Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




subscrever feeds


Arquivo



Vida higiénica

por jonasnuts, em 25.06.08

Acho que é o que as pessoas querem. E como não têm tomates para dizer isso em voz alta, lá fora, aproveitam-se do conforto do lar, e da aparente segurança e do também aparente anonimato, e tentam higienizar a sua vida online. Se fosse só isso, não viria daí mal ao mundo, o problema é que tentam higienizar a vida própria e dos outros.

 

Não me lembro como era antigamente, mas parece que muitos dos polícias dos bons costumes de antigamente eram pessoas normais, sem nenhum vínculo a nenhuma polícia que, por ignorância, fanatismo ou necessidade de aprovação e integração passavam a vida a "bufar" o vizinho do lado, o colega de trabalho, o parceiro de transportes públicos, etc.

 

Aparentemente, há coisas que não mudam, e fala-se muito em liberdade de expressão e coiso e tal, mas ao primeiro sinal de uma expressão vá contra o que pensam estes bufos modernos, aparece a vontade (quiçá adormecida) de tentar calar os outros. Apague-se, remova-se, impeça-se, porque vai contra a moral instituída e os bons costumes.

 

Claro que nunca dizem isto, a coisa é sempre justificada "ah,é preciso proteger as criancinhas", "ah, é preciso impedir a divulgação de uma mensagem perigosa", "ah, é um mau exemplo ao alcance de um click". E nunca tentam pelas vias legais ao seu dispor, não, pelo menos que eu saiba.

 

São inúmeros os exemplos que tenho, deste tipo de procedimento, nos anos que levo disto (e já são mais de 10). Armam-se em paladinos da verdade, em defensores dos tais bons costumes. São os defensores da liberdade da expressão, mas apenas daquela liberdade que não colida com aquilo que pensam, com aquilo que acham que é o certo.

 

 

Meus senhores e minhas senhoras, quando o mundo cá fora for higiénico, tratamos da higiene online. Até lá, get a life.

Autoria e outros dados (tags, etc)





subscrever feeds


Arquivo