Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Rankings, autoridades, visitas e tops

Sempre me fez confusão a importância que se dá aos números. Não é de agora, já na instrução primária (antigamente era assim que se chamava ao 1º ciclo), dizia eu que já na instrução primária me fazia confusão a importância que se dava aos números. Não temos uma relação fácil, é verdade, e tende a piorar, porque encontro no mundo que me rodeia uma sensibilidade cada vez maior às questões dos números.

Eles disfarçam, e dizem que os números "valem o que valem" mas fazem-se e desfazem-se para terem cada vez mais números.

Vem isto a propósito duma discussão que andou aí pela geekosfera (e não só), sobre os rankings, e sobre os melhores Blogs (basendo-se a lista dos melhores no ranking do Technorati), e etc.

A autoridade do Technorati é baseada em números de links. Sim senhor, se alguém faz um link para um site, está a atribuir-lhe alguma autoridade, mas é uma autoridade exclusivamente numérica. Não é uma autoridade qualitativa. Mas o ranking do Technorati parece estar muito na moda, e já se fazem tops com base neste parâmetro.

Bem sei que para o Google Adsense, e para aparecer nos tops, a qualidade não é um dos factores mais importantes. Afinal de contas até há uns scripts que se põem a correr no Blog que fazem as vezes de visitas. E isso faz com que apareçam nos Tops e, já se sabe, os Tops são um íman de visitas, e é uma espécie de pescadinha de rabo na boca.

Não são muitos os Blogs portugueses que podem dizer que estão nos Tops e nos Technoratis da vida sem maroscas, sem cross linking, sem alfinetes de peito virtuais, sem scripts.

Noutro dia perguntei a dois autores de dois conhecidos e populares Blogs se eles quereriam ocupar os lugares cimeiros de vários tops. Usando SEO de guerrilha (que é como eu chamo ao SEO fajuto) seria fácil e rápido, chegar lá acima. A resposta não me surpreendeu muito, e foi idêntica em ambos os casos, e  apenas confirmou o que eu já pensava destes dois autores. Não, muito obrigado, não ligo muito a tops, e prefiro que seja aquilo que escrevo a levar as pessoas ao meu Blog, e não uma técnicas maradas de inflacionar artificialmente o número de visitas.

4 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D