Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



O meu fim-de-semana

por jonasnuts, em 08.12.13

Gosto muito daquilo que faço. E é uma pescadinha de rabo na boca, a coisa. Gostar muito daquilo que faço ajuda-me a ser melhor naquilo que faço. E eu acho que sou boa naquilo que faço.

 

Há, no entanto, vertentes do meu trabalho que eu odeio. São raras, mas existem, e também têm de ser feitas. Ora, se gostar do que faço me torna melhor, não gostar de algumas coisas, torna-me pior nessas coisas. Isso, aliado ao meu sentido crítico, fazem com que as coisas de que eu não gosto de fazer saiam sempre uma cagada. Bem podem, de fora, dizer: "não está assim tão mau" ou "para quem é, bacalhau basta", ou "já vi pior" ou ainda "vai chegar". Eu não quero que chegue, eu quero que seja excelente. E, venha de lá o mais pintado dizer-me o contrário, eu sei que estou longe de ser excelente nesta matéria. Não gosto disto, pronto, nada a fazer.

 

Não posso dizer do que se trata, mas os meus dias, ultimamente e sobretudo este fim-de-semana, passam por sentir-me um peixe fora de água ou, como ele diz, ando a patinar.

 

 

Espera-me uma noitada de saltos de carapau para o lodo.

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Alexandre Barata a 08.12.2013 às 16:57

Ninguém gosta/é pefeito em tudo :) logo o importante é saberes-te rodear de pessoas que sejam boas naquilo que tu não és, e haja sinergias entre a equipa.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 08.12.2013 às 17:01

As minhas meninas ainda não sabem fazer isto, e eu nunca colocaria tal responsabilidade em cima de ombros tão novinhos :)

No entanto...... tenho ajuda. Mesmo ao meu lado, e acima :)
Sem imagem de perfil

De Alexandre Barata a 08.12.2013 às 17:02

Isso é que é preciso ;) custa agora a fazer mas logo virão coisas mais interessantes, o tempo passa a correr!
Sem imagem de perfil

De André Jesus a 09.12.2013 às 14:45

Um peixe nunca é um peixe se apenas só viver dentro de água. A ruptura é o que nos faz gostar de nós mesmos.

Comentar post






Arquivo