Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Correr

por jonasnuts, em 20.11.17

Na senda do trabalhinho que tenho feito para me transformar numa pessoa mais saudável faltava a parte do exercício físico.


Inspirada pela minha irmã, decidi experimentar correr. Não é a primeira vez que experimento, mas é a primeira vez desde que parei de fumar, o que deve facilitar um bocadinho.

 

Inscrevi-me na São Silvestre de Lisboa. Portanto...... em 2 meses (um bocadinho menos) tenho de passar de 0km para 10km.

 

Porquê correr?

É uma coisa que depende de mim. Não tenho de me inscrever em ginásios, nem juntar-me a grupos, nem dar contas a terceiros, nem nada. Sou só eu. Se me apetece vou, se não me apetece não vou. Se quero ir mais devagar vou mais devagar, se quero ir mais depressa vou mais depressa. Não tenho de falar com pessoas. Vou a ouvir a minha musiquinha.

 

É barato (julgava eu). A sério......de que é que preciso? umas calças de fato de treino, uma t-shirt, uns ténis e está a andar, certo? Errado. Porque as calças têm de ser num tecido de jeito, e a t-shirt não pode ser de algodão, e preciso de algo para o pescoço e de algo para o cabelo, e preciso duma app e dum plano de treinos, e duma cena que meça o ritmo cardíaco e dum relógio que faça análises a tudo e a um par de botas em tempo real e os ténis....... os ténis são toda uma novela à parte. 

 

Porque têm de ser, obviamente, apropriados para uma pessoa pesada. Preciso de cushioning (sim que já andei a pesquisar), mas não só, preciso de suporte lateral, e preciso de saber se corro com os pés para dentro, se corro com os pés para fora, ou se corro de forma neutra, porque para cada tipo de corrida há ténis diferentes. O problema dos ténis resolveu-se sozinho...... ou melhor, com a ajuda da minha irmã que me ofereceu uns dela, que são praticamente novos e mesmo bons uns Nike Varoma (ou isso é a cena da bimby?) são uns nike qualquer coisa xpto.

 

Tenho um plano de treinos duma app (à borla) que me garante que no dia 30 de Dezembro eu vou correr 10Km em pouco mais do que uma hora (a desgraçada da minha irmã olhou para o tempo e suspirou - que grande seca que eu vou levar), tenho outra app (à borla) que me grava as distâncias e os percursos e os paces e a velocidade e as subidas e o raio que a parta e que quer sempre partilhar aquilo com o mundo. 

 

Essa é outra....... por que raio é que as pessoas partilham nas redes sociais as corridas que fazem? Ou as caminhadas? Não percebo. O que é que me interessa que fulano fez o percurso entre A e B, uma distância de x km, em y tempo, e mais uns pós? Não percebo (não percebo a sério......se quiserem explicar-me, agradeço :)

 

A pulsação cardíaca no final de cada treino é medida à boa maneira de pessoa com dedos e relógio. Dedos no pulso, durante 10 segundos, multiplica por 6. 

 

Onde correr é mais complicado, porque,  no Inverno, escurece cedo e eu não quero levar uma traulitada para me roubarem o telemóvel. Tenho andado pelo paredão de Oeiras, onde há muita gente a fazer de tudo, pelo que quase nunca estou sozinha.

 

Encontro muita informação online, mas pouco adaptada a quem está a começar e não percebe nada do assunto. Ou então, é acessível mas cheira demasiado a publicidade pelo que a credibilidade deixa muito a desejar. Mas se calhar sou eu que sou muito exigente ou não encontrei ainda o blog certo.

 

E, por último, alguém me explique porquê running e não corrida? Para onde me vire, querem vender-me cenas de running, mas ninguém corre :)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Imagem de perfil

De Cristina Ferreira a 20.11.2017 às 15:14

Olá! Eu já corro há alguns anos.. Correr, e chamo-lhe "correr" foi o melhor anti-depressivo que encontrei!
Comecei por correr com música, comecei por correr pouco tempo... Agora faço diariamente 3 km por dia. Não mais para não massacrar os gémeos que apesar de boas sapatilhas começaram a queixar-se! 3 kms foi a distância que após várias experiências e vários anos considerei perfeita para o meu equilíbrio pessoal...
Confesso que agora já corro sem música, gosto do som do mundo a acordar! Mas confesso que também já me rendi às apps para controlar o tempo e duração... (Até porque como corro de manhã, não posso nunca atrasar)
Acho as apps uma forma de motivar apesar de pessoalmente nunca partilhar nas redes sociais! Aí penso como tu..
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2017 às 21:31

Porquê "running" e não correr? Fácil, correr é o que os pobres fazem para não perderem o autocarro. Além disso não está em estrangeiro e como tal não é cool.
O running requer equipamentos XPTO de marca com almofadas de sustentação, tecido aeroespacial e núcleo líquido, não basta fato de treino e ténis. E apps, requer apps para tracking e partilhar nas redes sociais, porque se não se pode anunciar ao mundo para quê fazê-lo?
Há um velho paradoxo que diz "se uma pessoa fez running e não postou no facebook, será que percorreu mesmo a distância?".
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.11.2017 às 11:41

Exato. É na linha do "uma pedra que cai no deserto produz realmente som?".
Sem imagem de perfil

De BL a 20.11.2017 às 21:37

Como eu comecei a correr: http://blog.brunolucas.com/my-life/vai-uma-corridinha

Btw, para mim partilhar nas redes sociais, servia para manter alguma peer pressure sobre mim - para continuar a correr.
Sem imagem de perfil

De Diana a 21.11.2017 às 01:33

Olá!!! :)

Tens Facebook e gostavas de dar a conhecer o teu blogue a mais escritores? Conhecer outros espaços?

Então, adere:

https://www.facebook.com/groups/126383254703861/

Beijinhos, Diana.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 21.11.2017 às 10:06

Varoma, Vomero... vê lá se não são Vandoma

Comentar post






Arquivo