Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





subscrever feeds


Arquivo



Espartilhos

por jonasnuts, em 29.02.08
Usavam-se muito, antigamente.

Serviam para acondicionar melhor a artilharia feminina. Claro que a estética da altura era outra. Para mim um espartilho é algo que prende, que limita e que condiciona.

Por isso é que este Blog não tem um tema. Não é um baby blog, não é um blog geek, não é um blog político, não é um fotoblog. Mesmo apesar de ter posts típicos de cada uma das categorias anteriores (e de mais umas tantas categorias inexistentes).

Catalogar um Blog pode facilitar a sua categorização em directórios, pode facilitar a sua arrumação na lista de feeds de quem os lê, mas espartilha-os.

Tenho dificuldade com blogs temáticos, acho sempre que o espartilho do tema obrigatório os limita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que me (nos) motiva

por jonasnuts, em 29.02.08
É frequente perguntarem-me porque é que convidamos os Blogs que convidamos, para virem para os Blogs SAPO. Querem muito saber quais são os nossos critérios. Como os Blogs do SAPO são um dos muitos serviços do Portal, muitas pessoas acham que a nossa motivação tem razões obscuras, e as teorias da conspiração avolumam-se. Às vezes são, até, cómicas.

E a resposta, tantas vezes incompreendida, é admiravelmente simples. Convido os Blogs de que gosto. As simple as that. Uns vêm, outros não. Há mesmo quem nunca responda, faz parte.

Namoro Blogs, quando acho que é chegado o momento certo, faço um convite. Não tenho uma mensagem pré-definida. Cada caso é, sempre, um caso. Detesto mensagens pré-definidas. Nem a porcaria da minha assinatura tenho pré-definida no meu mail. Quando assino um mail escrevo todas as letras do meu nome, do SAPO e da PT.com. Sempre.

E pronto senhores, podem parar com as teorias da conspiração. São só os meus gostos. Podem ser esquisitos, mas são os meus.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta malta não aprende

por jonasnuts, em 29.02.08
Este pessoal não aprende :)

Vocês gostam de alimentar a coisa, certo?

Vá lá, não vamos outra vez embarcar numa discussão sobre o que é que é mais antigo, ou sobre o que é que veio primeiro, pois não?

Nós sabemos como é que a coisa funciona, e qualquer pessoa pode escrever o que lhe apetecer sobre o que quiser, não é?

Se eu quiser dizer quem em 1997 tinha um Blog, usando para o efeito uma página do Terràvista, ninguém me pode impedir, pois não? Não, não é verdade, mas não é isso que está em causa. Eu posso escrever o que eu quiser. A inteligência de quem lê é que está a ser posta à prova. Se sistematicamente engolem o que eu digo, se não confirmam, se não vão atrás, e se continuam a ler, não sou eu que sou burra por dizer aldrabices para fazer aumentar o tráfego, pois não?

Quem me linka e quem diz ámen sempre que eu abro a boca é que é burro (ou, no mínimo, incauto).
Pela parte que me toca, o Blog mais antigo que eu conheço, português (e eu acho redutor falar de nacionalidades quando falamos de Internet), é o Macaco. Faz 10 anos, no ano que vem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

TSF

por jonasnuts, em 29.02.08
Em viagem, a ouvir a TSF no dia do seu aniversário. O facto de estarmos a ouvir TSF já é uma homenagem, habitualmente aproveitamos as viagens para Coimbra para ouvir música ou pôr os podcasts em dia.

Estava a dar a entrevista de Carlos Vaz Marques a 4 ex-directores da estação, Emídio Rangel, David Borges, Carlos Andrade e José Fragoso.

Comenta ele:
-Esta entrevista está a ser uma merda.
- Demasiado "Somos os maiores"? - pergunto eu.
- Não, um bocado gayzola.
- Gayzola?
- Sim, estão 3 gajos a fazer broches ao Emídio Rangel.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Sector primário

por jonasnuts, em 29.02.08
- Sim senhor, filho, a agricultura é uma das actividades do sector primário.
- Dá-me lá exemplos de cereais que se cultivem em Portugal.
- Trigo
- Muito bem, o trigo é de facto um cereal que se cultiva em Portugal. E mais?
- ....
- ....
- .....
- Já sei. Estrelitas.

Vê-se mesmo que é um puto da cidade, caraças.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cortesias com chapéu alheio

por jonasnuts, em 28.02.08
Não costumo misturar este Blog com o meu trabalho, embora sejam duas coisas que estão inequívoca e inexoravelmente misturadas. Sem um não havia outro, e sem outro não havia um.

Mas há alturas em que é preciso. Esta é uma delas.

Sou a face mais visível dos Blogs do SAPO. Seja porque sou a mais velha, seja porque tenho a competência de puxar pela carroça (ou assegurar que ela se move sempre na mesma direcção), seja porque sou aquela que tem mais lata.

Em tempos coloquei aqui uma expressão deliciosa através da qual muitas pessoas chegam a este blog, fazendo uma pesquisa por "senhora dos blogs do SAPO".

Esta visibilidade é tanto maior quanto mais são os links de ilustres da Blogosfera que por cortesia (e por desconhecerem certamente este Blog), agradecem uma atenção, e colocam o link, precisamente para aqui. Tenho lata, é um facto, mas fico sempre corada quando encontro essas referências.

É então preciso clarificar, para todos, que os Blogs do SAPO são o fruto de uma equipa coesa, competente e apaixonada pelo seu trabalho. E que, muitas vezes (a maior parte), apesar de ser eu a face mais visível, o trabalho, o mérito, a dedicação, o talento e o engenho são do Pedro e da Claudia e, de uma forma mais discreta, do André, do Hugo e do .

O seu, a seu dono.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dinossauro

por jonasnuts, em 27.02.08
Hoje, ao almoço, senti-me um bocadinho dinossauro.

Só faltava estar num museu, com um bocadinho de cheiro a mofo.

O discurso "naquele tempo era assim", fez-me lembrar os meus avós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma questão de pulmão

por jonasnuts, em 27.02.08


Link do vídeo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O Insurgente

por jonasnuts, em 25.02.08
E como eu gostava de ter o contacto dos senhores do Insurgente, caraças.

Se alguém souber o endereço de mail de qualquer um dos Insurgentes, dos verdadeiros, claro, é favor deixar aqui, ou no meu mail (jonas (arroba) co.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicidade

por jonasnuts, em 25.02.08
Passei o fim-de-semana mais ou menos de molho e ontem passei mesmo o dia na cama, com febre. Todos os anos vejo os Oscars, são a minha directa anual, mas ontem pensei que não seria inteligente impor uma directa a um organismo febril, a precisar de descansar para repor energias, e portanto fui para a cama às 10h00, para ver se adormecia. Ele deixou aquilo a gravar, no computador ou lá o que é aquela geringonça que se usa lá em casa para gravar coisas que passam na televisão.

O problema é que depois de anos a fio a fazer uma directa neste dia, o meu organismo já está habituado, e pouco depois da hora certa, acordei. O facto de haver um senhora a cantar numa voz muito estridente, como se lhe estivessem a fazer mal (mas com ela a gostar), deve ter ajudado.

Claro que não tendo visto o princípio, perdi o principal dos Oscars, que é a passadeira vermelha, mas pronto, sempre ficava com as piadas do Jon Stewart.

Lá vi o que tinha a ver, a emoção já não é a de antigamente, acho que me fazem falta as coreografias da Debbie Allen, não sei. O facto de não ter oportunidade para ver os filmes também é capaz de retirar algum entusiasmo e eu não sou como a minha mãe, que diz "ah, o Xavier Bardem vai muito bem, que papel fantástico", mas só viu o trailer :)

Duas notas positivas. Os senhores anunciantes acordaram para os Oscars. Finalmente. Houve publicidade de jeito, nos intervalos. Por "de jeito" entenda-se publicidade que não anunciava fotos, vídeos e demais formatos suportados por telemóvel de louras, morenas, donas de casa e amadoras, em posições mais ou mais explícitas, e com umas estrelinhas em cima da partes pudendas (adoro esta palavra). A publicidade, até ao ano passado fazia de todos os que passavam a noite acordados a ver os Oscars uns fomecas, uns frustrados, daqueles que andam no irc ou no messenger a perguntar és m ou f?

Este ano não. Foi melhor. Toblerone e Yorn embora este último seja para um target que eu não vejo a passar a noite acordado para ver os Oscars.

Por último, uma palavra de elogio para os senhores comentadores que, à semelhança do que tem vindo a acontecer desde que os Oscars são na TVI, calam-se quando o espectáculo começa, e só abrem a boca no intervalo. Não me interessa o que é que eles dizem, só me interessa que não achem que seja preciso fazer tradução simultânea, como aconteceu em anos anteriores, antes dos Oscars terem chegado à TVI. E pronto, é a única coisa de jeito que tenho para dizer acerca de toda a programação da TVI :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Pág. 1/6





subscrever feeds


Arquivo