Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Digitalização

por jonasnuts, em 22.04.13

Em 2009 digitalizei toda a minha música (auto-link).

 

Ficou na altura a promessa de digitalizar os meus DVDs. Ainda não foi desta.

 

Nos últimos tempos tenho-me dedicado a digitalizar todas as minhas cassetes de vídeo. E não, não me refiro às VHS com vídeos gravados da televisão. Refiro-me mesmo a todos os filmes que gravei com a câmara de vídeo.

 

Há uns mais difíceis que outros, do ponto de vista do conteúdos. Vídeos com os meus avós, com os meus cães, enfim.

 

Mas, tecnicamente, há uns, verdadeiramente mais difíceis que outros..... nem sempre as K7 ficaram guardadas e resguardadas, e muitas ganharam bolor ou lá o que raio aquilo é. Resultado, a fita parte, e cola e o raio que a parta, que parte.

 

Resultado..... abrir as K7, colar o bocado onde partiu e depois disso, descolar, milímetro a milímetro, com um palito e com uma pinça, metros e metros de fita, com muito cuidado, para não voltar a partir. Saio disto com um curso de restauro de filmes, de certeza.

 

Na semana passada gastei 3 dias a desenrolar metade de uma K7. Este fim-de-semana, mais uma (que ainda não consegui terminar).

Tenho mais 10 nas mesmas circunstâncias.

 

No final, vai ser preciso ordenar tudo, cronologicamente, e meter num MEO Kanal (privado, evidentemente), para partilhar com a família.

 

Feelings agridoces. É muito bom, mas alguns são muito difíceis.

 

E os putos crescem demasiado depressa.

 

Ainda não contabilizei a quantidade de espaço que vou ocupar, no final faço as contas e vejo quanto é que esta produção própria de conteúdos reverteria em direitos de autor para a AGECOP, em dupla tributação porque já paguei pelas K7, se a porcaria da revisão da lei da cópia privada

tivesse entrado em vigor.

Autoria e outros dados (tags, etc)



14 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Costa Neves a 22.04.2013 às 11:26

Olá Jonas,

Era interessante se pudesses partilhar a parte técnica. Que software usas para converter para digital?
E para arquivar?
E que hardware é necessário?
Tudo feito em casa?

:)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.04.2013 às 11:28

Como sabemos..... a parte técnica não é a minha praia :)
Uso a câmara de vídeo que tem uma saída zbroing e importo com o iMovie.

Mas eu vou pedir a quem pesca dessas cenas para vir aqui dar uma ajuda :) Nesse aspecto, eu só faço o que ele manda :)
Sem imagem de perfil

De João A. a 22.04.2013 às 11:47

Tenho para aí 100 cassettes VHS, gravadas da TV, que queria digitalizar para desocupar o espaço que ocupam. As fitas estão em bom estado físico, mas a tarefa é hercúlea.
Para começar, o videogravador tem apenas, naturalmente, saídas analógicas. Não confiei em placas digitalizadoras built-in nos computadores, normalmente têm fraca qualidade e ao fim de algum tempo de conversão começam a perder o sincronismo.
Comprei um conversor A/D externo para fazer o trabalho mais difícil e depois ligo ao mac pela entrada firewire. O problema é que tenho que estar presente para fiscalizar o processo: quando uma gravação termina e outra começa, o "salto" e ruído subjacente é considerado como erro pelo conversor que aborta a conversão. Tenho de lá estar para reiniciar a digitalização (e já agora para poder catalogar os conteúdos).
Cada videocassette tem 3 ou 4 horas de duração, o que desmotiva qualquer um. Ou seja, nos meus tempos livres, ficar fechado em casa a levar com seca de 3 ou 4 horas por cada cassette? I don't think so... e o monte de videocassettes jaz, inerte e desafiante, na minha sala...
Sem imagem de perfil

De Tuaregue a 22.04.2013 às 11:52

Basta ver quanto tempo é que demora o vídeo, e depois programa o tempo da gravação, no fim sempre podes editar o vídeo antes de gravar num dvd.
Sem imagem de perfil

De João A. a 22.04.2013 às 14:27

Não é possível porque com o "salto" o processo de gravação ou aborta ou fica out-of-sync.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.04.2013 às 11:53

Mas o que é que têm essas K7 de tão importante? :)
Sem imagem de perfil

De João A. a 22.04.2013 às 14:29

Concertos, documentários, raridades... incluindo muitas coisas que já não estão disponíveis hoje em dia.
Sem imagem de perfil

De Tuaregue a 22.04.2013 às 11:49

É o que estou a fazer, passar mais de 400 VHS e outros formatos para DVD mpg )
Uso um leitor de VHS normal ou uma câmara de vídeo para uma placa captura de vídeo da ROXIO e meto em MPG em boa qualidade através do programa ULEAD Vídeo Studio , não em formato DVD e por fim arquivo os dvd's numa pasta. catalogados numa folha excel ( nº da pasta, nº pagina, etc. ).
Qualidade DVD jamais, porque a qualidade depende muito do estado do VHS, é sempre mauzito, não há milagres.
Sem imagem de perfil

De Pedro Aniceto a 22.04.2013 às 18:21

Às vezes tenho saudades do "gesto técnico" como eu lhe chamava. Enfiar uma BIC no roller e andar à roda desenfreadamente até acabar de enrolar. Eu sei, são de video. Mas lembrei-me.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 23.04.2013 às 10:11

E neste caso em particular, a fita está colada, pelo que tem de ser descolada milimetricamente, com um palito. Mas há uma bic, na minha mesa de trabalho :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.04.2013 às 23:22

Não vale a pena digitalizares toda a tua música - visto que só gostas do totó e parolo do Tony Carreira e afins. Seria enfadonho.


MAC
Sem imagem de perfil

De João Pedro Lopes a 28.04.2013 às 10:28

Uma dúvida: como digitalizar um DVD?
Filmo com câmara de video super 8 e depois digitalizo?

Obrigado :)
Sem imagem de perfil

De Helder Carvalho a 12.05.2013 às 21:15

Quando for altura para digitalizar os DVDs não encontrarás melhor programa que este http://handbrake.fr/ ficas com um ficheiro de tamanho prático com a qualidade DVD

Comentar post






Arquivo