Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jonasnuts

Jonasnuts

Lá como cá, os políticos têm muito que aprender

Jonasnuts, 28.11.08

Foto daqui.

 

 

Na Bélgica há um sururu blogosférico por causa da empregada de um bar (e blogueira) de Nova Iorque ter sido despedida, alegadamente a pedido do "prejudicado" belga.

 

O prejudicado é o Ministro da Defesa Belga, que numa tarde copos em Nova Iorque cometeu algumas inconfidências (bem como o seu séquito). Foi tudo parar ao Blog.

 

A história toda pode ser lida aqui.

O efeito Obama nos Blogs do SAPO.

Jonasnuts, 06.11.08

escrevi sobre isso, no sítio certo, mas a tag cloud dos Blogs do SAPO hoje, reflecte ainda melhor o impacto das eleições americanas na Blogosfera portuguesa, de que o Blogs do SAPO são uma parte representativa.

 

 

Tendo em conta que esta tag cloud, normalmente não passa do mesmo marasmo da "vida", "pensamentos", "blogs" e demais sucedâneos, estou entusiasmadíssima :)

 

Regulação dos Blogs

Jonasnuts, 22.10.08

Um submundo novo, com regulação.

 

Quando alguém não compreende algo, em vez de se debruçar sobre o tema, para poder ter uma opinião baseada no conhecimento, opta muitas vezes por tentar impedir a coisa ou, como se diz em linguagem burocrática, regulá-la, impor-lhes regras que nada mais são do que areia na engrenagem.

 

Sei que esse dia chegará, à Blogosfera, na medida em que começa a tornar-se perceptível para os mais desatentos o poder que esta gera, e os incómodos que despoleta. O volume de autores torna impossível a utilização dos métodos habituais, trata-se de centenas de autores que não dependem do ordenado duma entidade patronal, não respondem aos critérios editoriais de um órgão de comunicação social tradicional, nem são obrigados s subjugar-se à hidden agenda (às vezes not so hidden) de um chefe de redacção. São pessoas que, livremente, escrevem o que pensam. É difícil controlá-las, e se conseguirem controlar uma, aparecem logo mais 10, são piores que cogumelos.

 

Sei também que a Blogosfera está cheia de criativos, com maiores ou menores conhecimentos técnicos mas que encontrarão, pelo menos para os tempos mais próximos, uma alternativa. Respeitarão a lei, mas as leis são contornáveis. É possível cumprir a lei, sem a respeitar :)

 

Isto tudo a propósito de um post que vi na Barbearia do Senhor Luís. Está lá mais ou menos tudo.

Atchim - A constipação da Blogosfera

Jonasnuts, 07.10.08

O Bitaites já disse tudo o que havia para dizer, assumo a constipação, mas explico.

 

Não vi a quadratura do círculo quando foi emitido, vi mais tarde, online. Num blog, para ser mais precisa. E chateou-me, pessoalmente. Senti-me atingida, quer pelo que disse o António Costa quer pelo que disse o Pacheco Pereira. Obviamente que têm o direito a ter a opinião que têm, mas podiam ser mais inteligentes na escolha das palavras.

 

Num exercício de cálculo que me pediram para fazer, durante o fim-de-semana, e baseando-me nos dados estatísticos de que disponho, calcule-se a dimensão da Blogosfera Portuguesa. Eu aponto para qualquer coisa à volta de 700.000 blogs, no total, e se estiver muito errada, é para baixo, e não para cima. Vamos acreditar nas médias mais pessimistas, e assumamos que deste bolo, apenas 40% estão activos, estamos a falar de 280.000 blogs.

 

 

É muita gente.

 

O problema é que o 1% de Pacheco Pereira é apenas e só, isso mesmo, o 1% do Pacheco Pereira. A forma como ele disse a coisa, chamando lixo aos restantes 99%, é que me lixou.

 

Eu tenho o meu 1%, o Joaquim terá o seu 1%, a Manuela o seu 1%, já que não conheço ninguém que consuma, todos os Blogs, é normal que haja uma selecção. A diferença é que os que não estão no meu 1%, não são lixo. São Blogs que eu não consumo, ou até de que não gosto, mas isso não faz deles lixo.

 

Ontem o Miguel Esteves Cardoso foi entrevistado pelo Carlos Vaz Marques, no Pessoal &Transmissível. Falou-se em Blogs e em Blogosfera. E o Miguel, percentualmente falando, foi muito mais arrasador que o Pacheco Pereira. O Miguel falou em 100 Blogs muito bons. Isso dá menos que 1% se formos a ver as contas ali de cima. Mas a forma como disse a coisa fez toda a diferença. Vale a pena ouvir o podcast, aqui (é o último ficheiro da página, vá-se lá saber porquê), mas para os que não tiverem pachorra, eu transcrevi a parte referente aos Blogs.

 

Aqui )

 

O estado da Blogosfera

Jonasnuts, 23.09.08

Agora que o Technorati publica o seu (agora parece que é anual) Estado da Blogosfera, já sei que serão alguns os meios de comunicação social a pegarem no tema, e nos números astronómicos ali expostos e farão umas peças "giras", porque é moderno e é fashion, falar de Blogs (sim, ainda é).

 

E, aposto, vão falar dos blogs do costume, e vão resumir e reduzir a blogosfera portuguesa à blogosfera mais mediática, porque a outra, nem a conhecem, não sabem da sua existência. A fatia grande da Blogosfera portuguesa passa por baixo do radar da maioria das pessoas, mesmo (sobretudo) às que já andam nestas lides de Blogs há mais tempo.

 

Vão falar dos rendimentos que os Blogs podem proporcionar. Imagine-se, sentado à sua secretária, em sua casa, e a poder ganhar, com o seu Blog, milhares de euros por mês. Vão-se esquecer (se é que sabem), que em Portugal não conheço ninguém a viver exclusivamente do seu Blog (e pode ser que haja um ou dois, mas são uma minoria clara), não há Blogs profissionais, em Portugal.

 

As empresas cada vez mais querem encarar a Blogosfera como um meio de comunicarem com os seus utilizadores, clientes, etc., é legítimo, mas esbarram no amadorismo da coisa. Não só amadorismo do ponto de vista de quem lhes gera a comunicação (o que não faltam são exemplos atabalhoados de empresas a entrarem mal, na blogosfera), amadorismo também de quem tem Blogs. E por amadorismo, neste segundo caso, não se entenda como depreciativo. É amadorismo porque são amadores, os Blogs são um Hobby, e nessa perspectiva não podem ser considerados um meio. Os Blogs profissionais raramente são trabalho de uma pessoa só. A partir de um determinado momento passam a ter uma equipa editorial.

 

Não há disso em Portugal. Se eu, enquanto empresa quiser convidar autores de Blogs para estarem presentes numa conferência de imprensa esbarro, habitualmente, nos horários de trabalho. As conferências de imprensa são durante o horário de expediente. Ou se trata de um Blog profissional, ou dificilmente poderá comparecer.

 

Mas, voltando ao estado da Blogosfera, do Technorati, vai dar para uns artigos de jornal, quiçá uma ou outra peça de reportagem, sobre os Blogs, convidarão naturalmente Moita Flores para dar a sua opinião, e pronto. Não vão saber que os hábitos dos americanos são muito diferentes dos nossos e que, mesmo na Europa, os hábitos são muito díspares.

 

E os "estudos" que se fazem sobre Blogs em Portugal pecam pela falta de seriedade, ou de conhecimentos, ou de ambos. Posso estar enganada, mas não conheço nada de jeito ou minimamente fiável e actual. Alguém sabe?