Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Dear Helen Mirren

por jonasnuts, em 28.10.14

Helen_Mirren_Is_the_Newest_Face_of_L_Oreal_Paris_-_Dame_Helen_Mirren_Beauty_Contract_-_Elle.jpg

 Photo: L'Oréal Paris

 

Gosto muito de ti, e és muito gira e tens, sobretudo, muita pinta.

 

Vamos, sobretudo as mulheres, ser inundadas com informação acerca do facto de teres sido contratada pela L'Oréal para fazeres parte da lista de mulheres que dão, neste caso literalmente, a cara pela marca.

 

Também vamos ser inundadas com a informação de que pediste explicitamente para que as tuas fotos não fossem retocadas, ou photoshopadas, como se diz em português técnico.

 

Isso é tudo muito bonito, não fosse o facto da L'Oréal continuar a fazer testes em animais. Portanto, para que o mulherio tente retardar o trabalho do tempo, a L'Oréal não se importa de sacrificar a saúde, o bem-estar e, muitas vezes, a vida dos animais.

 

Obrigada, mas não, obrigada. Se calhar chego aos 69 com mais rugas do que tu, mas chego, pelo menos, de consciência mais tranquila.

 

Prefiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Ska a 28.10.2014 às 13:10

Dois pontos importantes.
- Tendo em conta que a Helen Mirren era uma das mulheres mais atraentes de sempre quando era nova, nao e propriamente nada de valor seja de que marca for, o facto de ela ser uma bomba ainda quando e mais velha.
- O facto de uma empresa fazer testes em animais, quer dizer que sao esses os produtores da informacao. Coisas como a Body Shop pura e simplesmente usam os produtos e as informacoes obtidas por outros atraves de testes em animais. Lamento, mas nao e possivel criar um creme para ser usado em seres humanos, sem antes alguem se ter certificado que esse creme nao faz a cara da pessoa apodrecer, ou entrar em combustao expontanea.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 28.10.2014 às 13:16

A Body Shop é um mau exemplo, porque sendo uma marca cujos produtos não são testados em animais, é uma marca da LÓréal, portanto, pela parte que me toca, come por tabela.

Se querem certificar-se de que os produtos que produzem não casam problemas em humanos, testem em humanos. Não hão-de faltar candidatos e candidatas.




Imagem de perfil

De Maria das Palavras a 28.10.2014 às 13:14

Pois...há aí o chamado double standard.

"Vamos lá, sim senhora, fazer de mulher real e nada de me "photochuparem", sou tão responsável."

VS

"Vamos só esquecer aquela parte da crueldade animal. Já estou a fazer o meu papel pela crueldade entre humanos e não posso fazer as boas ações todas esta semana...assim como assim, também preciso de comer [caviar] e a LOREAL paga bem."
Sem imagem de perfil

De antonio diogo a 28.10.2014 às 19:56

tantos vegetarianos. não testam em animais mas comem-nos ?
testar em animais é uma coisa ; crueldade é outra .
vão aos matadouros e decidam-se .
Imagem de perfil

De jonasnuts a 28.10.2014 às 21:50

Mas quem é que falou em ser vegetariano?

Eu não sou vegetariana. Como carne e peixe.

Mas entre alimentar-me (sou omnívora) e para isso sacrificar animais, em função da minha sobrevivência e usar cremes para contrariar o efeito do tempo vai, na minha perspectiva, uma enorme distância.

Se eu gostava de ter a certeza que os animais cuja carne eu consumo vivem e morrem com o mínimo de sofrimento possível (de preferência nenhum)? Gostava sim senhor. Tento fazer por isso, mesmo pagando mais caro.

Mas, na minha opinião, não são questões comparáveis.

Comentar post






Arquivo