Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Arquivo



Twitter clímax

por jonasnuts, em 29.07.14

Isto dá algum trabalho a explicar.

 

Sou fanzoca de Monty Python. Fui vê-los a Londres no início deste mês.

 

Sigo-os no Twitter, onde o mais activo é o Eric Idle (@ericidle).

 

Sigo também uma conta chamada Historical Pics (@historicalpics).

 

Esta manhã a conta Historic Pics tweeta uma foto de cerca de 1900, com lenhadores. Esta:

 

 

 

Isto obviamente relembra-me isto:

 

 

Não perco tempo e, na hora, faço RT com mention ao Eric Idle.

 

E fui à minha vidinha (reunião).

 

Saio da reunião e olho para o telemóvel, tenho 120 notificações de Twitter. Olá..... o que é isto? Aconteceu alguma coisa ao SAPO? À MEO Cloud? Ao Radar?

 

Fui ver.

 

Não era um ovário.

 

 

 

O gajo fez RT do meu tweet.

 

Isto ainda não parou de apitar (quer dizer, parou porque eu lhe tirei o pio), mas é o chamado Twitter Clímax.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Monty Python Live

por jonasnuts, em 02.07.14
Acabada de chegar ao hotel, depois de ver o primeiro espectáculo de Monty Python, Live at The O2 Arena.

Não estava à espera de ver o espectáculo da minha vida. Afinal de contas, os senhores já são velhotes, e a idade pesa. A sensação deve ter sido a mesma de quem foi ver o Sinatra quando ele veio a Portugal. Ninguém foi lá ouvi-lo cantar. Foram lá vê-lo. Para poder dizer aos netos que viram o Sinatra ao vivo (eu não vi, foi num sítio horrível).

Estava à espera de poder aplaudi-los, agradecer-lhes tudo o que me proporcionaram (não necessariamente no espectáculo a que estava assistir), e ficar com uma história para contar.

E foi isso exactamente que eu fiz. Foi giro, vê-los ao vivo, mais pelo facto de estar a partilhar com aqueles gajos o mesmo espaço do que propriamente por causa do material que apresentaram. Já lhes falta o vigor de outrora. Este espectáculo, há 10 anos, teria sido muito diferente.

Gostei muito, não me arrependi, paguei os bilhetes e ainda lhes dei mais algum no exorbitante merchandising, afinal de contas eles foram suficientemente honestos para explicar que faziam isto por causa do dinheiro. Só à conta do merchandising, a coisa deve chegar aos netos. T-shirts a £25, bonés a mesma coisa, e uma merda dum saquinho de pano, £15. Vão roubar para a estrada. Comprei um de cada. O livro do espectáculo, que é uma espécie de um catálogo, £20. Não comprei. Comprou ele, mais duas t-shirts. Assim como assim, foram as férias deste ano, estes 4 dias em Londres.

Valeu a pena. A julgar pelo aspecto, há uns que devem estar quase a marchar, pelo que a coisa não se repetirá. Como eles dizem, one down, five to go.

Foi muito bom, poder aplaudi-los, por conta de todas as vezes que me fizeram rir, durante a minha vida.

Thank you boys, not The greatest show, but one hell of a journey!

Autoria e outros dados (tags, etc)






Arquivo