Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Voos altos

por jonasnuts, em 01.09.07
O RedBull Air Race foi fixe isto é, o evento, propriamente dito, as provas e a animação entre provas. O sítio era simpático, estava cheio, mas não demasiado. O edifício da Alfândega é, do que pude ver, fixolas.

Agora, o problema foi chegar à Alfândega e depois, regressar a Campanhã.

Aparentemente houve um esquecimento da organização. Esqueceram-se de avisar a rede de transportes do Porto que ia haver um evento que ia movimentar 600.000 pessoas (estima-se que um pouco mais), numa cidade que não está, aos Sábados, preparada para este tipo de movimentações. Portanto, para a deslocação de 600.000 pessoas, vamos fazer o que costumamos fazer em qualquer Sábado. Essa é a única justificação para as enchentes. Não me refiro às ruas, obviamente, mas aos transportes propriamente ditos. As carruagens de metro (ainda não acredito que aquilo se chame mesmo andante) estavam apinhadas. Mas quando eu digo apinhadas, é no sentido de não caber nem mais uma pinha. Fez-me lembrar os vídeos do metro de Tóquio. Máquinas para vender bilhetes indisponíveis ou que apenas aceitavam cartões como forma de pagamento, plataformas fechadas por questões de segurança, o caos. A sinalética também não ajuda. Quer dizer, já andei em vários metros europeus, e nunca tive dificuldade em saber para onde me dirigia. O do Porto é o pior (imediatamente seguido por Lisboa, diga-se desde já). A CP também não deve ter sido avisada, porque na retirada, era ver os comboios cheios, cheios, cheios, e pessoas a ficarem apeadas, à espera

Daqui a pouco (talvez mais do que um pouco) coloco algumas fotos, quer do evento quer do metro de Tóquio.

Mas, em futuras edições, senhores da organização, por favor, avisem o metro e a C.P., porque dessa forma a coisa torna-se muito mais divertida.

Por último, uma palavra que os nossos vizinhos do lado, que não conheço nem sei quem são, mas que eram muitos. Do Porto (percebeu-se pelo sotaque), 5 estrelas, simpáticos, prestáveis e acolhedores. Fez-me recordar que esta malta do Porto, regra geral, se não fosse a mania estranha de gostarem de um clube de futebol menor (como era o caso), não seriam 5, mas 6 estrelas. :)

P.S.: Ainda bem que não levei os putos. Não por causa do evento, teriam adorado, mas porque se tivessem ido connosco, a esta hora ainda estaríamos a tentar entrar numa carruagem de metro que nos parecesse relativamente espaçosa para viajarmos em segurança.

Autoria e outros dados (tags, etc)



21 comentários

Sem imagem de perfil

De Marco a 01.09.2007 às 22:29

Acho que é um problema comum a muitos eventos. As empresas de transportes em geral não estão preparadas para estas "enchentes". Até a CP, que tinha uma campanha referente ao evento, não mostrou organização nem visão sobre a melhor forma de satisfazer os seus clientes. Na estação de S. Bento por exemplo, na maior parte dos destinos só se sabia a linha 10 minutos antes da partida, o que tornou a zona de partidas/chegadas numa grande confusão. O reforço de carruagens também não é suficiente, é preciso aumentar a frequência também, mas enfim, assim provavelmente maximizam o lucro :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 01.09.2007 às 22:47

Talvez esta tenha sido uma learning experience, e para o ano, a coisa esteja mais bem organizada.
Sem imagem de perfil

De Marco a 01.09.2007 às 23:21

Reforço? Onde? Ontem cometi o erro de ir ao Porto(não fui ver as qualificativas) e já fui e vim num comboio apinhado, por isso eles já estavam mais do que avisados, e ontem o comboio era o mesmo de todos os dias, com o mesmo número de carruagens e tudo.

@Jonas: não te ficava mais perto São Bento?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 01.09.2007 às 23:27

ehehehe provavelmente. Mas fiquei-me por Campanhã, fruto provavelmente da força do hábito :)

Por isso é que tive de apanhar o metro, para S. Bento :)
Sem imagem de perfil

De velf a 01.09.2007 às 22:36

clube menor que desde que nasci só me tem dado alegrias ,e aos meus conterráneos.por alguma razao normalmente temos o s joao a dobrar,de vez em qd ate a triplicar,coisa rarissima em outros pontos do nosso pais...tenho noçao q o metro funcionou perfeitamente.a cp tv nao,mas compreende se tem a sua sede na capital...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 01.09.2007 às 22:53

Portanto, na tua opinião, correu tudo bem, à excepção de coisas organizadas por empresas cujas sedes estão em Lisboa, é isso?

Não percebeste nada do meu post.
Transformaste aquilo que é um elogio à maior parte das pessoas do Porto (cidade, obviamente), numa luta regional, que é demasiado provinciana e que denuncia demasiados complexos de inferioridade (que não são justificados, sabes?), para que eu vá por aí.
Sem imagem de perfil

De Marco a 01.09.2007 às 23:23

Desculpa lá mas tb sou do norte, e posso dizer que para andar no metro do Porto é preciso tirar um curso, nunca vi coisa mais complicada. Ora descreve lá aqui ao pessoal o tens de fazer para tirar um bilhete e andares de metro, mas não te esqueças de nenhum paço.
Sem imagem de perfil

De Mário Lopes a 02.09.2007 às 02:17

MJN,

Tenho de te contar um episódio caricato. Como sabes trabalho nos EUA e lido com gente de todo o mundo. Aqueles que gostam de futebol (principalmente os Europeus) conhecem todos o FCP. Todos! Nenhum (e não estou a exagerar) sabia quem era o Benfica ou o Sporting.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 02.09.2007 às 12:44

É de lamentar. Eu lamento sempre que a cultura das pessoas não seja grande coisa.

Fazem-me lembrar a candidata a miss teen usa :)
Sem imagem de perfil

De Mário Lopes a 03.09.2007 às 19:10

Eu estava a sugerir que o Benfica e o Sporting não fazem o suficiente para serem conhecidos!

Mas não te apanhei pelo anzol, fugiste bem :-)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.09.2007 às 20:35

Nunca me passou pela cabeça que essa fosse a tua intenção ;)

Sem imagem de perfil

De Rui Barbosa a 02.09.2007 às 11:25

Olá,

A situação repete-se sempre que há um evento anunciado no Porto. Eu cheguei a pensar que se fosse para lá vender andantes (comprados nas horas livres) com acréscimos no preço, fazia uma fortuna. Infelizmente a ideia não avançou, e o mesmo aconteceu aos utilizadores que, depois de esperarem tempos infinitos para chegar perto da máquina, tiveram que esperar que passasse um, dois, três veículos, para não terem que recorrer à violência para conseguir um lugar no metro.

Quanto à facilidade de utilização do Metro, eu próprio costumo assumir uma posição altruísta e dou por mim a dar grandes sessões de esclarecimentos a desconhecidos sobre como carregar o andante.

Isto tudo para dizer que os transportes colectivos do Porto são vergonhosos em dias normais. Nestes, a coisa piora...
Sem imagem de perfil

De Sérgio Carvalho a 03.09.2007 às 04:23

Andante é só o bilhete. Metro por cá também se diz metro.

Quanto a lidar com enchentes, o meu método do São João funciona às mil maravilhas: deixar o carro na Praça da República, e subir a pé. A Metro do Porto/STCP não aprendem a lidar com multidões; já desisti...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.09.2007 às 12:49

Não há nada como a cultura geral :)

Pronto, andante é só o bilhete, o que, já agora, me parece igualmente estranho, na medida em que "bilhete" me parece relativamente fácil de memorizar, tendo a vantagem de já ser conhecido, mas pronto, isso sou eu :)

Já aprendi qualquer coisa hoje.
Sem imagem de perfil

De Rui Barbosa a 03.09.2007 às 13:19

O andante tem a vantagem de ser intermodal. Uma só viagem comprada permite usar vários transportes diferentes numa duração específica...

Marketing...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.09.2007 às 13:24

Até pode ser que sim, mas para isso é preciso que a pessoa perceba as explicações.

Para mim, nem sequer percebi que tinha de "obliterar" (já não se diz assim, pois não?) o andante em cada viagem. Limitei-me a passar o meu na maquineta em Campanhã e está à andar. Percebi depois que era suposto tê-lo feito de novo, no transbordo. Isto significa que acho que tenho aqui um andante com viagens válidas :)
Sem imagem de perfil

De Rui Barbosa a 03.09.2007 às 13:49

Se esse não tiver destino, eu não me importo de tomar conta dele...

Depois de carregar o Andante com as viagens necessárias, é preciso "Validar"(=obliterar) sempre que se entra num veículo diferente. Vantagem: pode validar várias vezes; com a prática até começa a ser divertido ouvir os apitos...
Sem imagem de perfil

De Sérgio Carvalho a 04.09.2007 às 11:54

Obliterar implica destruir. Vivemos em tempos ecológicos, tem que ser tudo reciclável. Agora é "validar". Termo demasiado genérico. Mas isso sou eu que sou um nazi da gramática.

O importante é que tenha sido divertida a passagem pelo Porto. Só gostava que tivéssemos mais eventos deste género. A cidade tem zonas muito atractivas para turistas, e definitvamente sabe receber.

Quanto ao andante, eu pessoalmente acho genial o nome. Não dá para dizer "bilhete" com sotaque do Porto da mesma forma que se diz "andante". Andante consegue-se dizer com o segundo 'a' posterior, aberto e levemente nasalado, como fazem as pessoas da Ribeira. Lindo :-)
Sem imagem de perfil

De Lost_soul a 03.09.2007 às 05:47

É mesmo a portuga,so se faz as coisas a pensar no dia de hoje e depois temos de andar aqui e ali a remendar.Os portugas sao mesmo bons é no desenrrasca.
Sem imagem de perfil

De Ric a 03.09.2007 às 09:44

De um tipo que não nasceu no Porto mas lá viveu os seus primeiros 17 anos de vida, os meu agradecimentos por haver quem, em Lisboa, deixe de lado os preconceitos e reconheça que há malta porreira em todo o lado. Até no Porto!
=)

PS: e ser do FCP é muito, muito bom. Sobretudo fora do Porto.
=D
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.09.2007 às 12:52

Eu vou mais longe que isso. Eu não digo "até no Porto", eu digo "especialmente no Norte".

Sou Lisboeta, alfacinha de gema, e adoro Lisboa, mas acho que no Porto, genericamente falando, as pessoas são mais afáveis e genuínas.

Quem tem preconceitos regionais, é idiota :)

Comentar post






Arquivo