Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Arquivo



O Polícia tinha mel

por jonasnuts, em 16.09.12

UPDATE: Por acaso sou contra a remoção de posts, mesmo posts idiotas, e, sobretudo, se forem meus :) Se calhar o polícia tinha mesmo charme, mas a miúda que aparece em ambas as fotos, é a mesma :) Mantenho o post, mas fica a correcção :) Espero que tenham uma vida muito feliz, ambos :)

 

 

Por acaso não acho muita piada às fotos de pessoas agarradas aos polícias, mas prefiro-as a fotos de batatada com a polícia. Mas não podia deixar passar isto. Estão a circular duas fotos, de duas meninas diferentes, em dois momentos diferentes, num momento de charme com a polícia, em Lisboa. Uma das fotos chegou mesmo aos jornais ingleses e à globo.

 

Nada contra, mas com tanto polícia na rua, que raio de charme é que tinha este gajo, que foi logo com ele que AMBAS se meteram?

 

 

 

 

Vá, explicações aceitam-se :)

 

 

Não sei de quem são as fotos.... não as consigo creditar :/



Pelo menos a de cima é do José Manuel Ribeiro, da Reuters (Obrigada Teresa)


A de baixo é da Clara Azevedo, da Clicklight (Obrigada Inês)

Autoria e outros dados (tags, etc)

.... em meu nome, votem NÃO.

 

 

 

"Consegue imaginar o seu fornecedor de internet a policiar tudo o que faz online?

Consegue imaginar medicamentos genéricos, que salvam vidas, a ser banidos?

Consegue imaginar sementes que poderiam alimentar milhares de pessoas, a ser controlados e retidas, em nome das patentes?

 

Isto será realidade, com a ACTA.

 

Acta é o Anti Counterfeiting Trade Agreement. Disfarçado de acordo comercial, ACTA  vai muito, muito mais longe que isso.

 

Nos últimos 3 anos, acta tem sido negociada em segredo por 39 países. Mas os negociadores não são representantes eleitos democraticamente. Não nos representam, mas decidem leis, nas nossas costas.

 

Passando por cima dos processos democráticos, eles impõem novas sanções criminais para impedir a partilha de ficheiros online. ACTA pretende que os fornecedores de acesso à internet sejam legalmente responsabilizados pelo qus os seus clientes fazem online, transformando estes fornecedores de acesso em polícias e juízes, ao serviço da lei do copyright, censurando as suas redes.

 

O efeito inibidor sobre a liberdade de expressão, seria terrível.

 

Em nome das patentes, a ACTA daria às grandes corporações o poder de impedir que os medicamentos genéricos cheguem a quem deles precisa, bem como o poder de impedir que determinadas sementes sejam cultivadas.

 

O Parlamento Europeu vai, brevemente, votar a ACTA., Este voto será a ocasião ideal para dizer não, duma vez por todas, a este perigoso tratado.

 

Como cidadãos temos de pressionar os nossos representantes para que estes votem contra a ACTA."

 

Mais informação, aqui.

 

Via Enrique Dans.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Prioridades policiais

por jonasnuts, em 07.02.08
Na terça-feira a minha irmã chegou de uma viagem de namoro a Itália. 4 longos dias, sozinha com o marido, para namorarem e verem pedras (demasiadas, de acordo com a opinião dela). Quatro dias inteirinhos em que a minha mãe ficou com os meus sobrinhos. Tudo roxo de saudades.

Chgava às 2h20 da tarde, uma hora aceitável para levar a miudagem ao aeroporto. Peguei no carro dele, e lá fomos, mais o ex-carro da minha mãe, para caber tudo no regresso.

A cara dos putos quando viram os pais, valeu bem a deslocação (a cara dos pais também, mas eu fui por causa dos putos e não por causa dos pais).

No regresso a casa da minha irmã para ir "deslargar" carga e passageiros, encontrei um lugar mesmo à porta. Deve ser o complexo Smart e eu esqueci-me que não estava com o meu carrinho que cabe em qualquer lado, e tentei estacionar num lugar demasiado pequeno para o monstruoso A3. Nas manobras de vira para esquerda vira para a direita cheguei à conclusão de que o lugar era demasiado pequeno quando encostei o meu pára choques traseiro à frente do carro que estava atrás de mim. Não é habitual, e foi um enconstinho, não deixou marca, não nada.

Estavam dois polícias a uns metros de distância, e veio logo um deles, calmamente, estacionar-se de braços cruzados do outro lado da rua a admirar a manobra. Abri a janela, sorri e disse "estou habituada a andar com um Smart". Para mim, a coisa tinha piada.

Não respondeu à brincadeira, respondeu, ah pois, mas o carro de trás não tem culpa.
Desengatei a primeira, puxei o travão de mão, saí do carro e disse-lhe calmamente que o mini encosto não tinha prejudicado o carro de trás.
Ah, mas a senhora é mecânica?
Duh?
Não, e o senhor, é?

Porra, um encostinho de merda, o carro de trás nem se mexeu, e o gajo vem embicar comigo, a perguntar-me se eu sou mecânica?

Faria muito melhor se andasse atrás dos palermas que, meia dúzia de metros mais abaixo, no mesmo dia, roubaram o carro da minha mãe.

Estúpido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A polícia de trânsito é nossa amiga

por jonasnuts, em 05.11.07
Detecto um padrão recorrente, neste Blog. Deve haver alturas do ano em que as questões do trânsito me afectam mais, e isso reflecte-se na quantidade de posts sobre esse tema.

Aqui há uns tempos falei aqui do granel matinal à porta do Colégio do Bom Sucesso. Eu resumo. Duas faixas, uma em cada sentido. Um Colégio. Semáforos. Paizinhos e mãezinhas que estacionam os seus bólides em plena via, impedindo a passagem dos restantes carros, de forma a que os seus pimpolhos possam fazer o menor percurso possível entre o carro e a entrada da escola. Se a coisa correr bem, ainda trocam umas palavras amigas com outros pais que ali estejam à mesma hora. Os outros que querem passar, que aguentem, que eu sou mais importante que o resto do mundo, e é essa a mensagem que quero passar aos meus filhinhos.

Esta manhã, quando viro para a rua do referido colégio, já vou a insultar mentalmente estes paizinhos mentecaptos, quando vejo ao longe, nos semáforos, dois agentes da polícia. Suspende-se de imediato o insulto, e começa-se logo a trabalhar no elogio, quer às forças de segurança quer ao Colégio que deve ter tido a iniciativa de promover a estadia dos senhores agentes, a fim de melhorar o tráfego e impedir que paizinhos idiotas, que são uma minoria, façam horrores pela reputação quer da escola quer do resto da comunidade.

Sim, senhor. É assim mesmo.

Rapidamente porém inverto a marcha ao pensamento. Os senhores agentes estão ali por outras razões. Os senhores agentes estão ali para legalizar os actos acima descritos. Mandam parar os carros, para que as mãezinhas possam atravessar. Caramba, temos 2 agentes a fazer a vez de semáforos. Isto é que é eficiência. E de forma ainda mais eficaz. Basta alguém aproximar-se, que pára logo o trânsito, para dar passagem às senhoras. Está vermelho para os peões, mas que se lixe.  São uma espécie de detectores de movimento, mas mais rápidos.,

E não paramos aqui, embora paremos ali, mesmo com sinal verde, fui obrigada a obedecer à ordem de um dos agentes, e parar o meu carro para que uma mãezinha pudesse deixar o seu pimpolho e, não satisfeita com isso, ainda fez uma gloriosa inversão de marcha, sempre com a ajuda e as indicações prestáveis dos senhores agentes.

Quando temos a ajuda da polícia para cometer infracções, a vida fica mais fácil.

Back to basis, vamos regressar aos insultos (mentais), mas agora temos mais destinatários na lista, as mãezinhas, os paizinhos, a escola e a polícia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gosto pouco de chicos espertos.
Chicos espertos ao volante comigo têm poucas hipóteses.

Aqueles caramelos que saem da mesma fila em que eu estou, lá atrás, vão para a faixa da esquerda, que está a andar mais rapidamente, e depois, mesmo à entrada do túnel do Marquês (sentido Monsanto - Lisboa) tentam meter-se à sucapa, de novo na faixa da direita.

Não gosto.

Não gosto e não deixo.

Acelero, à minha frente não entram.

O condutor do veículo com a matrícula XN-60-15, esta manhã, fez o que tantos outros fazem. Tentou ser chico esperto. E aconteceu-lhe o que acontece aos outros. Foi entalado.

Então se são assim tantos, porque é que este teve direito a ver a sua matrícula anotada, e teve direito a post?
Porque este caramelo, puto da vida por ter sido entalado usou a sua sirene não uma, mas duas vezes.

Caro senhor proprietário do veículo com a matrícula XN-60-15, a sua atitude, que pretendeu ser, presumo, intimidatória, teve o efeito contrário. Em vez de proceder como habitualmente procedo com os chico espertos (entalo-os e depois ou os ignoro ou, se estão realmente pissed, digo-lhes adeus), desta vez, dei-me ao trabalho de anotar a matrícula, e deixar o post a fermentar para quando tivesse tempo e pachorra.

O tempo em que autoridades chica-espertas intimidavam os cidadãos com uma simples demonstração (sonora) da sua existência, já lá vai.
Se por acaso não se tratava de um agente da polícia à paisana, num carro civil mas apetrechado com uma sirene, a alternativa não é melhor. Era um carro shunado.

E toda a gente sabe que, melhor que entalar um chico esperto, só mesmo entalar um chico esperto do shunning.

Autoria e outros dados (tags, etc)

PSP de Cascais

por jonasnuts, em 17.10.07
Alguém me explicar porque é que o número de telefone da PSP de Cascais não é atendido por ninguém a não ser um voice mail?
E, cúmulo dos cúmulos, o voice mail está cheio, não permitindo deixar qualquer mensagem.

É o 21 486 11 27

Ainda pensei que por volta das 12h00 já fosse hora do almoço, mas caramba, são 15h30 e continua a atender o voice mail.

Eu sei que é Cascais, mas ainda é muito cedo para o chá das 17h00.


UPDATE: Eu sou do tipo persistente. E a Polícia Municipal de Cascais é eficiente. O número de telefone da PSP de Cascais, que não é fácil de descobrir, é o 21 483 91 00

Autoria e outros dados (tags, etc)






Arquivo