Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




subscrever feeds


Arquivo



O Top do Twingly

por jonasnuts, em 18.12.08

Nunca gostei de Tops. Há sempre formas de falsificar os Tops, por mais que os seus promotores tentem artilhar tecnologicamente a coisa para ser imune aos chicos-espertos. São sempre falaciosos.

 

São, na maioria dos casos, meros representantes quantitativos. Os tops, pelo menos os que existem neste momento, não conseguem medir a qualidade. A não ser equiparando-a à quantidade e, como sabemos, nem sempre estas duas andam de mãos dadas.

 

Assim, o top do Twingly, bem como outros que por aí vejo, cheira-me mal. Estão por lá muitos Blogs interessantes, sim senhor. Mas estão lá alguns que não têm relevância, nem acessos, nem nada de especial que os faça sobressair, mas que estão lá, mesmo assim.

 

Querem nomes? Querem sangue? Fácil.

 

Este. Alguém me explica o que é que este Blog está ali a fazer? Mais, à frente dessa pérola Blogosférica que é o E deus Criou a Mulher?

 

Um top, onde está este Blog, mas falta a Rititi, a Bomba Inteligente, a Controversa Maresia, o Sushi Leblon, o Womenage a Trois, a Maria Lua, a Sissi, a Fátima, a Mãe Galinha, a Joana, isto para citar apenas alguns, não é um top de jeito.

 

Mais, os critérios não são claros. O blog que lá está anotado, é o jonasnuts.blogs.sapo.pt, endereço que é secundário, face ao jonasnuts.com. O último post que eles registaram foi um post de Maio. Como é que um Blog que de não é actualizado há mais de 6 meses está num top? Não percebo como é que chegaram aos blogs a que chegaram.

 

Gosto muito deste meu Blog, atenção, não menosprezo este espaço que, aos poucos, começou a dar-me algum gozo. Mas há tanta e tanta gente a escrever mais, melhor, mais relevante, mais interessante, que eu acho que este top só confirma a minha opinião de que os tops são como as sondagens, valem o que valem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda sobre a erecção dos Blogs

por jonasnuts, em 24.04.08
Na semana passada falei aqui dos auto-refresh e da importância que é dada aos números de visitantes dos blogs, e aos tops, e às estatísticas.

Nos comentários a esse post o Bino levantou a possibilidade de fazer uma espécie de Take Over aos tops, e registar uma catrefada de Blogs e colocá-los, artificialmente, a ocupar os famosos tops onde todos querem estar. Adorei a ideia, era um proof of concept engraçado e serviria, provavelmente, para abrir os olhos a muita gente que anda enganada. Enganada porque acha que os números não mentem, e enganada porque acha que são importantes (para estas coisas).

O Gonçalo Silva decidiu meter as mãos na massa e, não tendo tomado de assalto os tops e demais montras, mostrou que é fácil manipular os números, e fê-lo.

Bastaria ele querer repetir o processo com frequência (portanto, mais do que apenas uns minutos, mas uns minutos, todos os dias), e passaria a ocupar o primeiro lugar do Blogómetro. Ele não quer.

A questão que deixo no ar é a seguinte: De todos os que estão no Blogómetro, principalmente os que ocupam os lugares mais visíveis, quantos é que recorrem a este tipo de esquemas para ali estarem?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rankings, autoridades, visitas e tops

por jonasnuts, em 06.01.08
Sempre me fez confusão a importância que se dá aos números. Não é de agora, já na instrução primária (antigamente era assim que se chamava ao 1º ciclo), dizia eu que já na instrução primária me fazia confusão a importância que se dava aos números. Não temos uma relação fácil, é verdade, e tende a piorar, porque encontro no mundo que me rodeia uma sensibilidade cada vez maior às questões dos números.

Eles disfarçam, e dizem que os números "valem o que valem" mas fazem-se e desfazem-se para terem cada vez mais números.

Vem isto a propósito duma discussão que andou aí pela geekosfera (e não só), sobre os rankings, e sobre os melhores Blogs (basendo-se a lista dos melhores no ranking do Technorati), e etc.

A autoridade do Technorati é baseada em números de links. Sim senhor, se alguém faz um link para um site, está a atribuir-lhe alguma autoridade, mas é uma autoridade exclusivamente numérica. Não é uma autoridade qualitativa. Mas o ranking do Technorati parece estar muito na moda, e já se fazem tops com base neste parâmetro.

Bem sei que para o Google Adsense, e para aparecer nos tops, a qualidade não é um dos factores mais importantes. Afinal de contas até há uns scripts que se põem a correr no Blog que fazem as vezes de visitas. E isso faz com que apareçam nos Tops e, já se sabe, os Tops são um íman de visitas, e é uma espécie de pescadinha de rabo na boca.

Não são muitos os Blogs portugueses que podem dizer que estão nos Tops e nos Technoratis da vida sem maroscas, sem cross linking, sem alfinetes de peito virtuais, sem scripts.

Noutro dia perguntei a dois autores de dois conhecidos e populares Blogs se eles quereriam ocupar os lugares cimeiros de vários tops. Usando SEO de guerrilha (que é como eu chamo ao SEO fajuto) seria fácil e rápido, chegar lá acima. A resposta não me surpreendeu muito, e foi idêntica em ambos os casos, e  apenas confirmou o que eu já pensava destes dois autores. Não, muito obrigado, não ligo muito a tops, e prefiro que seja aquilo que escrevo a levar as pessoas ao meu Blog, e não uma técnicas maradas de inflacionar artificialmente o número de visitas.

Autoria e outros dados (tags, etc)





subscrever feeds


Arquivo