia 25 de Abril de 2010 escrevi um post, onde, entre outras coisas, linkava um artigo do Diário de Notícias. Por estes dias, enviei o link desse post, para que alguém o pudesse ler. Respondem-me "o link do DN está quebrado". Fui ver. Tungas. Link quebrado. O DN mudou de imagem, mudou de site, mudou de gestor de conteúdos, mas esqueceu-se do legacy. Milhares de links devem ter ficado quebrados de um dia para o outro.

 

O DN foi burro, por duas razões. Uma imediata, outra de curto/médio prazo. Imediata porque perde tráfego. Todos os links quebrados que criou com o novo sistema, é tráfego que no passado lhe chegava, e que, por erro próprio, deixa de lhe chegar. E não me parece que os números do DN estejam assim tão simpáticos que permitam deitar à rua seja que tráfego for. Afinal de contas 16º lugar no ranking, não é nada de especial.

 

A segunda razão da burrice prende-se com o facto de ter estragado uma catrefada de posts. Os donos dos Blogs que linkavam para o DN têm agora os seus posts incompletos, com menos informação do que aquela que tinham quando os escreveram. E, se forem como eu, quando descobrirem a coisa, vão pensar duas vezes, antes de voltarem a linkar uma notícia do DN.

 

Sim, tentei encontrar o artigo em causa, uma vez que sei o tema sobre o qual se debruçava bem como o ano em que foi publicado. Debalde (adoro esta palavra). Ou desapareceu para sempre nas catacumbas digitais do DN, ou o motor de pesquisa do DN é, também ele, uma merda. Não interessa.

 

O que é certo, é que, pelos motivos acima expostos, o DN não só deitou tráfego fora, como arranjou forma de evitar futuro tráfego.

 

Não vêem neste post nenhum link para o DN, pois não? No passado, eu teria feito o link. Neste momento, não o faço.

 

Sei lá quando e que eles decidem mudar de endereço.

6 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D