Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



A proposta paintball

por jonasnuts, em 04.11.07
Eu defendo esta proposta há algum tempo, mas acho que ainda não consegui convencer ninguém.

O que mais me custa é o facto de cada vez mais ser confrontada com a utilidade desta minha proposta. Hoje foi mais uma dessas ocasiões.

A5, sentido Cascais - Lisboa, 13h40, mais coisa menos coisa. Acidente na subida para Linda-a-velha. Tudo parado. Lá vamos nós, na faixa da direita. Havia um senhor a pé (sim, a pé na auto-estrada), que nos ultrapassou calmamente. Íamos devagar, portanto.

Um bocadinho antes de chegarmos à zona do acidente, encontramos à nossa direita a via que vem não sei de onde, com a respectiva faixa de aceleração, para que os carros possam entrar na A5.

Então o que é que alguns "automobilistas" decidem fazer? Engatar a marcha atrás, e ir, em marcha atrás pela via de onde deveriam apenas sair carros. E reparem, não foi um ou dois, enquanto pude ver, foi uma bela meia dúzia.

Um dos caramelos, que por acaso era uma caramela, num Smart com uma cadeira de criança esborrachada no porta bagagens, fez isso mesmo à nossa frente. Apitadela, olha para nós, faz um ar de "não se metam onde não são chamados" e tunga, lá vai ela, em marcha atrás, metendo pela via de onde poderia surgir um carro a uma velocidade razoável (uma vez que se prepararia para entrar numa auto-estrada).

Ela não ia muito depressa, e fez a manobra mesmo nas nossas barbas. A espingarda de paintball teria dado TANTO jeito.

Quer dizer, se os senhores "automobilistas" quiserem pegar nos seus carrinhos, colocarem-se em fila à beira de um penhasco e avançar, não tenho nada contra. Estão no seu direito, e não magoam terceiros.

Sempre que vejo uma calinada destas penso a mesma coisa. Há bestas em quem eu tenho de confiar todos os dias a minha vida e a do meu filho e, se os conhecesse, não lhes confiaria sequer, a minha roupa suja.

Ter uma espingarda de paintball e disparar contra o carro duma caramela destas é crime? E, se for crime, qual é a pena? Valerá a pena?

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Mario a 05.11.2007 às 07:50

Se fosses mesmo mázinha começavas a andar com uma maquina digital atrás e tiravas foto á coisa.
Fazias queixa na PSP e lixavas a vida a muita gente que anda por aí a lixar a vida ainda a mais gente.

Mas depois vem o velho habito português a dizer: "Só a trabalheira, não vale a pena"
Imagem de perfil

De jonasnuts a 05.11.2007 às 09:33

No meu caso não é uma questão de trabalheira, é uma questão filosófica.

Eu, por acaso, ando sempre com a máquina fotográfica e, por acaso, até tirei uma foto à senhora e fiz um vídeo de outros tantos mas...... essa coisa das queixinhas mexe-me com o sistema nervoso.

Passo a vida a dizer ao meu filho "não se fazem queixinhas", porque, convenhamos, quem fax queixinhas são os bufos.

Prefiro o método paint ball.
Sem imagem de perfil

De Edson Medina a 05.11.2007 às 12:13

Assim ensinas o teu puto que não ha problema de em infrigir as regras desde que não esteja a autoridade a ver. Hihihihi.
Imagem de perfil

De G. o gajo. a 05.11.2007 às 09:12

É a mesma cena de sempre...Um gajo chateia-se, eles não. O que mais chateia é ver que pessoas dessas fazem dessas avarias todos os dias...nunca são apanhados. E um coitado que se descuide um dia...pumba...Toma lá disto e passa para cá o guito.

G.

Comentar post






Arquivo