Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Caros senhores das finanças

por jonasnuts, em 09.05.17

Adorei saber que tinham lançado uma app.

Fui ver.

 

Instalei e autentiquei-me. Tive pena que não permitissem a autenticação através da impressão digital, mas pronto, paciência, não era um must have, era um nice to have. Ainda por cima, tecnicamente, não é complicado. Mas pronto.

 

Como sou uma cidadã cumpridora, já entreguei a minha declaração pelo que, a app apenas me serviria para saber o estado da minha declaração. Espero que seja apenas o princípio, e que a app cresça em funcionalidades, senão faz-se o download uma vez por ano e só para poupar o trabalho de ir ao site.

 

Fui ver o estado, e agradou-me.

appfinancas.jpg

A "situação", desde 5/5 era "Reembolso emitido". 

Fui logo a correr ao Homebanking confirmar a coisa, que uma pessoa nesta matéria só acredita quando o carcanhol está do lado de cá. Nada.

 

Oh diabo. Desabafei no Facebook e foi aí que uma data de gente culta me informou.

 

"Reembolso emitido" está longe de significar o que as pessoas normais acham que significa. 

Se aparecer "Liquidação processada", a mesma coisa.

 

Em linguagem de pessoas normais, parece querer dizer que já nos devolveram o carcanhol, em linguagem de pessoas das finanças quer dizer que ainda a missa vai no adro.

 

E é aqui que eu pergunto, aos senhores do ministério das finanças......... afinal, a porra da app é para quem? É para o público, leigo na vossa terminologia, ou é para os funcionários do ministério e TOCs?

 

Mão amiga fez-me chegar um organograma dos vários estágios da declaração. Coitada, é viajada, a declaração.

organograma.jpg

Queridos senhores das finanças (ainda não me devolveram o guito, tenho de ser simpática), O que se passa entre o 1º ponto (submetida) e o 5º ponto, ao comum dos mortais, não interessa para nada.

 

Pode, eventualmente, servir para a pessoa perceber que alguma coisa está a andar, mas em nenhum momento vocês podem usar vocabulário que induza as pessoas em erro, sob o risco de as terem ainda mais frustradas do que o habitual uma vez que o assunto mete dinheiro, impostos e atrasos.

Na próxima versão, corrijam estas coisas. Se precisarem de ajuda para traduzir e adaptar textos para linguagem de pessoas normais, eu ofereço-me, que esse é um dos serviços que a minha empresa presta.

 

Muito agradecida. Não tem de quê.

 

 

UPDATE: A Sarah chamou-me a atenção para o facto da linguagem não ser exclusiva da app. Portanto, esta linguagem de jargão técnico financeiro é sinónimo de inépcia transversal a todas as plataformas, não sendo um exclusivo da app. Também posso adaptar os textos do site. Encarece um bocadinho o orçamento, mas valerá a pena.

Autoria e outros dados (tags, etc)



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Não interessa a 09.05.2017 às 18:47

Se és iletrada em fiscalidade, a culpa não é do estado. É TUA PORRA!!!
Ou estás à espera que em informática também te expliquem o são bits ou bytes???
Aproveitar a situação para fazer negócio é mesmo de alguém sem escrúpulos.
Se achas que é uma situação que afecta todos, então resolve isso gratuitamente. Ou só és de esquerda quando te interessa???
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.05.2017 às 04:55

Sai um TROLL fresquinho.
Julgava que esta espécie estava em extinção nos blogs e se tinha mudado para o Facebook.
Sem imagem de perfil

De Não interessa a 10.05.2017 às 07:20

Se é para insultar ao menos dá a cara caralho!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.05.2017 às 09:00

LOL
Imagem de perfil

De jonasnuts a 10.05.2017 às 14:58

Esta espécie nunca se extingue, a não ser que não a alimentemos :)

É essa a minha opção :)

Comentar post






Arquivo