Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Acho que fui promovida

por jonasnuts, em 23.12.08

Acho que um dos meus últimos posts, mais exactamente aquele do "supônhamos" foi apelidado de "insulto brejeiro e soez". Confesso que tive de ir ver o que é que soez queria dizer. Os Blogs como espaço de cultura e educação, neste caso a minha. Soez quer dizer vil, torpe ou ordinário.

 

Acho que nunca tinham tentado insultar-me de uma maneira tão fina. Adoro gente educada. Ainda por cima, quem o fez, não escreveu aqui, provavelmente com medo de ser conspurcado pela minha "soezidade", o que se compreende, de resto. Provavelmente não pretendeu dignificar o meu post com uma resposta. É natural.

 

Foi sobre o post do estudo das meninas "investigadoras", e foi num comentário aqui. Mais exactamente, aqui. Aliás, para quem seguiu o tema, recomendo a visita. Para quem não seguiu o tema, recomendo a visita na mesma, ao blog em geral.

 

Aparentemente o tom do meu post não foi bem recebido:

"sinto uma grande tristeza por ver este espaço usado para dar expressão a vozes que não sabem merecer ser ouvidas (quem tem - ou acha que tem - argumentos válidos não precisa de fazer o que a senhora que o Pedro achou por bem referenciar faz)."

 

(a senhora, acho que sou eu).

 

Por acaso, a senhora (juntamente com outros dos presentes), no encontro de Blogs da Católica apresentou os seus argumentos que foram, na altura, aparentemente, anotados pelas "investigadoras" presentes. A senhora colocou todos os dados estatísticos da plataforma de Blogs do SAPO à disposição de qualquer investigador que quisesse trabalhá-los. À senhora (e restantes presentes) foi dito, pelas "investigadoras", que aquela apresentação era transitória, e que os comentários, por terem sido considerados relevantes, iriam ser dignos de debate e eventual introdução na apresentação final no Congresso de Ciberjornalismo.

 

Aparentemente a forma incomodou. Não estranho, a forma era, de facto, altamente irónica e, concedo, jocosa. O que estranho é que haja tal reacção à forma, e nenhuma reacção ao conteúdo.

 

No essencial, e de forma pouco jocosa: as "investigadoras" anunciaram  uma montanha, e pariram um rato. Mais, passado tanto tempo, e depois de tantas (e mais relevantes que a minha) vozes se terem levantado a contestar a metodologia, o tratamento dos dados, as extrapolações, insistem em que está tudo bem, e que se trata de um estudo científico e não mudam, absolutamente nada. O que fica são as parangonas da montanha.

 

Gostava de ver uma crítica de jeito feita ao conteúdo do meu post, já que tanto zelo foi colocado em criticar a forma.

Autoria e outros dados (tags, etc)



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Gonçalo Silva a 24.12.2008 às 12:03

Então o melhor centro de investigação do país, o CECS, faz um estudo sobre os blogs femininos do Minho e tu pobre mortal colocas em causas as suas conclusões?
Que percebes tu de blogs? Pensava que era senso comum de que esta matéria só pode ser tratada por investigadores da área da ciência jornalística, só estes têm a formação para pegar num resíduo de amostra e extrapolar resultados para toda uma sociedade.


Imagina que ao invés da forma o debate fosse sobre a substância e no desenrolar do mesmo o cidadão comum, erradamente, fica-se com a percepção que este estudo apresenta conclusões precipitadas e sem qualquer base de sustentação? O cidadão poderia precipitar-se e tomar este estudo como amostra e posteriormente extrapolar que o CECS anda a gastar o dinheiro dos contribuintes em estudos de merda e mesmo assim tem distinções de mérito? Claro que uma extrapolação deste calibre não está ao alcance de um cidadão e as permissas levam a juízos errados.
Por favor, mesmo que a matéria em estudo esteja directamente relacionada com a tua actividade profissional, nunca tenhas a audácia de por em causa anos e anos de filosofia sobre a comunicação e sociedade.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 24.12.2008 às 12:27

Uma das coisas que eu condeno, no estudo, é o facto de terem generalizado e extrapolado em demasia. Daí que não queira cometer o mesmo erro :)

O facto destas investigadoras terem feito um mau, péssimo trabalho, não passa um atestado de incompetência ao centro de investigação, cujo trabalho desconheço.

Agora, uma coisa é verdade, olharei com mais atenção e sentido crítico para todo e qualquer estudo que seja publicado sob a chancela do CECS.

É como as revistas da Deco. Na minha área, tecnicamente, costumam ser pobrezinhas, o que descredibiliza (talvez injustamente) todos os restantes estudos cujas matérias não domino.

O teu comentário põe o dedo na ferida e eu acho que é na realidade isso mesmo que está aqui em causa. Uma certa comunidade académica ainda se acha acima do cidadão comum. E se um cidadão comum ousa pôr em causa as suas conclusões, ressentem-se e não admitem. No fundo, no fundo, é provincianismo :) Ainda há muito disso em Portugal :)
Sem imagem de perfil

De Joana Lopes a 26.12.2008 às 13:08

Pois Jonas, eu ando cá com umas ideias um tanto maquiavélicas. A amadurecer.
Sem imagem de perfil

De João Castro a 26.12.2008 às 17:26

Gostava de ler o estudo na íntegra. Onde o posso encontrar? Só depois dessa leitura aprofundada é que poderei fazer comentários mais substanciais e que poderão enriquecer a investigação.
Sem imagem de perfil

De João Castro a 28.12.2008 às 16:47

Não me referia à apresentação, mas sim ao artigo publicado. As apresentações deixam sempre muito por dizer, uma vez que o tempo é escasso e qualquer investigador não tem possibilidade de explicar todos os pormenores de um trabalho que, certamente, demorou longas horas...
De qualquer modo, obrigado pela sua resposta.
Sem imagem de perfil

De PedroF a 26.12.2008 às 17:47

Maria João,
só uma clarificação rápida sobre a minha afirmação nos comentários no CF&A, quando digo "apesar do [t]eu texto conter erros de que discordo". Refiro-me a isto em concreto:

"Apresentar resultados do tipo:

"Grande parte dos bloggers inquiridos tem entre 26 e 40 anos (45,9%), é licenciado (40,7%) ou frequenta o ensino superior (30,2%), estando a maioria em situação activa."

Ou é falacioso ou idiota. Escolham uma delas."


Neste caso específico, elas podem fazer essa análise porque retratam os 88 "bloggers inquiridos". Não há generalização :)

Boas Festas
Imagem de perfil

De jonasnuts a 27.12.2008 às 15:39

Pertinente, de facto.

Boas festas :)

Comentar post






Arquivo