Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Planetas, conteúdos e outros palavrões

por jonasnuts, em 30.08.07
Ou, a minha pila é maior que a tua.

Este Blog está agregado a um Planeta. Um planeta é uma engenhoquice que faz com que num determinado local (endereço) apareçam os posts dos Blogs agregados. Normalmente, um planeta tem um tema, e todos os Blogs agregados publicam conteúdos relacionados com essa temática, que pode ser mais ou menos abrangente. A centralização de vários produtores de conteúdos num só sítio tem por objectivo dar a conhecer novos autores às pessoas que acompanham um determinado planeta. É útil para quem consome os conteúdos (que fica com acesso a mais conteúdos sem ter de andar à procura) e é útil para o produtor de conteúdos, porque, também sem ter de se mexer, fica com audiência para o que escreve.

Há poucos planetas de Blogs portugueses, este blog esteve no Planeta Asterisco, que depois mudou de nome para PrintScreen, mais tarde este Blog mudou-se para o Planeta Geek.
Há mais planetas e agregadores, mas pouco mais.

A Blogosfera portuguesa é pequenina, e depois, também somos penalizados por vivermos nos subúrbios da acção, na periferia da informação, na trafaria dos happenings. Ora isto faz com que, muitas das vezes, aquilo de que se fala nos Blogs (planetados ou não), seja em 2ª, 3ª, ou mesmo 4ª mão, e é muitíssimo frequente aparecerem 20 ou 30 Blogs a dizer exactamente a mesma coisa (se for sobre qualquer coisa da Apple, especialmente se for o iPhone multipliquem por 50). Não seria mau, se cada autor lhe acrescentasse a sua perspectiva pessoal, a sua experiência, a sua opinião. Mas, fruto da distância, muitas vezes essa experiência não existe, e o conhecimento é por ouvir dizer. Então, são meros copy/paste (ou maçã/v) com uma tradução pelo meio, de conteúdos que já foram publicados por outros. Somos, salvo raras excepções, pobrezinhos mora longe.

Para além desta pobreza, acresce ainda que somos belicosos (daí o subtítulo deste post), e andamos sempre a marrar uns com os outros. Atenção, estou a usar o plural porque é mais politicamente correcto, que eu cá não marro com quase ninguém. Marramos uns com os outros dizia eu. Seja por causa de questões pessoais que contaminam um determinado ambiente, seja por causa de divergências que não se conseguem resolver com um debate construtivo, seja porque este meio ainda é maioritariamente masculino, e a maior parte dos homens que eu conheço são mais competitivos e agressivos do que a maior parte das mulheres que eu conheço. Anda-se sempre numa de "a minha pila é maior que a tua, ou é melhor que a tua".

Ora isto é um sinal de absoluta burrice, obviamente.

Porquê? Porque a única coisa que se consegue com este tipo de postura é alienar conteúdos (pessoas que se fartam desta competição e que abandonam os seus planetas) e afastar leitores (com falta de pachorra para criancices).

Hoje à tarde, em conversa com um dos Obvious, ele falava-me do espírito dos Blogs do Brasil que, mantendo uma saudável competitividade, conseguiam encontrar uma plataforma de debate e de entre-ajuda que era benéfica para todos. Não percebo porque é que por cá, não se consegue chegar a essa plataforma de entendimento. Toda a gente teria a ganhar. Uns planetas linkavam para os outros, os outros linkavam para uns, debatia-se saudavelmente as questões através dos posts e toda a gente tinha a ganhar.

Isto já vai longo, mas falta-me um acrescento. Uma nota comum na maioria dos planetas portugueses que acompanho. Quase todos falam do futuro, da grandiosidade do projecto, da estratégia para revolucionar o mercado dos conteúdos. Tenho sobre isto uma visão muito pessoal (e muito cáustica). Conheço poucos Blogs que tenham conteúdo de jeito, de forma sistemática. Um post jeitoso de vez em quando toda a gente consegue, fazer posts jeitosos de forma sistemática não é para todos. Ao nível da geekaria light, não há material para revolucionar seja o que for. Enquanto a maioria se limitar a copiar o que é feito lá fora (muitas vezes sem sequer traduzir) , sem qualquer input pessoal de jeito, e enquanto andarmos às turras uns com os outros, revoluções só mais tarde....lamentavelmente, só muito mais tarde.

Autoria e outros dados (tags, etc)



18 comentários

Sem imagem de perfil

De Dextro a 30.08.2007 às 22:29

É a triste realidade nacional mas no entanto eu quero tentar fazer algo de diferente com o TekPT, tentar colocar ali aqueles conteúdos que são melhores ou que pelo menos se torne num sitio que cative as pessoas porque lá podem obter a informação que precisam.

Mas pronto, cá estou eu mais um a dizer que vai "revolucionar" mas ao menos sei que não me é possível criar algo de tão bom como há "lá fora"... resta-me tentar.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 30.08.2007 às 22:39

Mas eu acho que é possível fazer algo tão bom ou melhor do que lá fora, desde que o pressuposto seja também fazer diferente do que se faz lá fora.

Enquanto tentarmos apenas ser macaquinhos de imitação, não temos qualquer possibilidade, somos comidos vivos. Bem sei que fazer algo de completamente original é cada vez mais difícil, mas ainda se consegue, principalmente se deixarmos de olhar exclusivamente lá para fora.
Sem imagem de perfil

De Mario Lopes a 31.08.2007 às 01:10

MJ, eu simpatizo contigo e gosto do teu feitio (es parecida comigo!), caso contrario nao comentaria no teu blog com a frequencia que o faco (nem o teria na minha lista de feeds). Tu escreves conteudo original. E bem escrito.

Mas nao consigo resistir a isto. Rele, por favor, o que escreveste. Agora pensa em SAPO. Imprime isso e afixa ai nos corredores :-)

Agora indo um pouco mais on topic,

http://mywheel.net/blog/index.php/2007/08/14/the-joy-of-being-portuguese/

e mais recente

http://mywheel.net/blog/index.php/2007/08/29/are-we-done/

Suponho que ja' os tenhas lido

P.S. - Nunca te disse isto, mas foste uma grande perda para o Prt.Sc.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 31.08.2007 às 01:28

Em certa medida concordo contigo, e estive vai não vai para referir o SAPO como exemplo, mas trata-se do meu Blog pessoal, e não queria misturar alhos com bugalhos.

Não precisas de me encaminhar para o teu Blog, eu continuei (e continuarei) a subscrever o feed, e continuo a comentar onde me apetece comentar, independentemente do sistema planetário. Sim, li os posts que indicaste :)

Não levo este blog suficientemente a sério para concordar contigo na parte da perda :)
Sem imagem de perfil

De Eurico Leite a 31.08.2007 às 00:55

Existem pessoas que criam um blog e que postam por gosto, existem os outros que só por que o outro tem, também tem que ter.

Esta é uma dessas causas do famoso copy-paste . A tal competividade que te referes.

Não sei de fundo o que se passa entre os planetas portugueses (conhecendo eu só o PrintScr e o Planet Geek ) mas sei que tal como há a rivalidade A Bola vs Record , Sic vs Tvi e por aí adiante, a competividade é importante.

É por isso que existem os blogs que postam por gosto e que não sentem a necessidade de postar todos os dias. Limitam-se a partilhar o conhecimento que encontrou enquanto surfava na net . São esses que postam por gosto e dão o seu cunho pessoal no post.

Mas duvido que esta realidade se mantenha visto poder ser engolida pelos outros.

Parabéns pelo excelente artigo
Sem imagem de perfil

De Rui Cruz a 31.08.2007 às 01:30

A minha pila é mesmo maior que a tua.
E melhor.

Print Screen ao poder!


Rui
Imagem de perfil

De jonasnuts a 31.08.2007 às 10:15

Gosto da forma subtil com que demonstras que compreendeste e concordas com o espírito do que escrevi :)

Sei que me pediste para apagar este comentário, mas por uma questão de coerência não vou fazê-lo. Mantenho que as pessoas são livres de se expressarem, mesmo que não concorde com o que dizem, e desde que se mantenham dentro dos limites razoáveis da boa educação.

:)
Sem imagem de perfil

De leonardo a 31.08.2007 às 08:24

Muito interessante esta idéia de "Planetas". Poderias sugerir mais alguns além do PrintScreen e do Planeta Geek ? Estou pensando em hospedar meu blog em algum. Eu concordo que toda a competição é inútil. Seja bloguista contra bloguista, Portugal contra Brasil, ... A união faz a força.

Ah, eu tenho um blog "por gosto" e não estou nem perto de postar todos os dias.

Abraço.
Imagem de perfil

De dottoratoamilano a 31.08.2007 às 15:15

Subscrevo o pedido do leonardo. Alguém conhece mais planetas? Principalmente de pessoas que estejam deslocadas dos seus países, seja por que razão for.
Sem imagem de perfil

De dextro a 03.09.2007 às 01:35

Porque não criam o Planeta Imigrantes se conhecem pessoas suficientes que falem desse tema no seu blog? Era capaz de ser interessante comprar as experiências de portugueses no estrangeiro :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.09.2007 às 01:44

Eu cá, de planetas já tenho a minha conta, muito obrigada :)

Segue o link, e vê a barra da direita :)

http://inovcontacto10.blogs.sapo.pt/
Sem imagem de perfil

De Manuel Padilha a 31.08.2007 às 08:29

B-R-A-V-O.

Vou seguir os comentários a este artigo para ver quantas pessoas vêm concordar contigo sem fazer o "mea-culpa" correspondente...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 31.08.2007 às 10:20

Duvido que venha aqui alguém comentar fazendo o mea culpa. É a mesma coisa com aquelas pessoas que são "tias", nunca acham que são "tias". Às vezes é difícil reconhecermos em nós próprios alguns vícios e características.

Bom, excepção feita ao Rui que, não fazendo propriamente um mea culpa, assume vivamente a sua postura :)
Sem imagem de perfil

De jocaferro a 31.08.2007 às 13:48

Apenas um pequeno pormenor que parece estar a escapar a algumas mentes mais "argutas".
Pela parte que me toca eu escrevo o que quero, acerca do que quero e quando quero. Nunca ninguém me impôs, nem imporá, o que eu faço com o meu blog. Quem quiser ler o que escrevo lê e quem não quiser faça uma boa viagem.
Ora, a proliferação dos blogs deveu-se exactamente a esse "insignificante" pormenor que é a liberdade. Liberdade de dizer o que quiser sem haver alguém a orientar o sentido das nossas palavras, para traduzir ou não traduzir, copiar/colar, usar as nossas palavras ou não e muitos outros pequenos e insignificantes pormenores, tudo junto, é o que faz esta virtual aldeia global chegar ao que é hoje.

Se julgam que as situações narradas no post são exclusivamente conotadas com o nosso país, enganam-se rotundamente e, sinceramente, não percebi lá muito bem o exemplo do Brasil.

Quanto ao tamanho da pila, nem sequer falo pois pelos exemplos que vejo, principalmente nos meios empresariais, os dois sexos são extremamente competitivos e andam sempre de régua em punho. Para medir o quê, não me perguntem...

Quanto aos Planetas, não me pronuncio mas parece-me que partindo de uma base de apenas dois para significar um todo, não é um bom ponto de partida.

@braço.



Sem imagem de perfil

De Marco a 31.08.2007 às 16:13

Excelente post, Jonas. Há uma certa esquizofrenia associada à competitividade entre planetas ou blogues. Talvez se julguem muito mais importantes do que na realidade são.
Acho que o que falta a alguma desta malta é saber desligar o computador de vez em quando. Só assim poderão reavaliar o que é relevante e irrelevante, o que é real e ilusório. Alguns poderão até aproveitar para crescer, e só depois aparecer. E quando eu digo ‘crescer’, ó Rui Cruz, não estou a falar de pilas.
Sem imagem de perfil

De Luis Matos a 03.09.2007 às 17:01

Decidi comentar neste post antigo, depois da baralhação de que me apercebi no "planet geek".

Subscrevo o planeta há algum tempo e gosto de (praticamente ) todos os autores. Não sou daqueles leitores que lêm todos os detalhes, mas aquilo que mais procuro nos blogs são curiosidades, notícias e opiniões.

Vai daí ... o planeta até pode ser o "planet XPTO" que continuava a ser um bom planet, mais que não seja pela selecção que os responsáveis do planeta possam fazer, de forma a eu ter subscrito o dito planeta.
Sem essa subscrição, eu não conheceria o teu blog, que acho bastante interessante.
Com isto tudo, é com tristeza que vejo várias pessoas se desagregarem do planet geek ... não por não escreverem "geek" (que horror) mas que mancha a pluraridade da internet e baralha o meu leitor de feeds que vai ter que levar com mais umas feeds, ou ... não.

inté.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.09.2007 às 18:14

Tanto quanto sei, não há qualquer baralhação. Há a saudável evolução de um planeta em que saem uns, entram outros. É o normal, embora compreenda que possa ser interpretado como baralhação, pelo facto de terem sido em simultâneo. Uns entram, outros saem, é esse o caminho da evolução e do progresso.

Não concordo contigo quando referes que a saída de um Blog empobrece e Internet, isso seria verdade se os Blogs deixassem pura e simplesmente de existir, e pelo menos no que a este Blog diz respeito, esse não será o caso. Também, verdade seja dita, que não acho que o desaparecimento deste Blog empobrecesse fosse o que fosse, como não acho que a sua existência enriqueça grande coisa.

Eu não levo o meu blog demasiado a sério. :)

Vemo-nos por aí, ou talvez não :)
Sem imagem de perfil

De Luis Matos a 03.09.2007 às 22:17

Não se trata da saída ou não existencia de um blog ...
Não se trata de levar um blog a sério ...

Vejo os blogs como fonte de informação avulsa, não contínua (o descontínuo aki não se aplica!).
Quando estes blogs não contínuos se agrupam em planetas, proporcionam uma leitura agradável entre várias ideias.
Como tu dizes, uns ficam outros saem, mas por vezes fazem falta adicionar e não subtrair.

Confio um pouco nos editores do planeta para fazerem uma pré-selecção por mim, quer no convite a novos blogs, quer no não convite ou rejeição de outros. Quando saem blogs interessantes, cabe a quem lê reclamar. Essa parte parece feita.

boas continuações.

Comentar post






Arquivo