Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



A porra da gola

por jonasnuts, em 18.10.14

A porra da gola foi algo que eu vi há uns tempos, no Facebook da Retrosaria. Na altura ainda era só a gola que eu queria fazer, ainda não era a porra da gola.

 

Fiz o download das instruções, dei uma vista de olhos, e não pareceu muito complicado.

 

Fui à Retrosaria, comprei a lã numa cor de jeito (o amarelo é fixe, mas não posso usar amarelo, fica-me mal, pareço deslavada). Comprei um azul escuro meio acinzentado. Mais as agulhas.

 

Chegado o momento de começar o trabalho, olho para as instruções. As tais que não pareciam complicadas. 

Montar 39 malhas, tricotar 3 meia, torcida de 9 malhas, 3 meia, torcida de nova malhas, 3 meia, torcida de 9 malhas, 3 meia. 

 

Chega o momento de confessar uma idiossincrasia. Como aprendi a fazer malha por livros ingleses, não sei o que raio é meia e o que raio é liga. Sei o que é knit e sei o que é purl. E tenho sempre de ter uma legenda. Meia=knit, liga=purl. E não consigo decorar isto. 

 

A porcaria do torcido de 9 malhas é que me estava baralhar o esquema. Volto atrás nas instruções fornecidas pelo fabricante da lã, que deve achar que todas as tricotadeiras sabem tudo, incluindo descodificação avançada. Sigo as instruções dadas para a trança central até perceber o funcionamento da coisa. Mas tive de fazer e desmachar e fazer e desmanchar. E fazer contas. 

 

Portanto, para quem quiser fazer a porra da gola, aqui ficam as instruções que escrevi para mim.

 

Material necessário

3 novelos de Rosários 4 Bulky Light (as instruções do fabricante mandam comprar 4 novelos, mas para mim, 3 novelos chegaram e sobraram).

1 par de agulhas Nº 12

1 agulha de transporte para as tranças.

1 contador de voltas

 

Demora aproximadamente 4 horas a fazer (vendo um filme em simultâneo)

 

Instruções para as tranças:

 

Trança por trás:

Colocar 3 malhas na agulha de transporte, deixando depois a agulha de transporte atrás do trabalho.

Trabalhar 3 malhas.

Tirar as malhas da agulha de transporte colocando-as na agulha da esquerda.

Trabalhar 6 malhas.

 

Trança pela frente:

Trabalhar 3 malhas.

Colocar 3 malhas na agulha de transporte, deixando a agulha de transporte à frente do trabalho.

Trabalhar 3 malhas.

Tirar as 3 malhas da agulha de transporte, colocando-as na agulha da esquerda.

Trabalhar 3 malhas.

 

Instruções para a porra da gola:

 

Montar 39 malhas.

1 - K(nit)

2 - P(url)

3 - K3+trança por trás+K3+trança por trás+K3+trança por trás+K3

4 - P

5 - K

6 - P

7 - K3+trança pela frente+K3+trança pela frente+K3+trança pela frente+K3

8 - P

 

Repetir de 1 a 8, por 12 vezes (para ter 12 tranças).

Rematar.

Coser as duas extremidades (que é o que ainda me falta fazer).

 

Pronto. Assim, apesar de, para mim, ser a porra da gola, não tem de ser a porra da gola para quem quiser fazer a coisa sem ter de usar a porcaria das instruções fornecidas pelo fabricante da lã.

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



9 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Costa a 18.10.2014 às 19:01

Atão mas n'é c'a porra da gola até ficou gira e bem-feitinha??? Só uma questão: mas afinal qu'é isso de porra da gola???
Imagem de perfil

De jonasnuts a 18.10.2014 às 19:04

Uma gola..... para pôr ao pescoço no Inverno. Uma espécie de mini cachecol, cosido nas extremidades, que se enfia pela cabeça e que pode dar uma volta, se for suficientemente comprida.

É uma camisola de gola alta, sem a parte da camisola :)
Sem imagem de perfil

De Marta Martins a 18.10.2014 às 22:53

Adorei a porra do esquema!!! :) a gola ficou linda e percebo bem o problema quando aprendemos a ler em inglês os esquemas de tricot... Ainda há dias com uma revista tuga não consegui perceber e era simples :p
Sem imagem de perfil

De AMP a 19.10.2014 às 14:08

Eu adorei a descrição!!!
eu sinto-me muitas vezes um Alien no meio das instruções...
Tão alien que para mim tricotar é Knit e Purl e essa cena da Trança para trás e para a frente...
Para mim teria que ter legenda também :D
Trança p/ frente =>C6F=Slip3front, K3, K3 from cable
Trança p/ Trás => C6B=Slip3back, K3, K3 from cable
Ás vezes é dificil, mas nada é Impossível!!!
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.10.2014 às 14:39

Nada é impossível, de facto, mas eu acho que um fabricante de lãs, que publica estas instruções para que as pessoas comprem as lãs e façam um determinado projecto, seria mais inteligente se facilitasse a vida às pessoas, em vez de a dificultar :)
Imagem de perfil

De pintolaranja a 19.10.2014 às 21:51

E em português digno desse nome há pouca coisa pela net, parece-me... As nossas retrosarias ainda não aderiram a essas modernices e se calhar há pouca gente a tricotar que blogue por aí. Já no Brasil é aos molhos :)
O que eu sabia aprendi com a minha mãe, o crochet também teve ajuda de uma das avós e quando quis elaborar mais tive de fazer a tradução inversa à tua porque os melhores alfarrábios vinham em inglês hehe
És picker, thrower, ou tricotas à tuga?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.10.2014 às 09:16

Ehehehe sou uma mistura....... A minha mãe tentou ensinar-me quando eu era miúda, e eu, burra, borrifei-me. Mas lembrava-me bem de a ver com a linha à volta do pescoço. Daí que quando aprendi pelos livros adaptei a coisa à passagem da linha pelo pescoço. O meu purl é igual ao do resto do mundo, mas o meu knit é diferente, e enfio as agulhas por sítios estranhos (mas mais eficiente do que o knit tuga).
Sem imagem de perfil

De Flavia Paluello a 20.10.2014 às 08:53

Ainda não tive coragem de me aventurar com os torcidos. A porra da gola ficou mesmo espectacular.
A minha maior dificuldade no tricot é que aprendi o básico (Purl and Knit) como ponto tricot e ponto meia no Brasil, mas tricotando à portuguesa. Depois passei a "estudar" em inglês e aprofundar as técnicas e agora misturo os estilos picker and thrower (English and Continental) com o tricot à portuguesa (sempre ao pescoço).
Outra coisa que nunca consigo perceber e sempre tenho de ir procurar é o ponto jarreteira. Estes nomes tugas são sempre todos muito complicados.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.10.2014 às 09:21

A malha é como a informática. Tudo parece complicadíssimo, e algumas coisas são mesmo muito complicadas, mas a maioria é muito simples. É uma questão de atitude e de não ter medo. Eu também achava que as tranças eram uma coisa complicadíssima. Afinal...... complicado só mesmo o aspecto. Facílimo de fazer, não precisas de saber mais do que knit e purl. Mesmo :)

Comentar post






Arquivo