Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



A porra da vírgula, filho

por jonasnuts, em 25.05.16

A vírgula não existe. Morra a vírgula, morra! Pim!

 

A vírgula que anda nas bocas do mundo, não existe. O que não é mau, porque sendo algo tão pequenino, seria um desperdício, para as bocas do mundo, que mereciam algo mais consistente do que uma pequena vírgula.

 

A história conta-se rapidamente.

 

Houve uma manif dos amarelos (que são a favor da manutenção dos contratos de associação mesmo nos sítios onde haja redundância da oferta). Nessa manif, havia um cartaz, que não tinha vírgula.

 

semvirgula.jpg

Não sei de quem é a foto. Roubei n' O Insurgente.

 

No exacto momento em que isto aparece, o @boloposte (no Twitter, que é onde tudo acontece), faz uma alteração à frase, usando um programa de edição de imagem.

 

comvirgula.jpg

 

E com um comentário que não engana ninguém.

 

Portanto, a vírgula é artificial. Muita gente difundiu a imagem sem contexto, o que fez com que algumas pessoas (eu incluída) achassem que podia ser real. Vá lá.... não seria a primeira vez que aparecia uma calinada num cartaz.

 

Posto isto...... e sendo a vírgula colocada a posteriori, a frase, para pessoas que, como eu, são contra os contratos de associação onde haja redundância da oferta, faz mais sentido com a vírgula do que sem a vírgula. 

 

Em suma, non è vero, è ben trovato.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De AB a 25.05.2016 às 15:45

Não tenho seguido o assunto com a profundidade devida. Na minha tentativa de ficar ao corrente ainda não percebi se o Estado gasta mais com um aluno no privado. Também não percebi porque é que, na zona onde vivo, há escolas públicas para onde todos querem ir, e só alguns (em itálico) conseguem ir. Também ainda não percebi como escolas públicas cujos alunos têm sistemáticamente melhores notas no ano lectivo depois vêm esses melhores alunos espalharem-se ao comprido nos exames nacionais.
A minha conclusão, provisória, é que tudo isto tem pouco a ver com educação, e muito com ideologia, sendo que "isto" se refere tanto ao privado como ao público.
Há tanta coisa que não entendo. Deve ser por ter sido educado no público.
Sem imagem de perfil

De Zé de Faro a 06.06.2016 às 13:08

talvez ajude http://www.tcontas.pt/pt/actos/rel_auditoria/2012/2s/audit-dgtc-rel031-2012-2s.pdf
Sem imagem de perfil

De AB a 07.06.2016 às 09:24

Ajuda sim. Obrigado. Agora só falta digerir o calhamaço : )

Comentar post






Arquivo