Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Blogspot versus Blogs SAPO

por jonasnuts, em 22.08.07
Eu trabalho no SAPO, mais propriamente nos Blogs do SAPO, fica o disclaimer e fica a informação de que sou, assumidamente, juíza em causa própria.

Sei que não sou propriamente a pessoa mais imparcial para falar do Blogspot e dos Blogs do SAPO, por isso, alegro-me quando não tenho de o fazer, e quando é o próprio Blogspot a falar por mim.

O Blogspot que (ainda) é o alojamento preferido dos portugueses para os seus Blogs está (de novo) em baixo. Não é que seja novidade, já em tempos referi isso aqui e aqui (as minhas desculpas pelos auto-links, que não são habituais aqui na chafarica).

Esta questão, dos piripaicos do Blogspot reaviva uma dúvida que me acompanha há bastante tempo: Os Blogs do SAPO têm mais funcionalidades que o Blogspot, os blogs alojados no SAPO conseguem habitualmente melhor posicionamento nos resultados das pesquisas, são mais fáceis de usar, tem assistência permanente e uma equipa altamente dedicada e motivada e que está sempre disponível (quer por mail quer no blog oficial dos Blogs do SAPO), porque é que ainda hoje (embora menos), o Blogspot continua a ter sucesso entre os utilizadores portugueses?

Não tem lógica.

Autoria e outros dados (tags, etc)



54 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Cavaco a 22.08.2007 às 16:51

É um raciocínio que apoio, embora o SAPO não seja perfeito, os blogs do SAPO revolucionaram-se em grande.
Sem imagem de perfil

De Nuno Ferro a 22.08.2007 às 17:00

Isto faz me lembrar a questão:

Se existem operadores onde não se paga assinatura telefonica, porque é que a maioria dos portugueses continua com a PT a pagar +- o dobro?

o assunto não tem nada a ver mas foi o que me lembrei.
Sem imagem de perfil

De Claudio Franco a 22.08.2007 às 17:41

No meu caso (falo do blog pessoal, que está no wordpress.com) tenho 2 justificações, uma válida para o blogspot também.


1) Modificar Templates

Por muito que se pense que o utilizador normal não mete as unhas no HTML isso é mentira. Hoje em dia é normal eles irem a determinado site, copiar um template destinado ao Blogspot, colar e pimba.



OU

Ter templates mais giros... os que existem actualmente são um pouco básicos demais, basta ver a qualidade dos presentes no wordpress.com...



2) Área de Utilizador

Acho sinceramente que podia ter outra orientação... é uma confusão tremenda aqueles formulários.



Quem me conhece sabe que eu tentei migrar do wordpress.com para o SAPO Blogs... mas quando tentei alterar o template através daqueles formulários... eish :|
Imagem de perfil

De maryjane a 23.07.2014 às 15:05

Concordo plenamente com os templates! Não se consegue sair deste look básico, por muito que se queira! :x

estou sinceramente a pensar mudar para o blogspot por isso.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 23.07.2014 às 15:07

Use a personalização intermédia, ou o editor de css.

Comigo funcionou :)
Sem imagem de perfil

De Tiago Rodrigues a 22.08.2007 às 17:57

A resposta à tua pergunta é simples:

Para o dumb user, o utilizador comum que nada percebe de informática, um blog só é blog se estiver no blogspot. Se lhe disseres que podes fazer blogs noutro lado ele pergunta "mas isso é um blog ?". Da mesma forma que para esses utilizadores, uma wiki (qualquer) é sempre a wikipedia.

As pessoas são estupidificadas pelos meios de comunicação, e assim permanecem. Quando começaram a aparecer os primeiros blogs por parte de meios de comunicação (radios, jornais, etc) eram todos no blogspot. Hoje em dia muitos desses meios ja têm a sua infraestrutura de blogs própria, mas para o clássico dumb user ficou a ideia base: blogs é no blogspot.

Pessoalmente prefiro alojar o meu próprio blog onde posso fazer realmente o que quero, mas não vou entrar por aí. Essa discussão fica para outro dia :)
Sem imagem de perfil

De Marco a 22.08.2007 às 18:09

Se há coisa que não gosto no SAPO é ter que ter uma conta de email só para contactar o meu ISP. Uma das consequências deste facto é a correspondência só ser vista uma vez por mês se tanto, mas compreendo a razão de ser assim..
Sem imagem de perfil

De Carlos a 22.08.2007 às 18:32

A lógica chamasse inércia.
Sem imagem de perfil

De Eduardo Luis a 22.08.2007 às 20:27

Não será que a tua pergunta se resume a apenas a:

1. Estratégias de marketing
2. Publicidade

Como sabes, qualquer pessoa que abordes na rua (dos 7 aos 77 anos) e
perguntares o que é o SAPO, as respostas terão como denominador comum
"Internet".
O SAPO a nível de acesso à Internet bate qualquer operador devido à
sua excessiva publicidade.
Não quero com isto dizer que é melhor......mas todos conhecem os bem
esgalhados anúncio do "Cocas".

Se o SAPO quiser ser o líder no que diz respeito aos blogs, penso que
é continuar com a mesma excessiva publicidade mas virada para essa
vertente.

Mas não me parece que fosse uma estratégia a seguir.
Para quê?

Sendo assim, predominam os mais velhos e que foram os que enraizaram
esse hábito. BlogSpot.

EL
Sem imagem de perfil

De Joao Antunes a 22.08.2007 às 20:30

Não será igualmente uma questão de branding?

Não me refiro aos dominios xxxx.blogs.sapo.pt, mas a questão de serem Blogs do SAPO.
Penso que uma marca spin-off da SAPO só para blogs/comunidade com o seu tempo teria maior aceitação e divulgação.
Refiro o factor comunidade, que nem o blogspot tem, mas o livejournal consegue muito bem e vocês usam a sua plataforma.

O SAPO hoje em dia é tudo: ligação à internet, portal, etc.
Na generalidade acho que há dois tipos de pessoas quando toca a criar serviços de blogs:
1) gostam de se desmarcar um bocado (ter alojamento próprio, livejournal, wordpress)

2) vão para aquilo que todos usam e onde 'estão' (blogspot). Tipo o que acontece com o café onde estão todos os amigos vão ou a discoteca mais 'in' do momento - o que o SAPO não é em nenhum dos casos.

Posso referir o Terravista? :)
Há 9/10 anos ele era o sinónimo de ter um site alojado na internet em Portugal. Não teria tido tanta divulgação e impacto se fosse um xxx.sites.telepac.pt, mesmo que a telepac oferesse 10x mais coisas.
Tinha a sua identidade demarcada, mesmo tendo em conta que era em circunstancias e 'donos' completamente distintos.

Para quem está de fora acho que falta um bocado de 'identidade' para as pessoas aderirem e reconhecerem o vosso serviço. Não tem possibilidade de ser o serviço onde toda a gente está de momento, mas de algum modo se pudessem ser o 'mais fixe', demarcarem-se e começar a ganhar tracção.

A noção que passa, e que eu discordo completamente, é que os Blogs do SAPO são mais um 'mero' serviço do SAPO, por isso as alternativas internacionais, mais antigas, devem ser melhores.

Vocês uma plataforma excelente, que vocês melhoraram (não apenas traduzindo do Livejournal), equipa competente e atenta aos utilizadores, etc... Por vezes os pequenos detalhes fazem a diferença.
Acho que ao longo da história de serviços de internet não é a melhor tecnologia, ou quem tem mais dinheiro, ou mais meios de marketing, ou primeiro a entrar no mercado, ou melhor design que é o vencedor.

Fica também o 'disclaimer' de que eu não sou o vosso público alvo, isto é: que quer um serviço alojado de Blogs, embora para uso pessoal use há anos o livejournal :)


Sem imagem de perfil

De Mario Lopes a 22.08.2007 às 21:39

Porque que o Skype, praticando precos consideravelmente superiores a muitos outros operadores VoIP, ficando tres dias com a rede inoperacional porque os seus utilizadores reiniciaram a maquina, e usando um protocolo fechado e proprietario, continua a ser a rede de excelencia de VoIP (comparavel ao Blogspot)?

Porque foram os primeiros.

Disse e volto a repetir que um pouco mais de estrategia de inovacao no Sapo nao colide com a actual estrategia de copycats e dava-lhes um acrescimo de reputacao substancial.

Sei que ha' individuos muito espertos ai. E' deixa-los comecar os seus proprios projectos e dar margem para que possam ser experimentados.
Sem imagem de perfil

De Mario Andrade a 22.08.2007 às 22:39

Criei um blog no SAPO para poder fazer uma review entre os 2 serviços dentro de algumas semanas.

A coisa que me saltou logo á vista é que, aparentemente, não posso editar o template como puro html.

Mas penso que se o SAPO apostar numa campanha publicitária á maneira consegue alcançar um novo patamar

Comentar post


Pág. 1/4






Arquivo