Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



A minha profissão

por jonasnuts, em 12.07.07

Não é de hoje, sempre tive a mesma dificuldade.
No formulário, à frente de "Profissão", escrevo o quê?

Antigamente, escrevia "publicitária", que era o que eu era, apesar de trabalhar numa área muito específica da publicidade.

Quando passei a trabalhar com serviços de comunidade, em Internet, a coisa complicou-se.

Primeiro porque quando comecei, ninguém sabia o que era a Internet, e dizer que trabalhava em Internet ou dizer que era astronauta dava mais ou menos no mesmo: olhos abertos de incredulidade e/ou espanto.

Depois porque o espaço no formulário nunca é suficiente para escrever: Integro a equipa de gestão de um serviço de Blogs de um portal português. Além de que ninguém perceberia.

Também não coloco "gestora", porque a utilização que se dá hoje  em dia à palavra "gestor" ou "gestora" não tem muito a ver com o que eu faço.

Hesito sempre, ou hesitei, até há uns tempos, em que descobri a pólvora.

Hoje em dia, sempre que me perguntam o que é que eu faço, a minha resposta é imediata: "Sou doméstica".

Resolve tudo, é curto, não corresponde ao que faço, mas o que faço não me define, por isso serve perfeitamente. E gosto de ver a cara das pessoas, quando, depois de ter respondido que sou doméstica (gerando determinadas expectativas), na parte dos Hobbies digo que sou uma apaixonada por filologia clássica, e por motores a jacto.

Autoria e outros dados (tags, etc)



13 comentários

Sem imagem de perfil

De Bruno Miguel a 13.07.2007 às 00:50

Filologia? Isso deve ser um pouco chato, não? Eu gosto de coisas relacionadas com a história e evolução das civilizações e sociedades humanas, gosto de saber o porquê dos comportamentos humanos, adoro o espaço, adoro saber porque é que algo acontece, mas não sei se tinha paciência para andar a interpretar textos.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 13.07.2007 às 08:42

Acho que me expliquei mal.

Eu percebo tanto de filologia clássica como de trabalho doméstico :)

Ah, e já agora, para que não restem dúvidas, também não percebo nada de motores a jacto.
Sem imagem de perfil

De Bruno Miguel a 13.07.2007 às 19:16

Não te explicaste mal, eu é que percebi mal. Mas porra, eu já todo contente por saber que uma mulher gosta de motores... Poça... :P
No meio desta confusão toda, o que interessa reter é que o Moretto foi de vela!! WOO OO!! :D
Imagem de perfil

De jonasnuts a 13.07.2007 às 22:53

Ah, mas eu gosto de motores, principalmente dos que funcionam sob meu comando :)

Não percebo é nada de motores, apesar de curtir os programas que passam no canal motores :)
Sem imagem de perfil

De Miguel a 13.07.2007 às 07:46

E porque não? Mesmo se fosses doméstica não havia vergonha nenhuma nisso! Eu trabalho em Logística e digo que sou Blogger e spotter (fotos de aviões), mas sou licenciado em Gestão de Recursos Humanos. Agora, qual é a minha profissão? Sei lá, se calhar aquela que mais gosto de fazer: Marido e Pai de filhos!
Sem imagem de perfil

De Marco a 13.07.2007 às 08:22

Eu costumo utilizar "Internet" ou "Informática" para definir a minha profissão. Quando não tem isto, coloco "Outra". Actualmente nem estou ligado à informática, não porque queira, mas por ser obrigado a trabalhar em outra coisa, mais para os lados de Aux. Administrativo e AutoCAD, e em part-time o que gosto.. programação, criação, desenvolvimento web =)
Sem imagem de perfil

De Pedro Rebelo a 13.07.2007 às 12:33

Isso é um problema que afecta muito boa gente.
Mesmo nos sítio em que se trabalha é por vezes difícil definir esse tipo de situação. Assim a modo de exemplo já passei por "Tecnico de Informação de Comunicação e Gestão", Técnico de Desenvolvimento, Web Developer, Web Designer, Gestor de Comunicação e Conteúdos... O pior de tudo é quando alguem está a preencher o formulário por ti e quando chega a esta questão e tu tentas explicar te respondem: "sim, sim. Já entendi." e escrevem "Informático"...
Sem imagem de perfil

De trz a 13.07.2007 às 21:34

Só por divertimento, experimenta escrever MOTIVADORA..
Imagem de perfil

De jonasnuts a 13.07.2007 às 22:52

Epá, isso é demasiado violento, até para mim :)

Nós temos um motivador, lá no open space onde trabalho (e já há pelo menos 8 anos que por lá anda), que é taco de baseball :)
Imagem de perfil

De esquisito a 13.07.2007 às 23:02

AHAHAHAHAHAH!!!

Espectacular!!! Demais...

O meu pai também tem esse problema, ninguém percebe muito bem o que ele faz. E depois há as pessoas que quando digo que estudo eng. electrónica e telecomunicações ficam "hãããã..." e eu "computadores", e eles "AAAHH!!!" Business as usual...

Pus no meu blog algo relacionado, que recebi no mail há uns tempos... Um pouco diferente, dá para rir, mas também para chorar...
Sem imagem de perfil

De Rui Cruz a 16.07.2007 às 09:34

Para os bancos é melhor dizeres a parte longa, porque não dão créditos nem ligam muito a domésticas!


Rui
Sem imagem de perfil

De ric a 17.07.2007 às 08:52

agora é só deixar crescer o cabelo e pintar de azul.
=)
Sem imagem de perfil

De Maria a 17.07.2007 às 10:20

Agora já vai sendo diferente, mas quando iniciei a minha actividade profissional acontecia o mesmo: «Então o que fazes?» - «Sou Socióloga» - «Ah... e isso dá para quê?» ... Depois tinha que fazer um esforço sobre-humano para saber ao certo para que servia o meu curso, porque até eu tinha dúvidas!! Agora já não é assim. Quando digo que sou Socióloga, a resposta é quase sempre «Coitada»!

Comentar post






Arquivo