Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Terapia da fala

por jonasnuts, em 20.05.11

O título deste post não é um trocadilho.

 

Aqui há uns tempos, mais precisamente em Outubro, no âmbito duma reunião informal da família SAPO, participei numa banda que pegou em várias músicas conhecidas, mudou-lhes as letras para que melhor se enquadrassem no dia-a-dia da empresa, e no final, demos um espectáculo no tal encontro.

 

Ora, esta brincadeira foi levada a sério por todos os que nela participaram, e meteu ensaios de mais de um mês antes da coisa. Eu não sei tocar instrumentos (e também não sei cantar, mas isso agora não interessa para nada).

 

Fiz algumas das letras, e cantei as músicas todas, umas como voz principal, outras como coro. Again, reforço que, não desafinando por aí além, não tenho grande voz, mas a coisa não era para ser um espectáculo musical, era para ser divertido. E foi.

 

Gosto de trabalhar numa empresa que me deixa tirar umas horas para ensaiar com a banda. Os ensaios foram aqui no SAPO, na sala Geek. E fazíamos uma barulheira desgraçada. Foi muito bom. O nome da banda foi escolhido de propósito para o evento. Os M-Recos.

 

Isto tudo para chegar adonde? Eu não sei cantar, mas ninguém poderá dizer que não me esforço. Fruto de um mês de ensaios e de um glorioso espectáculo, fiquei rouca. Ok, normal, pensei eu, esforçaste a voz, agora pagas o preço.

 

6 meses depois, ainda estou rouca. É uma desgraça. Não posso cantar no banho. As notas mais agudas saem ao lado. Não posso falar mais alto, saem-me fífias pela boca fora.

 

Fui ao médico. Sim senhor, tem aqui uma corda vocal toda estraçalhada. Não há medicamentos nem comprimidos. Vai ter de repousar a voz (medo, logo eu que falo pelos cotovelos) e vai ter de fazer terapia da fala. Seja.

 

Esta manhã lá fui eu marcar a terapia da fala. O médico que me tocou chama-se Tiago Querido. Não sei que diga. Assim como assim, não posso dizer nada. Não sei se será bom ou mau presságio.

 

Seja como for, podem acusar-me de muita coisa, mas não me podem acusar de não dar tudo o que tenho (e, aparentemente, o que não tenho), em palco :)

 

O pessoal que trabalha comigo deve estar a gostar desta notícia. Pelo menos por uns tempos, vou ter de andar mais caladinha. Deve ser um alívio :)

Autoria e outros dados (tags, etc)



1 comentário

Imagem de perfil

De Ventania a 20.05.2011 às 12:35

Já disse que quero ir trabalhar para o Sapo? Abre lá concurso, vá lááá... Prometo tolerar o vernáculo (até onde me for possível) e tudo! ;)
As melhoras!

Comentar post






Arquivo