Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Saí de Carcavelos às 9h00 da manhã, como habitualmente, fui pôr o puto à escola. 1 hora e 45 minutos mais tarde, estava no Marquês de Pombal, na rotunda propriamente dita, era a primeira no semáforo vermelho, atrás de mim tinha uma mota da polícia (uma motinha, não era um motão).

Abre o sinal, e lá vou eu, que estou farta de trânsito. Eis senão quando vejo vir da minha direita (portanto, passando um sinal vermelho), uma caramela num matiz preto, que me abriga a uma travagem daquelas (o ABS funciona sim senhor), e nem sei como é que o polícia não bateu na traseira do meu carro.

Apitadela. A senhora nem olha. Azar. Pára no semáforo.
Noutras circunstâncias eu limitar-me-ia a maldizê-la, e a chamar-lhe nomes para dentro (que eu não sou de chamar nomes aos outros condutores, pelo menos não o faço publicamente). No entanto, o desplante da mulherzinha, que nem desculpas pediu, começa a tirar-me do sério.

Quando ela olha pelo retrovisor e começa a pentear-se, foi a primeira gota no copo de água.

Saio do carro, vou direita ao carro dela (janela dela meia aberta) e digo:

- A senhora viu que passou um sinal vermelho e que íamos batendo?

(entretanto abre o sinal verde e os carros começam a apitar e a ir passando como podem, o polícia continua atrás de mim a ver a cena).
A mulherzinha, à minha pergunta, tem o desplante de responder:

- Não faz mal. Se eu bater o meu marido paga.

Prontos (como soe dizer-se). Saltou-me a tampa.

Vou direitinha à parte da frente do carro dela, mando um murro no capô (é um matiz, o material é de fraca qualidade, ou pelo menos assim pareceu).
Deixo-lhe uma amolgadela no capô e digo-lhe que já pode pedir ao marido para pagar.

Regresso ao meu carro, vejo o polícia a olhar para mim, hesito um momento para ver se ele quer pedir-me alguma coisa, vejo que não, entro no carro e sigo, vendo pelo retrovisor a "madama" a sair do carro para ir avaliar o estrago.

São estas mulherezinhas que contribuem largamente para o "prestígio" das mulheres ao volante.

Já eu, contribuo de outra forma.

Autoria e outros dados (tags, etc)



9 comentários

De ruizocas a 27.06.2006 às 15:36

Sem imagem de perfil

De Carlos Andrade a 27.06.2006 às 17:55

O mais estranho nesta história toda é o polícia não ter passado multa a uma e levado outra para a esquadra.
É a autoridade que temos...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 27.06.2006 às 18:19

eu era multada ou levada para a esquadra? :)
Imagem de perfil

De johnnythunder a 12.10.2006 às 20:13

É cá das minhas...mas não abuse dessas "démarches". Quanto ao ilustre companheiro que achou estranho "a atitude" do sr. polícia, deve estar a estagiar em portugal ... CÁMONE???
P.S. Gostava de a conhecer!
Sem imagem de perfil

De netshark a 28.06.2006 às 10:05

Jonas verdadeiramente nuts ... P Deve ter sido um momento lírico . Bem só te digo uma coisa. Falam que os homens são machistas, mas então e as mulheres como essa que estendem um tapete vermelho ao machismo? É um exemplo clássico da espécie "tia de cascais" tius cascadis ). Normalmente este espécie encontra-se a gastar os recursos que o macho reuniu ou lhe deixou como herança. O que me preocupa verdadeiramente é que essa gentinha esta cada vez mais infiltrada nos centros de decisão e poder deste pais. O resultado é termos um mundo surreal criado com a ajuda das tias e derivados/associados, cada vez mais afastado do Portugal Real. Um dia isso vai arrebentar tudo...depois acho que vai ter gente a querer morrer lol .

Alex
Imagem de perfil

De jonasnuts a 28.06.2006 às 13:27

Tendo em conta que um Mariz é um carro baratucho, esta tia devia ser ali de chelas2.
Sem imagem de perfil

De Esteva a 29.06.2006 às 16:26

FIcaste na minha lista de gente boa!
Imagem de perfil

De pecus a 01.07.2006 às 11:33

Genial! :D
O coitado do Polícia deve-se ter pirado também a seguir senão a gaja ainda lhe fazia folha também... Há malta muito doida a conduzir, gajas e gajos, mas os que eu gosto mais é os que conduzem como se a nós não estivéssemos lá, e o nosso carro muito menos.

Há uns tempos atrás escrevi sobre a minha teoria dos piscas em Portugal e como estão relacionados por exemplo com o acelerador, principalmente quando queremos mudar de faixa! ;)
Enfim... no final é tudo uma questão de civismo ou a falta dele.

Mas gostava de te ter visto a esmurrar o Matiz!
Genial...
Sem imagem de perfil

De ADzibu a 07.07.2006 às 00:22

09:00+1:45= ONZE menus ¼ ???
no Marquês?!?!

Comentar post






Arquivo