Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




subscrever feeds


Arquivo



Toma lá, dá cá - Links nos Blogs

por jonasnuts, em 30.07.07
Parece que ando numa de falar sobre Blogs, vá-se lá saber porquê.

Neste Blog não há muitos links, isto é, as minhas listas de links não se baseiam nem em critérios de qualidade (e precisam de uma revisão e de uma limpeza).

Tenho o Hepatite C que não é nada de especial, mas está ali porque quem o mantinha deixou de o poder fazer, digamos que é de valor estimativo. O Vida de Casado, porque foi o primeiro Blog do SAPO a que eu achei piada (ainda na antiga plataforma), depois temos os links de apoio à língua portuguesa (sim, confesso que um Blog com erros de ortografia frequentes deixa de contar com as minhas visitas), e depois, tudo o que é do SAPO. Não interessa se gosto se não gosto, se é bom ou se é mau, se é alguém do SAPO, está lá (excepções feitas aos que me pediram para não estar).

Esta coisa dos links é uma dor de cabeça.
E sei que há mais pessoas que partilham estas dores.

Porque os links que fazemos para outros Blogs são, como diz alguém entendido, uma vénia aos que apreciamos e respeitamos.
O problema é que as pessoas não sabem usar os links, ou usam-nos mal, em proveito próprio. Nada de mais comum do que iniciar um Blog, e colocar uma série de links para Blogs muito visitados. O Abrupto (abrupto ponto blogspot ponto com) é um bom exemplo.

Blog que queira fazer-se notado, começa logo com uma generosa lista de links, para ver se os destinatários retribuem o favor. Por razões que me ultrapassam, parece que anda toda a gente convencida que isto nos Blogs é tudo gente de finíssima educação, e que se apressarão a devolver a cortesia.

Mas há mais. Há o problema das comadres, que se zangam. Ah, então eu tenho aqui o Blog dela, e ela não tem o meu? Vou já tirar dali o link.  E o contrário também acontece, epá, ele tem ali o meu Blog, é chato eu não ter o dele, Não é grande coisa, mas pronto, que se lixe.

Por isso, opto por ter uma lista de links cujo único critério é o vínculo a uma empresa, independentemente da qualidade (ou falta dela) que exista no Blog.

Os Blogs que me interessam, e a quem fazer as vénias, vou-os linkando nos posts :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os Blogs já não estão na moda

por jonasnuts, em 28.07.07
É verdade. Se há 2 ou 3 anos disséssemos que tínhamos um Blog, recebíamos olhares pesarosos, e perguntavam se já tínhamos ido ao médico.

Depois veio o boom, mais pessoas começaram a perceber o que os Blogs podiam fazer, e, mais importante, o que podiam fazer com os Blogs. Começou a crescer a comunidade de Blogs. Era moda. Mesmo quem não tinha nada para dizer, arranjava um Blog. Era fashion. Mesmo que não fosse nada de jeito, era óptimo.

As coisas agora são diferentes. Toda a gente tem (ou pode ter), um Blog, é fácil, é grátis, é rápido. Pululam Blogs por todo o lado. Como em tudo, assim que se massifica, perde a piada. Já não é fashion, já é vulgar.

Mas, eis que chega o conceito salvador. Os profissionais do Blog. Os que, com o que escrevem, tentam ganhar dinheiro. Nada contra, aliás, há 2 ou 3 Blogs que leio, e que estaria disposta a subscrever (pagando) se fosse necessário. Acho lindamente que as pessoas tentem rentabilizar os seus Blogs. Claro que apenas o conseguirão se o que escreverem tiver qualidade, porque a qualidade gera visitas, e as visitas geram dinheiro. É evidente que há maroscas para se ter mais visitas num Blog, e que nem sempre é a qualidade do que se escreve a ditar o número de visitas, mas isso agora não interessa para o caso.

O caso é que, os oportunistas, que são espertalhões e estão de olho nestas coisas, ouviram dizer que se pode ganhar dinheiro com o Blog. Toca de registar um Blog, ou limpar o pó ao endereço antigo, e vamos lá começar a ganhar dinheiro.

O que eles não percebem é que um Blog não é um endereço na web, nem é (só) um template bonitinho, nem é um arquivo de 1 mês ou dois.

Um blog começa por ser um post, e ninguém conhece, e ninguém comenta, e ninguém lá vai. Mas o seu dono, que não está vidrado nas visitas, continua a escrever, e então o Blog passa a ser um conjunto de 2 posts, e depois 3, e depois 4. Mais tarde, se valer a pena, começam a aparecer os comentários. O primeiro comentário de um desconhecido, é uma festa :)
Mais tarde ainda, surge o primeiro link. Alguém fez um link para o embrião de Blog. O Blog começa a aparecer no resultado de pesquisas. Mais pessoas comentam, mais pessoas linkam. E o Blog cresceu, porque o seu dono continuou a escrever, mesmo havendo posts sem comentários lá pelo meio.

Portanto, um Blog dá trabalho, é preciso ser-se teimoso, persistente ou então não ligar nenhuma às visitas. Mas, salvo raríssimas excepções,  é preciso um conjunto razoável de posts para se ter um Blog que possa ter um volume de visitas que gere algum dinheiro.

Isto tudo para dizer aos senhores e senhoras que querem abrir um Blog hoje e começar a ganhar dinheiro amanhã, que não....que não é bem assim. Dá trabalho, um blog, sabiam?

Autoria e outros dados (tags, etc)





subscrever feeds


Arquivo