Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Ir às compras, sem sair de casa.

por jonasnuts, em 24.03.07
Não sou uma mulher típica. Não gosto de ir às compras. Detesto experimentar roupa. Não gosto de jóias. Ando com a mesma mala e com a mesma carteira há mais de 2 anos. Gosto de sapatos, mas prefiro os ténis.

Mas gosto de gadgets, e gosto de tecnologia, acima de tudo gosto do tempo que a tecnologia me rende.

Eu explico. Por motivos que não interessa aprofundar vi-me na necessidade de comprar um carro. Procurei online. Experimentei um, mas não era bem aquilo, e cheguei à conclusão que era um investimento mais inteligente comprar um carro novo (saía pouco mais caro do que comprar um em segunda mão, em condições).

Ora, o carro que eu escolhi (embora haja dúvidas aqui em casa sobre se de facto podemos aplicar o termo carro) foi um Smart ForTwo. O Smart ForTwo ainda não tinha saído, pelo que só o podia ver no catálogo, novamente online.

O concessionário que contactei pediu-me uma série de documentos, para aprovar o crédito (julgavam que era a pronto, não?).

Declaração de IRS. Fui buscar ao site das Declarações Electrónicas
Recibos dos últimos 3 ordenados. Fui buscar ao site do colaborador.
Extracto + NIB + Comprovativo de morada. Fui ao site do meu banco.
BI + NIF. Digitalizei.
Sinal de reserva. Fiz a transferência para a conta do concessionário. Recolhi o comprovativo da transferência.

Peguei nesta documentação e enviei, para o endereço de mail que me tinha sido indicado.

Na "volta do correio" tinha a informação de que o meu processo de crédito tinha sido aprovado, que o carro já estava em Portugal, e a data prevista em que terei, de facto, de me deslocar ao stand, para ir buscar o meu carro novo.

Basicamente, comprei um carro sem quase ter saído de casa :)

Sim, eu sei, só uma mulher faria isto, comprar um carro sem ter inspeccionado, e testado, e experimentado. Mas.....convenhamos, não se trata de um carro a sério, certo?

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Imagem de perfil

De pedrocs a 24.03.2007 às 16:19

Não compreendo porquê esse estigma do Smart não ser um carro a sério. Porquê? Porque não é grande e ruidoso? Não percebo... se não é um carro é o quê, uma máquina de lavar roupa?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 24.03.2007 às 16:43

Pá, eu vou comprá-lo.
Posto isto......grande parte do meu prazer de conduzir passa pelas mudanças......convenhamos que o smart não é a melhor opção nessa área. Gosto de conduzir depressa, novamente, o smart não é a melhor opção nessa área.
Gosto de carros grandes (o meu carro favorito é um Chrysler Grand Voyager, e também gosto do VW Touareg), o smart é o oposto.

É pequeno, eu só preciso de 2 lugares, estaciona-se bem, é económico.

Mas não é O carro :)
Sem imagem de perfil

De Marco a 24.03.2007 às 17:35

ou seja, precisa de um carro para a cidade.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 24.03.2007 às 20:40

Precisamente, daí a razão de ser da escolha :)
Imagem de perfil

De outrosdias a 27.03.2007 às 10:18

O Smart é "fixe"... (quase) tão prático e económico como andar de mota... e com a vantagem de não chover lá dentro!

(... 2 anos com as mesma mala e carteira? ... que direi eu, então ... chegam a mudar de cor várias vezes... LOL)
Imagem de perfil

De * * Grilinha * * a 05.05.2007 às 01:31

Há algum tempo que não visitava os blogs (a vida está compliacda para estes lados) mas hoje estou sem sono e com vontade de colocar a leitura em dia.
Vai daí .... cheguei aqui e comecei a ler por aí abaixo ... por aí abaixo e ... cheguei a este post.
Por momentos pensei que alguém me conhecia e te tinha contado uma história parecida.
Só não comprei a casa pela net, mas pouco faltou
Ahhh ... o meu sonho é ter um smart e vou tê-lo oh se vou .... Ou eu não me chame Maria Fernanda
Sem imagem de perfil

De Boboquinha a 24.07.2009 às 09:47

Até as primeiras palavras identifiquei-me tal e qual consigo: não gosto de ir ás compras, detesto experimentar roupa e adoro gadgets!

O que ficou distante é essa versatilidade para se "desenrascar" online...

Daqui a uns tempos espero poder comprar um popó, também sem muita vontade, mas tem de ser... acho que venho aqui relembrar como se faz!

Comentar post






Arquivo