Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Je suis française

por jonasnuts, em 19.01.11

O título é uma private joke familiar, mas de fácil explicação. Tem a ver com os arrepios que sentimos, sempre que lá fora ou cá dentro é notícia um qualquer tuga, a fazer disparates, ou uma coisa muito bacoca. Tipo, comer bolo-rei de boca aberta, ou mostrar orgulhosamente o napperon de crochet em cima da televisão, ou falar inglês (mau ou bom, não interessa) para armar aos cucos, em vez de falar no nosso português. Chateiam-me os nossos hábitos de chico-espertice, de acharmos que somos mais espertos que os outros mas, lá no fundo, lá no fundo, nos sentirmos inferiores.

 

Há muitos casos em que digo, je suis française.

 

O último é esta cena das cinzas no metro de Nova Iorque. Ontem fiz um tweet que sintetiza mais ou menos a coisa:

 

"A imagem q esta merda deixa dos tugas: matam-se uns aos outros à saca-rolhada, mutilam e depois deitam as cinzas para cima do povo.".

 

Melhor que eu, a Mac explica este sentimento.

 

E eu nem gosto particularmente de franceses, mas há dias em que, de facto, je suis française.

Autoria e outros dados (tags, etc)



19 comentários

Sem imagem de perfil

De I. a 19.01.2011 às 11:57

Nestes casos, eu preferia ser sudanesa, que sempre tinha motivos para pedir asilo político a uma nação civilizada...

(foi um no-jo. eu ando de metro, tá? respeitinho pelos utentes!)
Sem imagem de perfil

De Pedro Cardoso a 19.01.2011 às 14:08

Há portugueses que fazem figuras tristes? Sem dúvida. Tal como o fazem pessoas de qualquer outra nacionalidade.

Contrariamente ao que se achamos, não temos o exclusivo da parvoíce.

Eu sou português.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.01.2011 às 15:15

Mas se forem de outra nacionalidade, não me toca a mim.

Da próxima vez que me perguntarem de onde sou e eu responder que sou portuguesa, corro o risco de me perguntarem se o meu hotel tem saca-rolhas, ou se é seguro andar de metro enquanto eu ali estiver.

Ninguém tem o exclusivo da parvoíce, nem é isso que eu digo no meu post.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 23.01.2011 às 21:27

Nao te preocupes que ninguem te vai dizer nada se disseres que és portuguesa. O teu comentario revela um bocado que estás demasiado exposta as preocupacoes portuguesas de tal modo que achas que a cena do c castro teve alguma reprecursao verdadeira quer para portugal quer para os portugueses.

Eu vivo em Berlim de momento e a cena do castro passou um dia num jornal de escandalos aqui como passou no nypost 2 ou3 dias e morreu.

Eu gosto muito da cultura francesa e tanto assim é que vou morar para o quebec dentro de meses, mas dizer que se é de outra nacionalidade que a nossa (uma nacionalidade por acaso querida no mundo, ao contrario da norte americana, ou da gra bretanha por exemplo que tem muitos inimigos no mundo) é um enorme complexo de inferioridade.

tás a mostrar afinal a parte provinciana da alma tuga que criticas. desculpa la, ja sei que so tas habituada a elogios.
Sem imagem de perfil

De Helena a 19.01.2011 às 15:00

Eu imagino que aquele respiradouro tenha antecâmaras e coisas assim. Não pode ser um mero buraco aberto por cima das plataformas das estações, pois não?
Por favor, apareça aí algum engenheiro de NY a dizer que não.
O que me incomodou mais foi aquela cena de uma das mulheres a sacudir do seu casaco as cinzas do irmão. Que coisa sórdida!
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.01.2011 às 15:16

Sacudir o irmão não me parece mal, desde que não o façam para cima de terceiros......

Respeito os rituais que cada um escolhe, desde que não provoquem caspa :)
Sem imagem de perfil

De Marco a 19.01.2011 às 16:34

OMG! :D

Os comentários estão a precisar de um botão "Gosto disto"...
Imagem de perfil

De jv a 19.01.2011 às 20:08

Oh Jonas, I LOVE PARIS!

Estive lá em Maio, e de hoje a oito dias, vou para lá.

É mais barato ir na Ryanair até à cidade mais bonita do mundo, do que ir no Inter-Cidades à cidade dos alfacinhas e dos mouros, ver aquele triste espectáculo: os novos-pobres a dormir dentro de cartões no Rossio.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.01.2011 às 20:15

Eu de Paris, não sei se gosto se não, estive lá 3 vezes, sempre de fugida e de passagem. De quem não sou muito fã é dos franceses :)
Imagem de perfil

De jv a 19.01.2011 às 20:38

Não gostas tu, mas gosto eu e muito das francesas - as jeitosinhas...claro!

Já as francesinhas são picantes de mais para beber com meia-de-leite.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.01.2011 às 20:51

Francesinhas. Hoje ia lançada para comer uma francesinha, e a porra do Corte Oinglês deixou de tê-las no menu. :/
Sem imagem de perfil

De Joaquim Santos a 20.01.2011 às 12:26

Não me admira.
Franceses e Ingleses nunca se deram muito bem.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.01.2011 às 13:10

ehehehehe e mete os espanhóis aí pelo meio, que é Inglês, mas na realidade é Espanhol :)
Sem imagem de perfil

De Francisco Pereira a 21.01.2011 às 17:51

Isto é de facto de uma falta de respeito e egoísmo, mas não me admira nada a atitude das irmãs do Sr. Somos um bocado assim, olhamos para o nosso umbigo, fazemos aquilo que achamos e os outros que se lixem, esta a imagem dos Portugueses, visto de dentro para dentro. É nas filas de trânsito, é nos estacionamentos. Deviam ter apanhado era com uma corrente de ar e o efeito cinzas ter voltado para trás, pode ser que ficassem com o irmão dentro delas
Sem imagem de perfil

De AB a 22.01.2011 às 14:22

Eu que ando sempre fora dessas coisas, expliquem-e lá sff porque cargas de água foram despejar as cinzas no metro? No mar, no rio, no alto duma montanha, compreendo. No metro?
Imagem de perfil

De PortoMaravilha a 22.01.2011 às 22:06

Fazer generalidades sobre um povo é sempre perigoso.

Quem são a Amália e o Eusébio ?

Para informação : A França é o único país Europeu que propõe o ensino da língua e culturas lusófonas no seu ensino público. ( creio que agora está a haver a Espanha )

A França é o primeiro país europeu que mais traduções têm de obras Portuguesas, o país que mais filmes Portugueses difunde, o país que mais forma especialistas Portugueses ( cardiologia, engenharia civil ...

Isto dito, há Franceses que não são agradáveis. As generalidades são, pois, perigosas.

Eu gosto do meu país e quem nele vive compreende porque é o país que está no topo da qualidade de vida.

Porque quanto tempo não sei visto haverem grandes ataques contra o sistema público ( saúde, ensino, etc. )

Se a França é incontestavelmente o primeiro destino turístico do mundo, é também porque há quem venha passar férias hospitalares a França. Que o digam os Espanhóis, Ingleses... que não precisam de fazer fila de meses para serem operados das ancas...

Mas, falando de coisas menos tristes, Paris continua a Capital Cultural do Mundo. A cidade que tem mais cinemas, mais teatros, museus...

E já agora que se lembra a exposição fora de série dos quadros de Monet, em curso actualmente. Monet que marcou toda a arte do século XX, mostrando a importância da cor. As filas duram 6 horas e as pessoas esperam. E eles vêm do mundo inteiro.

E que pensar do Liceu Louis Le Grand ( ainda público por agora ) onde mais de vinte línguas são ensinadas ?

Nuno



Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.01.2011 às 22:31

Generalizar é, de facto, perigoso.

O que me irrita nos franceses (generalizando) é o facto de acharem sempre que são melhores que os outros :)
Imagem de perfil

De PortoMaravilha a 23.01.2011 às 22:00

Tá ok ! E os direitos universais da mulher e do homem irritam-te ?

A lei da laicidade irrita-te ?

Nuno









Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.01.2011 às 10:42

O que me irrita é acharem-se melhores do que os outros e geralmente não o serem!

Comentar post






Arquivo