Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Jonasnuts

Cença

Jonasnuts, 12.01.11

Cença é como algumas pessoas dizem com licença. Sabem, quando um empregado nos serve num restaurante, e a cada coisa que coloca na mesa, vai dizendo "cença, cença, cença".

 

Dão-me licença que entre? Já se foram embora as pessoas que só visitaram aqui a chafarica à conta do episódio pessoal do final do ano? Muito agradecida (de facto), por todo o apoio que recebi, mas sinto falta das minhas patetices do costume. A minha mãe ficará feliz, no entanto, por saber que não me sinto ainda completamente à vontade, para usar vernáculo, mas, já faltou mais.

 

Não gosto de exposição (não me acanho, não me retraio nem me atrapalho, mas não gosto), e gosto do ambiente semi-familiar deste Blog. As pessoas do costume, um troll aqui e ali para animar de vez em quando, mas pouco mais que isso.

 

Os números ainda não regressaram à normalidade, mas para lá caminham rapidamente.

 

E, porque falei na minha mãe e de patetices, aqui fica um dois em um. Uma caneca que tenho em cima da minha secretária. Oferecida pela minha mãe. Vinda de Londres há 2 ou 3 anos. Tão convicta está a minha mãe de que esta caneca tem uma mensagem real e fidedigna, que este ano me trouxe outra igualzinha. Ficou para a minha irmã, assim como assim, também lhe assenta que nem uma luva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pronto. Só para regressar às patetices e para saberem o que é que a minha mãe pensa de mim (e da minha irmã :)

25 comentários

Comentar post

Pág. 1/2