Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jonasnuts

Resposta ao Bitaites

Isto era um comentário a este post que, quando dei por ele, já era quase maior que o post, pelo que deixou de ser comentário, e passei-o para aqui:

 

Epá.....mas as mulheres não conduzem pior, de facto, quem conduz muito pior são as galinhas anémonas. Qualquer pessoa que conduza regularmente sabe disso.

O problema Marco é que estás a confundir as mulheres com as galinhas anémonas. As mulheres conduzem bem, não precisam de companhia para ir à casa de banho, não passam, sistematicamente, horas nas compras (sem comprar nada), não são viciadas em revistas cor de rosa, nem suspiram por encontrar um gajo que as sustente para que possam deixar o emprego. Essas são as galinhas anémonas. As mulheres têm namorados, maridos ou gajos, as galinhas anémonas têm esposos. Percebes a diferença?

Tenho a certeza de que, se pensares bem em alguns gajos, também não te identificas com eles. Nós somos é mais honestas, e assumimos que, dentro do género, há muitas nuances. O facto de eu partilhar (salvo seja) uma vagina com um enorme grupo de pessoas (e isto remete também para um dos teus posts anteriores), não é significativo.

 

Tenho a certeza de que não te identificas com vários tipos de homens, uma vez que a única coisa que têm em comum é a pila (cada um com a sua, espera-se). Não acredito que haja cumplicidade pelo simples facto de todos terem um pirilau (palavra da preferência da minha mãe).

 

Então, um gajo vota PNR, é racista, xenófobo, dá porrada na mulher, não gosta de ler, conduz como um javardo e fala de forma consistente com a condução, é chico esperto e fura as bichas (salvo seja) só ouve martelos, de preferência aos berros, tem o carro todo shunado mas......porque tem um penduricalho parecido com o teu (mais coisa menos coisa são todos parecidos, não é?) há uma cumplicidade? Bonding?

 

Não me lixes.

 

Nós, mulheres (e sim, estou a incluir-me neste grupo de forma muito despudorada) somos mais inteligentes. Sabemos que não é uma anatomia em comum que determina, por omissão,  as cumplicidades. Na realidade, é o cérebro que determina a existência, ou não, desse bonding. E claro, as galinhas anémonas não têm cérebro, o que dificulta a tarefa.

 

O cérebro, e ser-se do Benfica, claro.


E poupem-me as piadinhas do cérebro versus ser-se do Benfica, que é demasiado óbvio, e eu gosto de humor inteligente.

Para quem aqui vem à procura de pilas

De vez em quando, olho para as estatísticas deste Blog, e surpreendo-me sempre. Uma das coisas que mais me diverte é ver os desgraçados que chegam aqui, enganados, fruto das minhas metáforas.

 

Assim, quem vem aqui à procura de pilas, saiba que não veio ao local certo. Só no mês passado, foram mais de 100 desgraçados. Quando me refiro a pilas e ao tamanho das ditas cujas, normalmente refiro-me, precisamente a estatísticas, e à importância que tantos lhes atribuem.

 

Já agora, e mais contextualizada com o tema que procuram, se estão preocupados com o tamanho; aquela coisa d'o tamanho não importa? É mentira.

Medindo pilas

Como se sabe, não gosto muito de falar do meu trabalho, aqui. Como se sabe também, gosto pouco de medir as coisas exclusivamente por números. Acho que os números podem ser falaciosos. E pronto, foi o disclaimer para o que se segue.

 

Existe em Portugal uma entidade que mede as audiências online. Para todos os interessados, esta entidade independente presta esse serviço. No meio é conhecido como Netscope, e é a única coisa razoavelmente fiável que existe, para sites e serviços portugueses de grande dimensão. Há um script nas páginas destes sites e serviços que faz a contabilidade, e há um relatório mensal.

 

Os principais sites portugueses estão lá. Homepage do SAPO, Público, DN, JN, Record, Bola, Clix, Rádio Comercial, TSF, Correio da Manhã, RTP, etc.

 

Os Blogs do SAPO aderiram em Maio do ano passado, entrando directamente para um honroso 4º lugar, atrás do Jornal Record, do Jornal A Bola e da inatingível líder a Homepage do SAPO, que está num primeiro lugar MUITO destacado.

 

O primeiro objectivo era entrar para o pódio. Os Blogs do SAPO ultrapassaram o Record em Novembro, ficando com uma diferença de quase 1 milhão de visitas, face à Bola, que estava firme no 2º lugar.

 

E hoje, fui ver o relatório de Março. Os Blogs do SAPO ultrapassaram A Bola, e estão agora no segundo lugar do Ranking Netscope que contabiliza o número de visitas.

 

 

Quem é que dizia que os Blogs estão a perder importância e audiência?

 

Olha.....enganou-se, outra vez.

 

 

O auto-refresh ou a erecção dos Blogs

O auto-refresh é mais ou menos auto explicativo. É capacidade que um site (ou uma parte de um site) tem de, de x em x tempo, fazer um refresh ou um reload a si próprio. Isto dito assim parece pornográfico, mas é uma mera questão técnica.

O auto-refresh justifica-se, e é legítimo, quando o site em causa é actualizado com novos conteúdos com muita frequência, como um site noticioso, por exemplo.

Mas o auto-refresh é algo mais, é uma forma artificial de aumentar o número de pageviews, para que um site fique com umas estatísticas mais bonitinhas. Não é uma funcionalidade ao alcance imediato do comum dos mrotais, já que não se trata de uma questão de cultura geral, mas qualquer pessoa que queira, descobre facilmente como é que se põe um site ou um blog a fazer auto-refresh.

Os números parecem ser a Verdade de alguma Blogosfera. O meu Blog tem mais visitas que o teu, ou a minha pila é maior que a tua. A questão é que não se conseguem distinguir as visitas legítimas, das visitas que são resultantes de auto-refresh.

Portanto, andam a medir as pilas, mas uns têm umas réguas que já levam uns centímetros a mais. Parece aquela desculpa, ah, mas com uma ajudinha, fica maiorzinho.

Quando alguém me vier dizer que o Blog tem não sei quantos visitantes, acho que vou começar a pergunta, se é com o blog erecto ou em descanso.

Aqui, e só aqui, o tamanho não é o principal.

O principal é o que se faz, no e com o Blog.

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D