Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Dar (divulguem por favor)

por jonasnuts, em 16.06.12

Depois do enorme sucesso duma acção de recolha de dadores de medula de que já falei aqui, ficou a vontade de repetir a dose. Afinal de contas, a tal acção já tinha 3 anos, estava na altura de insistir.

 

Contactámos o CEDACE, sempre impecável, e descobrimos que havia mais, na PT, quem tivesse a mesma ideia. The more the merrier.

 

A Fundação PT estava a preparar, exactamente para a mesma altura, uma acção de recolha, mas desta feita, aberta a todos. Excelente.

 

Assim, no próximo dia 19 de Junho (terça-feira), quem quiser inscrever-se como dador de medula, pode fazê-lo, bastando para o efeito que passe no Fórum Picoas, entre as 10h00 e as 15h00, e tem uma equipa do CEDACE à disposição. Vai haver sinalética, para indicar exactamente onde é, mas ficam já a saber que é no Salão Nobre do Fórum Picoas. Estão todos convidados.

 

Inscrever-se como dador de medula não custa nada. Consiste em preencher um formulário, e recolher uma amostra de sangue. Não é no momento do registo que se recolhe a medula. O sangue é analisado e arquivado, e fica disponível numa base de dados que é consultada por todos os que precisam, quando andam à procura de dadores compatíveis. Só havendo uma pessoa compatível necessitada de uma doação é que somos contactados para doar mesmo a medula.

 

Há alguns factores de exclusão, mas a equipa do CEDACE faz essa selecção no momento da recolha da amostra de sangue.

Ainda assim, ficam a saber que pode participar quem:
 - Tenha entre 18 e 45 anos.

 - Seja saudável.

 - Tenha pelo menos 50Kg.

 - Não tenha recebido uma transfusão de sangue desde 1980.

 

Se houver alguma dúvida, perguntem, que eu, não sendo especialista na matéria, tentarei responder.

 

Tenho 2 colegas que, na sequência da acção de recolha de há 3 anos, se tornaram efectivamente doadores. A descrição que me fazem da sensação de saberem que contribuíram para salvar a vida duma pessoa (que não conhecem nem sabem quem é) é extraordinária. Faz-me ter pena de, apesar de estar registado há muitos anos, nunca ter sido chamada.

 

Deve ser uma sensação do caraças. Saber que se contribuiu para salvar a vida duma pessoa.

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Leitão a 16.06.2012 às 12:57

Não tenha recebido nenhuma transfusão desde 1980? Basicamente isso significa que quem tenha até 32 anos nunca pode ter recebido uma transfusão na vida para se qualificar. Não estou a perceber a cena...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 16.06.2012 às 13:04

Bom, eu tenho 43 e nunca recebi uma transfusão :)

Não sei quais são as razões para que este factor de exclusão exista........ mas se está lá, é por uma boa causa.
Sem imagem de perfil

De Patrícia Lousinha a 16.06.2012 às 13:04

É de facto uma sensação do caraças, sim.
E não dói.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 16.06.2012 às 13:05

Se eu, que nunca doei, e apenas ajudei a montar a acção de recolha, me senti extraordinariamente bem com a coisa, imagino (ou gostava de imaginar) a sensação de quem realmente dá.

E sim, nesse aspecto os meus 2 colegas (um home e uma mulher) concordam, não doi absolutamente nada.
Sem imagem de perfil

De Pedro Calção a 19.06.2012 às 15:04

Obrigado pela divulgação! :D

Já está, o processo é mesmo muito rápido.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.06.2012 às 15:42

E indolor :)

Obrigada por participar. :)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.06.2012 às 12:57

E que tal organizarem algo do género em Coimbra? Como posso ajudar?

Comentar post






Arquivo