Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jonasnuts

Carta de Família

Há uns anos atrás, quando fui à Disney com o meu filho, menor, sem que o pai da criança nos tivesse acompanhado, ninguém me pediu nada para sair do país.

Não tive portanto, qualquer problema em levar o meu filho menor para fora de Portugal.
No regresso, no aeroporto, não me queriam deixar sair de França, porque não tinha a "carte de famille" (já nem sei como se escreve isto).

Eu, que durante a curta estadia não tinha falado uma única vez em francês (era sempre português ou inglês), irritei-me com a senhora, que dizia que o governo francês exigia a tal carta de família. Tentei explicar-lhe que não era francesa, em português, mas não funcionou. Tive de arregaçar do meu francês, estalou-se-me o verniz, foi praticamente uma cena de mão na anca e de faca na liga e lá consegui passar.

Estou em Portugal, prestes a embarcar, estou a voar na air france e ainda ninguém me pediu a carte de famille.

Anseio pelo regresso. Pode ser que a senhora seja a mesma. :)

Um português que deixa assim seu Portugal

Rais ma parta o Gajo, que me veio pôr ao aeroporto (onde ainda estou que isto atrasou-se tudo), e que me cantou os versos desta música pimba ao ouvido, tão carinhoso, no momento da despedida.

Ainda não consegui desmemorizar a coisa, e ando aqui a trautear alegremente esse ícone da música pimba, enquanto os avecs que por aqui param olham para mim com um ar esgazeado.

Não deixa de ser divertido.

Exterminação de cães

Li no Blasfémias que o governo pretende exterminar uma série de raças de cães, consideradas perigosas. Não fui atrás da notícia e não li mais nada para além do post do Blasfémias.

aqui falei disso antes. Os cães são, em 99,9% dos casos, reflexo dos seus donos.

Se um cão é treinado pelo seu dono para adquirir (ou acentuar) determinados comportamentos, não deve ser penalizado, o cão está apenas a fazer aquilo que o seu dono lhe está a transmitir. Não é preciso sequer que haja um treino sistematizado, basta que o dono o ensine ou o incite a determinados comportamentos. Eu sei bem do que falo, já tive MUITOS cães.

A minha sugestão, para que se encontre uma solução justa, passa por criar regras de segurança que impeçam os cães de serem perigosos. Uso obrigatório de açaimes, quando estiverem em espaços públicos, terão de estar sempre presos a uma trela, etc.

E, já agora, não exterminem os cães, se se provar que o dono incentivou e promoveu comportamentos agressivos e perigosos, exterminem antes os donos.

Muito agradecida.

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2005
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D