Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Prazeres analógicos

Comparada com o comum dos mortais, eu sou geek. Gosto de engenhocas. Comparada com a maioria das pessoas com quem trabalho, sou uma totó, mas pronto, é tudo uma questão de perspectiva. Gosto de engenhocas, coisas que nos facilitam a vida, carregamos num botão e vamos à nossa vida, e aquela coisa faz o que tem a fazer. Sempre que compro alguma coisa para a cozinha (e não só), tento sempre encontrar o coiso mais moderno e de última geração. A balança é digital, a batedeira já nem se chama batedeira, é um robot todo xpto, três vezes nove vinte e sete, a bimby, o descascador de alhos, o ralador, enfim..... é tudo geek.

 

Depois desta descrição, supor-se-ia que, no momento de comprar uma chaleira, eu optasse por aquelas todas zbroing, que a única coisa que é preciso fazer é encher de água, carregar no botão e está a andar, aquilo em 3 minutos ferve a água, apita e, suspeito que os modelos mais avançados já tenham uma câmara onde deitamos as folhas de chá, que se espalha sobre a água assim que esta ferve, e apita 5 minutos depois quando o chá já está próprio para consumo.

 

Pois, mas não. Comprei uma daquelas antigas, das que apita, mas apenas porque o vapor da água a ferver passa pela válvula que assobia.

 

E explicar o prazer idiota e infantil que me proporciona o ritual de fazer chá? Meter a chaleira ao lume, esperar imenso tempo, ouvi-la a chamar-me, ir lá tirá-la do lume e ouvir o assobio a extinguir-se, e depois fazer o chá (verde, dos Açores, evidentemente).

 

É tão analógico, que não percebo a pancada, mas é um desejo antigo, ter uma chaleira que apite. Já tenho uma, é igual à da foto, mas em azul claro.

 

Mais coisa menos coisa e começo a ter desejos por um fogão a lenha :)

1 comentário

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D