Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Estudos sobre Blogs

Soube pelo Ponto Media de um estudo sobre "Bloguers e Blogosfera".

Fui ver, curiosa que sou acerca destas coisas, e já que os estudos têm sobre mim o mesmo efeito que as peças jornalísticas sobre a minha área. Tenho sempre esperança que seja desta que alguém acerta, e acabo a leitura sempre furiosa com tanta incorrecção e, às vezes, incompetência.

Mas vou sempre com esperanças. Burra.

Nem sei por onde começar. Pelo princípio talvez. Bloguers? O que raio são Bloguers?
Das duas uma, ou assumem a palavra de origem e lhes chamam Bloggers, ou assumem o termo português, Bloguistas. Podem aprofundar o tema aqui, aqui e aqui.

O documento propõe-se a:

"O presente Flash Report faz uma caracterização dos Bloguers portugueses e da sua actividade de blogging, nas vertentes de consumidores e produtores de conteúdos da blogosfera, e as suas percepções acerca da credibilidade desses mesmos conteúdos comparativamente com os difundidos pelos mass media. " 

Sim senhor, tem muito mérito. Vamos lá ver.

Começo a olhar para os números, e aquilo não bate com a minha contabilidade. Será que eu ando enganada? Pode acontecer.

Depois é o vocabulário. Sabem aquelas pessoas que querem falar mais caro do que o que sabem, e no processo metem os pés pelas mãos? É o feeling. Eu sei, é uma mania dos estudos, têm sempre que vir num vocabulário cerrado. Quanto menos pessoas perceberem o que lá está escrito, melhor, porque mais interessante e importante parece o conteúdo. É isso e a as citações bibliográficas, que é para os leitores saberem que os autores do estudo andaram mesmo a queimar as pestanas.

E depois há uma misturada de conceitos. Blogging é a acção de consultar blogs, e um bloguer(?) tanto pode ser quem consulta como quem produz.
A maior das confusões.

Por fim, e já completamente abismada com a coisa, fui tirar as teimas finais, à ficha técnica.

Tudo se explica, enfim. Pois está claro.
"A amostra final foi constituída por 2000 entrevistas. O trabalho de campo foi realizado entre
Abril e Junho de 2006..."

Os dados foram recolhidos há 2 anos. 2 ANOS!!!

Alguém tem de explicar aos senhores que fizeram o estudo que nestas coisas, 2 anos são uma eternidade. Portanto, o estudo que agora publicam tão felizes e contentes, provavelmente com o sentimento de dever cumprido, e de contributo importante para a sociedade de informação, não serve para a absolutamente NADA.

Talvez venha a ter valor histórico, quando se escrever a história da Blogosfera, mas mais nada que isso.

Era o mesmo que fazer-se um estudo sobre o impacto dos Telegramas no panorama das Telecomunicações em Portugal.

Estou para ver quantos jornais (e blogs, já agora) vão citar o tal estudo.

Santa paciência.



Quem, mesmo assim, quiser ir ver a coisa, está aqui.

15 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D