Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



A pornografia e o poder da palavra

por jonasnuts, em 15.10.09

Desengane-se quem aqui chegou à cata de um post sobre a falta de diálogo típica dos filmes pornográficos. Não é nada disso.

 

Oiço com frequência as pessoas em geral e jornalistas em particular a identificar fotos pedófilas, como "pornografia infantil".

 

Enquanto que às pessoas em geral se pode perdoar o erro, aos jornalistas nem por isso.

 

A pornografia não é crime. Imagens de teor pornográfico, entre dois adultos, feitas consensualmente, não são crime.

 

Não há pornografia infantil.

 

Há imagens de crianças abusadas sexualmente. Há imagens de crianças, usadas para efeitos de pedofilia.

 

Dizer pornografia infantil, é uma forma de legitimar a pedofilia.

 

Para que haja pornografia, é preciso que haja adultos e consenso.

 

Sim, eu sei que não é essa a intenção, mas consultem lá os compêndios de quem sabe da poda, a ver se não é como eu digo.

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Sem imagem de perfil

De David a 16.10.2009 às 00:33

Metes-me medo com as verdades que dizes, assuta-me, mas é verdade...
Imagem de perfil

De pedrocs a 16.10.2009 às 12:45

É exactamente como dizes. Mas no entanto, como especialista na matéria, devo dizer-te que tenho um reparo:

"Imagens de teor pornográfico, entre dois adultos, feitas consensualmente, não são crime."

Então... entre dois adultos? Só? E que tal 15 adultos? Aí sim, a diversão é mais garantida.


Sem imagem de perfil

De Bino a 16.10.2009 às 14:24

Ía caindo da cadeira, de tanto rir.
Imagem de perfil

De Nuno Saraiva a 16.10.2009 às 17:50

É verdade... Ao chamar ao problema pornografia infantil, até parece que o único crime foi o divulgar ou distribuir as fotografias em si, e não acto.

O mal maior, nmho, foi o acto e não a distribuição.

No entanto, sou a favor que o castigo para quem abuse por motivos comerciais seja mais grave que o de quem abuse por pancada psicótica.
Imagem de perfil

De PortoMaravilha a 17.10.2009 às 22:59

Parabéns pelo texto !

Quem viveu no seio duma baleia ( Jonas ) é sempre uma referência.

Concordo contigo ( posso dizer tu ? ) : Dizer pornografia infantil é uma forma de legitimar a pedofilia.

Claro que não há pornografia infantil ! Há pedofilia e prostituição.

O actual ministro da cultura Francês tem tentado safar-se dessa problemática.

Estão a par ?

E Viva Oporto !


Imagem de perfil

De jonasnuts a 17.10.2009 às 23:06

Aqui, que é o meu blog pessoal, toda a gente se trata por tu :)

(já nos Blogs onde escrevo em nome de terceiros, nomeadamentem nome do SAPO trato 99% das pessoas usando a terceira pessoa, mas nunca o "você") :)

Comentar post






Arquivo