Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




subscrever feeds


Arquivo



Porque é que raramente assino petições

por jonasnuts, em 23.09.08

Chegam-me praticamente todos os dias, mails com pedidos para assinar petições. Seja a criança que precisa de ir a Cuba fazer um tratamento, seja a ajuda em K7 de vídeo para a pediatria do IPO, seja para acabarem com o cultivo de gatos bonsai, há-os para todos os gostos.

 

Se é algo que me interessa, aprofundo. Por exemplo, no caso das K7 de vídeo do IPO, o número de telefone disponibilizado no mail não funcionava, mas bastou um telefonema para o IPO para descobrir que já tinham até coisas a mais, e que o pedido estava desactualizado há pelo menos 3 anos.

 

O último mail deste tipo que deu entrada falava do assassinato da obra que Maria Keil tinha oferecido ao Metro de Lisboa. Incendiou-se a Blogosfera, e ataques ao Ministro da Cultura, e à Administração do Metro, e é uma vergonha, e já há uma petição (neste momento com cerca de 2.000 assinaturas) a pedir sabe deus o quê.

 

No entanto, a coisa não é bem assim. A autora do post que deu origem ao incêndio, explica.

 

O problema é que estas coisas são fáceis de começar, mas tão, tão, tão difíceis de extinguir. Cara Júlia, prepare-se para, daqui a 10 anos ainda receber mails a pedir-lhe a assinatura da petição que a leitura diagonal  seu post originou.

Esta é a minha singela contribuição para remar contra o sentido da maré. Mas não tenho esperanças.

 

Falta dizer que cheguei à Júlia através da Joana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Romantic Geek...

por jonasnuts, em 08.11.07
... ou a tecnologia ao serviço do amor (ou do sexo), ou, desejavelmente, de ambos.

Os Geeks já viram isto, mas nem só de Geeks se faz a vasta audiência deste Blog. A minha mãe também passa aqui de vez em quando.

A história é simples. Um rapaz viu no metro de Nova Iorque a rapariga dos seus sonhos. Não lhe falou. Perdeu-a. Mas decide procurá-la. E faz uma página. Esta página:



Reparem. Foi no dia 4 de Novembro. Em Nova Iorque que tem, sei lá, para cima de catrefadas de gente. A probabilidade de conseguir encontrar a rapariga eram, sei lá, para baixo de mínimas?

Mas não. Hoje mesmo, há uma actualização na mesma página.



Claro que tudo isto pode ser o teaser para o lançamento de mais uma comédia romântica. Mas, não parece (embora nada impeça que um dia, venha a ser), e acho que se fosse o tal do teaser, o filme seria um estrondoso fracasso, porque as pessoas se sentiriam defraudadas. Quer dizer, eu sentir-me-ia defraudada, e eu sou a rainha das comédias românticas.

Espero que seja uma história verdadeira. E espero nunca mais saber absolutamente nada, acerca destes dois.

Fica o link para o site.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Voos altos

por jonasnuts, em 01.09.07
O RedBull Air Race foi fixe isto é, o evento, propriamente dito, as provas e a animação entre provas. O sítio era simpático, estava cheio, mas não demasiado. O edifício da Alfândega é, do que pude ver, fixolas.

Agora, o problema foi chegar à Alfândega e depois, regressar a Campanhã.

Aparentemente houve um esquecimento da organização. Esqueceram-se de avisar a rede de transportes do Porto que ia haver um evento que ia movimentar 600.000 pessoas (estima-se que um pouco mais), numa cidade que não está, aos Sábados, preparada para este tipo de movimentações. Portanto, para a deslocação de 600.000 pessoas, vamos fazer o que costumamos fazer em qualquer Sábado. Essa é a única justificação para as enchentes. Não me refiro às ruas, obviamente, mas aos transportes propriamente ditos. As carruagens de metro (ainda não acredito que aquilo se chame mesmo andante) estavam apinhadas. Mas quando eu digo apinhadas, é no sentido de não caber nem mais uma pinha. Fez-me lembrar os vídeos do metro de Tóquio. Máquinas para vender bilhetes indisponíveis ou que apenas aceitavam cartões como forma de pagamento, plataformas fechadas por questões de segurança, o caos. A sinalética também não ajuda. Quer dizer, já andei em vários metros europeus, e nunca tive dificuldade em saber para onde me dirigia. O do Porto é o pior (imediatamente seguido por Lisboa, diga-se desde já). A CP também não deve ter sido avisada, porque na retirada, era ver os comboios cheios, cheios, cheios, e pessoas a ficarem apeadas, à espera

Daqui a pouco (talvez mais do que um pouco) coloco algumas fotos, quer do evento quer do metro de Tóquio.

Mas, em futuras edições, senhores da organização, por favor, avisem o metro e a C.P., porque dessa forma a coisa torna-se muito mais divertida.

Por último, uma palavra que os nossos vizinhos do lado, que não conheço nem sei quem são, mas que eram muitos. Do Porto (percebeu-se pelo sotaque), 5 estrelas, simpáticos, prestáveis e acolhedores. Fez-me recordar que esta malta do Porto, regra geral, se não fosse a mania estranha de gostarem de um clube de futebol menor (como era o caso), não seriam 5, mas 6 estrelas. :)

P.S.: Ainda bem que não levei os putos. Não por causa do evento, teriam adorado, mas porque se tivessem ido connosco, a esta hora ainda estaríamos a tentar entrar numa carruagem de metro que nos parecesse relativamente espaçosa para viajarmos em segurança.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fumar no Metro.

por jonasnuts, em 25.07.05
Não percebo porque é que não é permitido fumar no Metro.

O cheiro do tabaco, sempre abafaria o cheiro a povo que não toma banho.

Sou contra a medida de não se poder fumar no Metro, enquanto não aplicarem uma medida semelhante a quem cheira mal.

E instalariam umas maquinetas, podiam ser as mesmas onde se oblitera o bilhete, e teria um cheirómetro.

As portas só dariam passagem se 2 requisitos fossem cumpridos. Ter um título de viagem válido, e não cheirar mal. Cheirando mal, as portas não se abririam, e soaria um aviso sonoro (alto): Vá tomar banho que no Metro não deixamos entrar pessoas que não tomam banho todos os dias. Abrir-se-ia uma oportunidade de negócio........com duches pagos, e roupa lavada pronta a vestir (depois do banho, obviamente).

Portanto, esta medida faria bem à economia nacional, e à saúde de quem anda de Metro. Ou tomam banho, ou não andam de Metro, deveria ser o lema :/

Autoria e outros dados (tags, etc)





subscrever feeds


Arquivo