Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Hello darkness

por jonasnuts, em 03.03.16

Raramente gosto de covers. Ou melhor, raramente gosto de covers de músicas de que gosto. 

 

Até hoje, salvo raras excepções, os originais são sempre as melhores versões. Seja pela qualidade artística da coisa, seja pelo valor emocional que representa para mim. Não mais do que uma mão cheia de versões conseguem, da minha parte, uma comentário do tipo "ok, está ao mesmo nível". Assim de repente (eu nunca penso muito nos posts que escrevo, isto é sempre coisa do momento), só há uma versão que prefiro à versão original. É o Because, dos Beatles, interpretado pelo Elliot Smith. E olhem lá que o Because é a minha música favorita dos Beatles. Fiquem aqui com o link para a versão do Elliot Smith.

 

Simon & Garfunkel ao vivo no Central Park foi o primeiro LP que comprei na vida. Ao contrário do que se poderia esperar, não foi um gosto herdado em casa. Podia ter sido, mas não foi. Vi o concerto na televisão e foi amor à primeira vista. É certamente um dos álbuns da minha vida, e dos que mais ouvi, em loop. Na eleição de músicas favoritas não sou muito original, e o Sound of Silence está, claramente, no top 3.

 

Chegou-me hoje aos ouvidos (e aos olhos) uma versão do Sound of Silence. Na realidade, já há 3 ou 4 dias que esta versão me tenta chegar aos ouvidos, mas tinha andado a resistir porque, lá está, não gosto de covers. Habitualmente.

 

E pronto, a partir de hoje, há mais uma versão que eu considero estar, pelo menos, ao nível do original. Passam portanto a meia dúzia.

 

Não conheço os senhores Disturbed, e não ouvi (ainda) mais nada que tenham feito. Pode ser que seja bom, pode ser que seja mau. 

 

Mas a versão que fizeram do Sound of Silence, é muito boa.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Flavia Paluello a 03.03.2016 às 12:33

Descobri já há dois meses esta versão dos Disturbed e caí "no erro" de mostrar para miúda (que não conhecia o original) e ela desde então não me deixa ouvir outra coisa... :) É a melhor versão que já ouvi de qualquer música.

eles ainda tem umas outras boazinhas... mas nada bate esta! :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.03.2016 às 12:35

Dois meses e caladinha, não é? Partilhar com o resto da malta tá quieto :)
Sem imagem de perfil

De Flavia Paluello a 03.03.2016 às 12:39

Mas eu partilhei.... antes do natal... no FB!!
Aqui está a prova! :) https://www.facebook.com/flaviapm/posts/10208404694133877
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.03.2016 às 13:43

Merda do algoritmo :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.03.2016 às 16:05

Como alguém que já ouve Disturbed há uns quantos anos, aviso já que a potência média das músicas deles deve ser prái a potência máxima a que esta música chega lá para o fim do crescendo, por isso é possível que eles sejam um bocado pesados para os teus gostos (não que eu os conheça muito bem)! Mas que são uma grande banda são!
Sem imagem de perfil

De Francisco Vieira a 03.03.2016 às 16:19

E como não gosto de comentar anónimo (mas fi-lo na mesma por não reparar onde é que tinha que pôr o nome), vou assinar por baixo! xD
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.03.2016 às 16:56

Não discrimino com base na potência :)


(Lá em casa são os putos - teenagers - que têm de pedir para pôr a música mais baixo).
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 03.03.2016 às 23:37

Eu gosto de música e adoro falar sobre a música de que gosto e de ouvir outros falar da música que gostam. Ouvir o Nuno Markl comentar as músicas da sua vida na M80 tornou-se ultimamente um dos pontos altos das minhas manhãs, por exemplo.

Fazer uma versão de uma canção deve ser a forma dos músicos fazerem o mesmo, mostrarem o seu amor pelas canções da sua vida. Só isso já seria motivo suficiente para gostar de covers :^) Mas há algumas muito boas de que me lembro sempre que alguém diz que não gosta muito do género: Satisfaction pela Bjork e PJ Harvey, Dancing in the Dark pela Lelia Broussard, Ay Fond Kiss pelos Fairground Attraction, Sweet Jane pelos Cowboy Junkies... bolas! practicamente todo esse álbum dos Cowboy Junkies!

Comentar post






Arquivo