Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



De quem terá sido a ideia?

por jonasnuts, em 16.11.17

A sério........ 

 

Quem é que pensou que isto era boa ideia?

E quem é que aprovou a ideia?

 

E quem é que, depois de ver a coisa já feita, achou que continuava a ser uma boa ideia?

 

A sério. Expliquem-me.

 

iPhone - Photo 2017-11-16 13_03_57.jpeg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



25 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2017 às 15:48

Claro que sendo uma gaja na capa as feministas tinham de estrabuchar. Fosse um gajo e já estava tudo bem.
Uns bons açoites só te faziam bem.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 16.11.2017 às 15:52

hehehehe não percebeste nada, idiota :)

Ponto número 1 - Não é uma capa, é um mupi. As sombras e tag "mupi" denunciam isso mesmo.

Não tem a ver com ser uma mulher, a campanha inclui homens também.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2017 às 17:53

Fdx... Parece o final de um porn spoof dos estrumpfes.
Sem imagem de perfil

De GolanTrevize a 17.11.2017 às 09:33

Não há mal nenhum em ela parecer que tem a cara cheia de meita, lol
Sem imagem de perfil

De Filipe a 17.11.2017 às 10:27

Seria interessante saber o porquê de tanta perplexidade. Ou seja, seria interessante saber o que lhe evoca a imagem em causa, ou aquilo que projecta na mesma... É capaz de elaborar? A sério. Explique-me...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 17.11.2017 às 11:23

Uma campanha de publicidade deve ter objectivos que vão ao encontro do que o cliente pretende.

A não ser que o cliente tenha sido o canal porn dos estrumpfes, trata-se de um tiro ao lado.

Recomendo vivamente que veja os comentários a este post, quer aqui, quer no Facebook, porque são muito elucidativos.

Espero ter ajudado.
Sem imagem de perfil

De Filipe a 17.11.2017 às 14:33

Ajudou, já estou esclarecido. A superficialidade da sua resposta permite-me desvalorizar o conteúdo do seu post. Não me leve a mal: estou certo que sabe muito sobre qualquer outra coisa...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 17.11.2017 às 15:32

A minha área é a comunicação. No meu CV, tenho 30 anos de activo em publicidade e comunicação digital.

Não uso é o meu blog para ensinar os outros a fazer o seu trabalho. Já dei para esse peditório, já não dou borlas :)

Sei muito sobre este e sobre outros temas :)

Mas não levo a mal, claro :)
Sem imagem de perfil

De Filipe a 17.11.2017 às 16:35

Antigamente, quando me sentia inseguro ou posto em causa, também puxava dos galões... ;-)
Perfil Facebook

De M João Nogueira a 17.11.2017 às 16:48

Eu devo ser mais nova, então :-) É uma questão de juventude, estou certa :-)
Sem imagem de perfil

De Filipe a 17.11.2017 às 19:41

Pensava que era a arrogância própria de quem procura esconder a ignorância, sacando do CV quando se esgotaram os argumentos... ;)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2017 às 09:33

Não.....na realidade não é arrogância. Não é uma das muitas áreas em que sou ignorante e sacar do meu CV pretendia que percebesse isso.

A campanha é uma merda, a vários níveis. Imagem, texto, meio.

É apenas uma opinião? Sim. É a minha opinião.

Mas não é à toa que a campanha apenas está em meios onde não se consegue medir eficácia :)

É uma daquelas campanhas em que tudo é aprovado porque "é giro", sem grande fundamentação.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2017 às 02:51

E tu, paspalho, que apenas tentas diminuir a Jonas, onde estão os teus argumentos?
Sem imagem de perfil

De Filipe a 20.11.2017 às 12:06

Aí está uma matéria em que a Jonas não precisa da minha ajuda.
Sem imagem de perfil

De Filipe a 20.11.2017 às 12:11

Eu explico-te devagarinho, Anónimo:

1. a Jonas deu a sua opinião;
2. eu procurei conhecer os fundamentos da mesma, razão porque a questionei;
3. ela respondeu.

Em que parte é suposto apresentar os meus argumentos?
Fui eu que publiquei um post com a minha opinião?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.11.2017 às 12:39

Eu explico também devagarinho, anónimo Filipe;
Os comentários de um blog servem para trocar ideias e debater é, portanto, natural que haja argumentação e contra-argumentação e não apenas o conforto de desvalorizar a opinião dada, sem que se acrescente.

Daí a dúvida do anónimo não Filipe.

Mas, cada um dá o que pode e a mais não é obrigado :)
Sem imagem de perfil

De Filipe a 20.11.2017 às 13:03

Poderia talvez recorrer às suas palavras, e escrever que não vim aqui para "ensinar os outros a fazer o seu trabalho. Já dei para esse peditório, já não dou borlas."

Mas, na verdade, é apenas falta de interesse.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2017 às 15:52

Para quem tem falta de interesse, comenta muito :)
Sem imagem de perfil

De Óscar Alho a 17.11.2017 às 14:43

Sobre a publicidade e sobre este post, diria o Oscar, não o alho, mas o Wilde: "The only thing worse than being talked about is NOT being talked about."
Imagem de perfil

De jonasnuts a 17.11.2017 às 15:33

Só um pequeno problema....... é que o Oscar Wilde viveu antes de existir internet. Quer ele quer o Warhol.

Hoje em dia, duvido que mantivesse a mesma opinião :)
Sem imagem de perfil

De Óscar Alho a 17.11.2017 às 19:33

Então porquê? O princípio é o mesmo...
Sem imagem de perfil

De Lichtenberg a 17.11.2017 às 21:57

Tais obras são como espelhos; se um macaco olhar para dentro delas, nunca poderá ver um apóstolo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2017 às 02:54

Desconhecia que existiram apóstolos qhe fizeram sexo oral à Estrumpfina.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2017 às 10:16

Ainda ontem o meu filho de 10 anos no carro perguntou-me isso mesmo, o que quer dizer Gula de neve? Como estava a conduzir não consegui ver o mupi, agora sim já estou a ver pq o meu filho perguntou isso, só expliquei o que quer dizer gula, mas eu não estava a entender a frase...

De facto a imagem tem algo pornográfica... Ainda bem que não vi antes...
Sem imagem de perfil

De Filipe a 20.11.2017 às 12:16

gula
gu.laˈɡulɐ
nome feminino
2. figurado - desejo exagerado; sofreguidão, ânsia

Sobre a imagem ter algo de pornográfico, relembro as palavras de Anaïs Nin: "Não vemos as coisas como são: vemos as coisas como somos."

Traduzindo: a pornografia está, provavelmente, nos olhos de quem vê.

Por acaso, e nessa perspectiva, julgo que a campanha deveria ter sido mais ousada: se tivesse podido intervir, a mulher teria a língua de fora, e uma intensa expressão de insaciável desejo...

Comentar post






Arquivo