Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Alegadamente Streisand

Acho que o título do post é explicativo, mas a história conta-se em meia dúzia de linhas (e já há quem o tenha feito muitíssimo bem). Mas, lá está, para que o efeito Streisand se complete, the more the merrier.

 

No Blog Poupar Melhor foi escrito um post, nos idos de Novembro do ano passado um post inócuo, com a opinião (e links a fundamentar essa opinião), sobre um determinado "dispositivo que poupa combustível". O post não recebeu qualquer atenção, e teve meia dúzia de visitas.

 

Pois que a coisa começa a dar para o torto quando alguém, associado à marca, descobre o post, e (ab)usa os comentários para defender o seu produto. Até aí, nada contra, acho muito bem que as marcas intervenham e participem e apresentem os seus argumentos. Mas a coisa descambou com o(s) senhor(es) que alegadamente representava a marca (ou participava em nome da dita cuja) a optarem por um registo muito pouco cordial, quando perceberam que os autores do Blog não iriam mudar de opinião por dá cá aquela palha. E surgiram os mimos “você é Burro, só Teimoso oe tambem é tudo junto e Casmurro”. Ora, quando uma marca alegadamente trata assim uma pessoa, vê-se logo que o caldo está mais do que entornado.

 

Daí até o alojamento do blog ter sido contactado, foi rápido, e apesar dos donos do Blog terem retirado a imagem que parecia ser a razão de incómodo dos senhores (foi o que alegaram no pedido que enviaram ao responsável pelos servidores que alojam o Blog). Mas nem mesmo assim os senhores ficaram satisfeitos e os problemas persistem.

 

Encanita-me um bocadinho, que as marcas não respeitem a opinião das pessoas. Encanita-me por motivos pessoais e por motivos sociais. Encanita-me mais ainda que as marcas sejam suficientemente burras, alegadamente, claro, para não terem ainda percebido que quanto mais espadanarem de forma abusiva, pior é. Um post que teria passado relativamente despercebido, ganha uma relevância e uma amplificação que, se tivessem ficado quietinhos, nunca aconteceria.

 

Faz-me lembrar um episódio que se passou comigo há uns anos, aqui neste Blog. Enfim, os que acompanham há mais tempo estarão recordados. Este Blog recebe meia dúzia de visitas, e de repente, durante o período duma semana....... a coisa disparou.

 

 

Vamos ver no que dá, tenho sempre muita curiosidade acerca destes temas.

 

Sei que a coisa já está a chamar a atenção, e ainda bem.

 

Os mais curiosos podem espreitar aqui e aqui.

 

E para os realmente curiosos, dando-se o caso do post original desaparecer da origem, aqui fica ele, devidamente linkado

Num mundo em que os combustíveis são cada vez mais caros, surgem facilmente vendedores da banha da cobra, a dizerem que têm uma solução milagrosa para o problema. O caso do Molecoiso surge-nos por intermédio de um amigo, que solicitou a nossa impressão, depois de o ter visto à venda num site de classificados. Nesse site há dois links, um para este site que parece promover directamente o produto, e outro para uma página do Facebook, onde tem alguns testemunhos. Daí até o que é a página oficial do produto em Portugal, é um passo.

O problema destes produtos é que exageram na poupança que reclamam… A primeira impressão logo que vi o anúncio de poupança de “até 20% no combustível” foi a de “porque é que os construtores ainda não se lembraram disto“? Uma pesquisa rápida na Internet revela que até em Portugal já se descobriu que é banha da cobra. Outros utilizadores que o experimentaram chegaram à mesma conclusão. Mas testes efectuados por um site da especialidade revela que este produto, tal como outros, não aquece nem arrefece.

Mas, o mais giro, é ir à página do fabricante, e ver que o produto “Molecoiso Fuel Saver” já foi descontinuado. Porque será, se é assim tão bom?

 

3 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D