Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Festas de Natal

por jonasnuts, em 07.12.06
É mais ou menos nesta altura do ano que começam a ser marcados os jantares de Natal das empresas.

Já fui a muitos jantares de Natal. Normalmente não vou aos mega-jantares de Natal. Aqueles jantares que as grandes empresas se sentem obrigadas a fazer, para todos os colaboradores, em simultâneo (ou pelo menos, o mais em simultâneo possível).
Confesso que não percebo a razão de ser destes mega jantares. Reunir 2000 pessoas sob o mesmo tecto, servir-lhes uma refeição, e depois uma qualquer animação, podendo ou não incluir um discurso de um administrador, serve exactamente para quê?

Como sou um bocadinho (?) do contra, às vezes organizo um jantar alternativo, coisa simples, só vai quem quer (não é preciso ir lá para se mostrarem), cada um paga o seu, e normalmente são num local acessível, com comida nem muito boa nem muito má, mas onde dá para estar à vontade, dizer uns palavrões, e conversar (normalmente, de trabalho, claro).

Devo dizer, que o evento de maior sucesso até hoje (deste tipo) foi organizado por mim e pela Patrícia, num restaurante inenarrável, onde dançámos (e em alguns casos cantámos e tocámos) até às quinhentas. O restaurante ficou na memória de todos, mas especialmente na memória da Helena, que não queria acreditar que nós tínhamos convidado o administrador para aquela espelunca. O senhor, que já não está entre nós, portou-se lindamente e à altura, e conseguiu disfarçar o ar enjoado que o sítio provavelmente lhe provocava. O resto do pessoal, adorou (mesmo que a comida não fosse grande coisa).

Uma coisa garanto.....um jantar deste tipo, faz mais pelo espírito de grupo de uma empresa, do que qualquer mega-jantar que junte 2000 macacos e os espalhe aleatoriamente por mesas redondas.

Autoria e outros dados (tags, etc)



2 comentários

Sem imagem de perfil

De Joao a 08.12.2006 às 17:06

Eu lembro-me bem desse jantar de natal :D
Imagem de perfil

De nmerdas a 14.12.2006 às 15:48

eu cá para mim juntava o dinheirinho dessas festas e pagava o jantar durante muitos dias a quem não tem nada que comer durante o ano.

Odeie com sensatez! Pergunte-me como

Comentar post






Arquivo