Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo




Daqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Nelson Cruz a 11.01.2012 às 00:38

Até há exemplos anteriores. Os autores começaram logo por se queixar das pianolas e as fitas q as faziam tocar sozinhas. Ainda hoje a taxa fixa que os artistas pagam para cantar, tocar e gravar, uma música de terceiros vem daí. Nos EUA ainda lhe chamam "mechanical rights".

E muito antes disso já os livreiros de Londres se queixaram que iriam à falência com a criação das bibliotecas públicas. Esta malta é pior a prever o futuro q os profetas q ditam o "fim do mundo" a cada meia-dúzia de anos. E ainda se acredita neles!
Sem imagem de perfil

De Ognito a 11.01.2012 às 16:07

A Sociedade Portuguesa de autores devia pagar uma taxa de cada vez que publica o que quer que seja utilizando a língua portuguesa que a SPA não criou nem ajudou a criar e cujos direitos não detém. E devia pagar se o fizesse em papel, que também não criou, ou na internet, que também não criou e assim por diante. É incrível que não paguem direitos por esses meios todos que usam livre e impunemente utilizando simultaneamente uma sofisticada ferramenta (a língua) sem pagar por isso .... Agora vou gamar a foto acima :)
Sem imagem de perfil

De AB a 11.01.2012 às 23:30

Bolas Jonas, que depois de seguir os links vi que a coisa é pior do que eu pensava. Mas não difere do que já disse; é um imposto, disfarçado de outra coisa.
Há coisas que não percebo. No caso dos filmes, presumo que os pirateados sejam 99,99% anglo-americanos. A SPA vai pagar a esses ou assume patrióticamente que só pirateamos material nacional?
O IVA sobre uma taxa deve ser inconstitucional, como o era sobre o ISV. Como é que isso passa o TC?
Isto na práctica é uma licença para piratear tudo, não é?
E finalmente, que mal fizémos nós a estes políticos? Votámos, pagamos-lhes o ordenado, mais as negociatas obscuras, aparamos os défices, as PPPs, e eles é só porrada em cima do pessoal? Não seria melhor eleger alguém que gostasse um pouquinho mais dos Portugueses? Um estrangeiro, talvez?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 12.01.2012 às 08:34

Está longe de ser realidade a premissa de que todos os devices virgens comprados sejam para copiar (legalmente - cópia privada) material protegido por copyright, mas é isto que nos querem empurrar para cima.

Nada disto tem a ver com pirataria, embora esse seja o argumento apontado pelos senhores da spa, para que esta lei (62/9) seja actualizada.

Quanto aos estrangeiros que gostem de n´s..... já cá temos a troika não é? A julgar pelos resultados, não me parece que seja uma opção.

Basicamente, estamos entregues à bicharada, nacional e estrangeira.

É o salve-se quem puder.

Comentar post






Arquivo