Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Poupar (Para quem tem um Kindle)

por jonasnuts, em 11.09.12

 

Uma das coisas em que eu disse que ia poupar, num post recente - livros.

 

Tenho um e-book reader, o Kindle, que recomendo vivamente e que permite o empréstimo de livros entre utilizadores (apenas para os livros cujas editoras autorizem o empréstimo).

 

O problema é que não conheço assim tanta gente que tenha um Kindle, e torna-se difícil encontrar livros para pedir emprestados.

 

Há um serviço que resolve este problema. Falei dele há pouco tempo, por motivos diversos (aqui - auto link), e esteve suspenso durante uns tempos, mas agora regressou.

 

Chama-se LendInk, e é basicamente um serviço de utilização gratuita em que qualquer pessoa que tenha um e-book reader (seja Kindle seja Nook), pode listar os livros que tem na sua biblioteca e que queira emprestar, e tem também pesquisa por livros de que andemos à procura. Portanto, eu mostro-te os meus e tu tu mostras-me os teus. Legal, obviamente.

 

Quem quiser pedir um livro emprestado, apenas tem de contactar o dono do livro, e o resto do processo é automático, fazendo uso das funcionalidades disponibilizadas pela Amazon (para o Kindle) ou da Barnes and Nobles (para o Nook).

 

Grande, grande ideia. Vou deixar de comprar livros com a mesma facilidade, mas não deixo de ler, o que me permitirá comprar apenas aqueles de que gostei e que quero ter na minha biblioteca pessoal para reler, ou para oferecer.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



13 comentários

Imagem de perfil

De Eduardo a 11.09.2012 às 13:15

Pois, é uma boa ideia mas que corre o risco de ser morta à cabeça. Olha só o que me apareceu quando tentei emprestar o Juliet, Naked do Nick Hornby "Sorry, this book is not lendable by the publisher"
Imagem de perfil

De jonasnuts a 11.09.2012 às 13:26

De toda a minha colecção, apenas um pode ser emprestado. É uma forma de conhecer outros autores :)
Sem imagem de perfil

De Alexandra Rolo a 11.09.2012 às 22:12

ui coisinha gira. vou já explorar e ver o que é que se encontra por lá e que eu ainda não tenha no meu kindle ^-^
Imagem de perfil

De Claudia Borralho a 12.09.2012 às 16:33

Quando recebi o Kindle e vi que havia a possibilidade de emprestar livros fiquei super entusiasmada, mas depois foi-se o entusiasmo todo ao constatar que nenhum dos livros que tinha comprado podiam ser emprestados....
Sem imagem de perfil

De rafael a 13.09.2012 às 03:34

ofereceram-me um Kobo recentemente (é tipo o irmão mais pobrezinho do kindle), mas ainda não me meti a comprar ebooks pois o aparelho já vinha com alguns e eu tenho-me dedicado a esses.

e duvido que vá comprar muitos mais livros sem ser em ebook, é que a nível de custos não tem nada a ver! e escuso de andar feito parvo à procura daquele que quero ou a fazer encomendas :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 13.09.2012 às 09:52

E olha que na Amazom há IMENSOS livros para Kindle que são grátis, mesmo em português :)
Sem imagem de perfil

De AF a 13.09.2012 às 22:29

Ei!Ei! Parente pobre, alto lá! O Kobo é muito fixe, hã!
E não sofre da maior parte das restrições que as versões mais "finas" sofrem: é EPUB, lê.

Agora, triste tempo este em que vivemos, quando ficamos entusiasmados com a ideia de podermos emprestar um livro que compramos.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 13.09.2012 às 22:31

Olha.... não tinha visto isso desse prisma.... de facto.... que triste tempo este em que vivemos.
Sem imagem de perfil

De Jose Costa a 13.09.2012 às 23:10

Como funciona o empréstimo? O livro é movido para o Kindle da outra pessoa? Depois como fazes para o recuperar?
Não sabia que dava para fazer isso.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 13.09.2012 às 23:18

Está londe de dar para todos os livros...... só para aqueles cujos editores e autores autorizem.

Mas, os que permitem, há a opção na Amazon para emprestar, e o empréstimo caduca ao fim de 15 dias. Não pode voltar a ser emprestado à mesma pessoa.
Imagem de perfil

De Claudia Borralho a 14.09.2012 às 14:01

Nunca pude experimentar mas em teoria, o ficheiro aparece disponível no kindle da pessoa a quem se empresta e durante 15 dias não está disponível para leitura no kindle de quem empresta.
Sem imagem de perfil

De AF a 14.09.2012 às 22:31

Funciona mais ou menos da forma que a jonasnuts e a claudia borralho explicam. (não tenho um Kindle)

Mas voltando à questão dos empréstimos únicos e datados... é mais uma daquelas coisas tristes. É um ficheiro informático, senhores (e senhoras)! É um monte de zeros e uns! Ninguém fica mais pobre por copiar o dito conjunto de bytes para outro lado... ao fim de tantos séculos, a nossa civilização conseguiu realmente "inventar" a multiplicação infinita sem custos, e o que faz com essa "invenção"? Carrega-lhe uma canga de restrições que na realidade não existem.

Como funciona o empréstimo? Mais ou menos como se o livro fosse físico, mas pior, porque nem se pode emprestar o mesmo livro à mesma pessoa duas vezes, por exemplo. Mas não é um livro físico. Tem possibilidades fantásticas, porque é um pedaço de informação. Mas infelizmente não querem que usufruamos de todo o seu potencial.
Sem imagem de perfil

De Alexandra a 17.09.2012 às 12:43

Bom dia,

provavelmente já todos conhecem mas há um site muito bom para e-books: o Projecto Gutenberg (e tem versões para Kindle). Existe há muitos anos e a base de dados é imensa e em várias línguas. Como são livros em domínio público a grande maioria são clássicos.

http://www.gutenberg.org/

não há motivo para deixar de ler por causa da crise :)

Comentar post






Arquivo