Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Primeiro o disclaimer. De vez em quando faço um disclaimer, para que não haja dúvidas, nem restem desconfortos. Este blog é meu, é pessoal, e não reflecte necessariamente as opiniões de terceiros, nomeadamente da empresa onde trabalho (neste caso em particular, há até muitas coisas em que não reflecte de todo). É a minha opinião pessoal, e mais nada que isso.

 

Pronto, ficou feito o disclaimer, bora lá.

 

Gosto do Jornal A Bola. Gosto, quanto mais não seja porque, os que me conhecem sabem, sou Benfiquista ferrenha. Temos de gostar de quem defende os nossos. Não se portaram nada bem no episódio José Diogo Quintela/Miguel Sousa Tavares, e isso abalou a minha fé. Mas continuei, esporadicamente, a visitar o site.

 

Ontem fizeram-me chegar uma "notícia" da Bola em que os senhores escrevem preto no branco "Não há site português mais lido no Mundo – com acessos a partir de todos os pontos do planeta. A BOLA online manteve, em Novembro, a liderança da tabela Netscope, sistema de medição de tráfego tutelado pela Marktest."

 

Ora eu, que conheço os números e acompanho os relatórios mensais do Nestcope, estranhei. Que raio..... deixa lá ver que hecatombe aconteceu, para que o SAPO tivesse perdido a liderança.

 

Fui ver, era uma falácia.

 

Os senhores decidem, em primeiro lugar, destacar os pageviews (que é o número de páginas vistas) e não o número de visitas. Claro, no número de visitas, a Homepage do SAPO está bem à frente. Mas, não é só. Querem comparar as coisas como deve ser? Então comparem a Homepage da Bola com a Homepage do SAPO. Ou, se não têm os dados únicos da Homepage da Bola (têm, mas não interessa, pois não?), comparem a Homepage do SAPO, mais o SAPO Notícias, mais o SAPO Desporto. Nem vou mais longe, não acrescento outros conteúdos (Mulher, Meteorologia, Cinema, Música e, longe de mim acrescentar os serviços).

 

Não querem dar-se ao trabalho? Não precisam, eu faço-vos a papinha.

 

No mês de Novembro, a Bola teve, de acordo com o Netscope 111116203 pageviews

No mesmo mês de Novembro, a Homepage do SAPO, mais o SAPO Notícias mais o SAPO Desporto tiveram 123.623.345 pageviews.

 

Pessoalmente acho a concorrência uma ferramenta indispensável para o bom funcionamento desta indústria, pelo que seria com satisfação que eu veria a Bola (ou outro qualquer) a morder os calcanhares do SAPO. Mas, senhores da Bola, só conseguirão morder-nos os calcanhares se tiverem qualidade, e não é com notícias enganadoras que o conseguem fazer.

 

Com este tipo de notícias só conseguem morder a vossa credibilidade. Não os calcanhares do SAPO.

Autoria e outros dados (tags, etc)



32 comentários

Sem imagem de perfil

De Arzebiu a 14.01.2011 às 11:17

Isso também depende da perspectiva. A homepage SAPO e o Sapo Desporto, são só um site ou dois sites diferentes? Na minha óptica são dois sites diferentes, pertencentes ao mesmo grupo.

Penso que se para passar o site da bola tens de juntar vários sites do Sapo, eles têm o seu mérito. Claro que isto não é tão só uma mostra de qualidade, mas mais de cultura do nosso país... onde o futebol é rei e senhor.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 11:22

Sem retirar mérito a quem quer que seja, apenas pretendi comparar o que é comparável.

Eles têm uma Homepage, notícias de desporto e notícias gerais.

O SAPO tem uma Homepage, notícias de desporto (desporto.sapo.pt) e notícias gerais (noticias.sapo.pt). Só somei o que permite comparar.

Não somei todos os pageviews do SAPO, porque isso seria uma comparação injusta, e seria cometer o mesmo erro que eles cometem :)
Sem imagem de perfil

De Miguel Paiva a 14.01.2011 às 11:21

Sou daqueles que não compra jornais desportivos há muitos anos, mas que passa por vezes pelos sites do Record e do Jogo.
Curiosamente nunca vou ao site da Bola, pois trata-se de um jornal sem o mínimo de isenção quanto aquilo que escreve, como bem reconhece a autora ao referir que gosta dele pela circunstância de dizer bem do clube da sua preferência.
Feito o ponto prévio, este post é extremanente curioso e mostra bem a natureza humana. Enquanto que as "notícias" da Bola serviam para acariciar o ego benfiquista da autora, mesmo em momentos em que a própria, num exame mais profundo de consciência, sabia serem tendenciosas (digo eu), tudo estava bem. Agora, quando a mesmíssima Bola, alicerçada nos mesmíssimos critérios que segue na forma como constrói as "notícias" do seu core business (o futebol) aparece a dar notícias sobre uma matéria em que a autora é especialista, então tudo se desmorona.
A autora conclui o seu post dizendo "Com este tipo de notícias só conseguem morder a vossa credibilidade. Não os calcanhares do SAPO". Erro, minha cara Maria João. A verdade é que a Bola nunca foi credível e este é apenas um minusculo exemplo disso mesmo.

Miguel Paiva
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 11:27

O facto de "gostar" da bola por ser do Benfica não significa que compre (ou tenha comprado) o jornal. É muito raro comprar jornais, consulto alguns, online :)

A referência ao meu clube, serviu apenas para aligeirar o tom (e eu não perco uma oportunidade de falar do Benfica Glorioso Cube mais Lindo do Mundo e Mais Além :)

Mas tem razão.... nunca liguei muito, apenas me divertiam os títulos da 1ª página, e enquanto não me beliscaram as preferências, não referi o tema, agora, com esta notícia, colidiram com uma ára que domino (mais ou menos, vá), e eu buzinei.

Seja como for, ao menos disse que sabia, antes desta notícia, que não se tratava dum órgão credível :)

Imagem de perfil

De Pedro Figueiredo a 14.01.2011 às 11:44

Sobre o tópico principal do post não vou fazer qualquer comentário, precisamente por ser uma área que não domino, nem tão-pouco tenho conhecimento dos números referidos. No entanto, e porque colocam em causa a honestidade e o profissionalismo dos que trabalham no jornal A Bola, lamento profundamente que seja esse o vosso entendimento. Em primeiro lugar, porque não é verdade. Em segundo, porque o perigo das generalizações é este mesmo: ser-se injusto ao classificar a floresta pela árvore.
Proponho que coloquem os interesses clubísticos de lado e leiam o jornal como eu, por exemplo, leio os generalistas sem catalogar politicamente quem escreve sobre política. A opinião está bem explícita nas suas secções no jornal e, como se sabe, a crónica de jogo sempre foi, é e continuará a ser uma forma subjectiva de analisar o encontrar.
Porém, e nunca se esqueçam disso, futebol E OUTRAS MODALIDADES é muito mais do que o penalty não assinalado (e que deveria ser, ou vice-versa) ou o 4x3x3 e a bola na trave.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 11:53

Sim, as generalizações são perigosas, mas eu, que não conheço a pessoa que escreveu o artigo, tenho de concentrar-me no título, A Bola. A notícia está assinada por "Redacção". É a entidade A Bola que confere credibilidade (ou não) a todos os que lá escrevem (e, alguns, através do seu prestígio retribuem essa credibilidade). Refiro-me ao Jornal A Bola, na sua essência, e não aos que lá escrevem em particular.

Se a notícia estivesse assinada, talvez a minha abordagem tivesse sido diferente. Não sei, para ser sincera :)
Imagem de perfil

De Pedro Figueiredo a 14.01.2011 às 12:10

Maria João:

Comecei por dizer que a razão do meu comentário não era o post (e muito menos a notícia que deu origem ao post). Não comento porque não tenho os números, não sabendo portanto fazer a análise exigida. Lamentei, isso sim, a ideia pré-concebida com a generalização feita, principalmente pelo comentário do Miguel. Não sei qual é o seu clube de preferência, mas já deu para ver que não é certamente o Benfica. Não sendo, aconselho-o a ler o que A Bola escreve sobre o Sporting ou o FC Porto para saber se mantém a mesma ideia. Não creio que, sequer, alguma vez o tenha feito para estar a escrever o que escreve. É que há uma tendência grave para julgar que todos os jornalistas de A Bola são benfiquistas e isso está longe de ser a verdade e, mais importante ainda, ser o que define A Bola como jornal. Além do mais, por muito que custe a muita gente, A Bola sempre foi e ainda é a maior referência do jornalismo desportivo nacional. E para provar ao Miguel que as generalizações são perigosas, conheço muitos portistas (alguns até ex-dirigentes e antigos atletas) e sportinguistas que SÓ gostam de ler A Bola.
Sem imagem de perfil

De Miguel Paiva a 14.01.2011 às 16:07

A minha crítica ao jornal A Bola é praticamente idêntica à que faço aos restantes jornais desportivos, o que me leva a não comprar nenhum deles há muitos anos. Como diz um bom amigo, o melhor jornal desportivo do país ainda continua a ser o Expresso!
Quer exemplos que o ajudem a perceber a minha opinião? Dou-lhe dois que ilustram bem o meu pensamento.
1 - No dia seguinte à vitória de Nelson Évora nos Jogos Olímpicos de Pequim, um dos maiores feitos desportivos da história do desporto português, A Bola, bem como os restantes jornais desportivos não dedicavam mais do que escassas notas de rodapé (superior, inferior ou lateral, mas sempre rodapé) ao assunto, deixando os principais destaques das respectivas edições para assuntos menores como sejam as habituais tricas de balneário e afins.
2 - Há dias um clube português foi eleito como o melhor do mundo no mês de Dezembro. O que dizia a notícia da Bola sobre o assunto? Pura e simplesmente omitia essa informação, preferindo dar ânfase à classificação desse mesmo clube no agregado do total do ano 2010 (que não era o primeiro lugar, obviamente).
Independentemente da simpatia clubistica, que não me parece importante pelo tipo de exemplos que dei, creio que este tipo de situações justificam que não seja possível atribuir a menor credibilidade a um jornal como A Bola.
Há quem goste? Acredito que sim e não critico, pois cada um tem o direito de gostar do que bem entender.
Sem imagem de perfil

De J. Pedro Assis a 14.01.2011 às 11:49

Não entendi muito bem este post. Se o netscope divide o Sapo em vários sites porque havia a bola de os juntar para dar notícia? A entidade que cria o ranking analisa o sapo como um conjunto de vários sites e a bola devia fazer o contrário? Não vejo lógica nisso. Além disto, eles não analisaram apenas as pageviews. Nessa mesma notícia falam do ranking de pageviews e do ranking de visitas.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 11:55

Não é a entidade que cria o ranking que determina a divisão, são os sites que indicam como é que querem ser medidos, tanto quanto sei.

A notícia é toda ela acerca dos pageviews, e dedica um pequeno período às visitas.

A questão é que, na minha opinião, não podemos comparar alhos com bugalhos.
Sem imagem de perfil

De J. Pedro Assis a 14.01.2011 às 11:58

Portanto, a própria Sapo decidiu ser "medida" assim e devia ser a bola na sua notícia a alterar isso? Não me parece que faça sentido. A notícia não engana ninguém. Publicitam o que os faz maiores e não deixa de falar no resto, apresentando o ranking das visitas também. Não vejo tanta gravidade assim nisso.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 12:07

Discordamos, o que não é necessariamente mau :)

Eles não publicitam o que os faz maiores. Eles disponibilizam uma série de conteúdos que recebe x pageviews.
Se querem dizer que são líderes vão ter de medir a concorrência, para a mesma série de conteúdos.

É só isso que eu digo.

Homepage da Bola + Notícias Desportivas + Notícias Gerais comparadas com Hopmepage do SAPO, Notícias Desportivas do SAPO e Notícias Gerais do SAPO.

Não é difícil, demorei 20 segundos a fazer as contas, com base nos dados disponibilizados publicamente pelo netscope :)
Sem imagem de perfil

De João Lúcio a 14.01.2011 às 13:22

Concordo com o J. Pedro Assis. Se é o próprio SAPO que quer ser medido às postas, porque tem A Bola que andar a fazer contas?
Isto faz-me lembrar a notícia de que o SAPO tinha ultrapassado o Google em Portugal, quando o SAPO a comparava os seus números com o Google.pt, "esquecendo-se" de somar o Google.com, ou metendo tudo o que estava debaixo de sapo.pt ao barulho e não apenas o pesquisa.sapo.pt.
Cada um analisa os números como quer e desde que os mostrem sem esconder o que não interessa - como faz A Bola - não vejo grande problema nisso. Já nas notícias do jornal, aí sim vejo um grande problema. Mas eu nem entro nas estatísticas deles. :)
Se o SAPO se sente lesado, pode sempre dizer que tem mais visitas e mostrar as contas agregadas.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 13:29

Não sei se o SAPO se sente lesado ou não, não perguntei :)

Eu, como leitora, senti-me defraudada, porque não acho justo, comparar alhos com bugalhos.

E se no passado o SAPO fez isso, também discordo, apesar de não saber muito bem como é que se comparam sites nacionais com internacionais.
Sem imagem de perfil

De João Lúcio a 14.01.2011 às 13:53

Vá, o Netpanel tem dados dos acessos nacionais aos sites internacionais. É só fazer as contas. :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 13:56

Eu não acredito em Netpanel. Não acredito em painéis.
(E sei, por experiência própria que aquilo não reflecte a realidade).
Sem imagem de perfil

De João Lúcio a 14.01.2011 às 14:35

Essa é outra discussão. Mas também serviu para o SAPO fazer a notícia, como serve para A Bola e outros. São notícias para anunciantes. O resto é conversa.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 14:37

Pronto, aqui fica a parte da conversa :)
As notícias são para quem as quiser comer, sem pensar :)
Sem imagem de perfil

De Bruno a 14.01.2011 às 14:07

Trabalho na área de estatística já vai algum tempo, e o que posso dizer sobre os números é que são sempre manipulados para o que as empresas querem mostrar.

Os dados não deixam de estar correctos, mas apenas mostram o que lhes convêm. Se forem ver relatórios do estado é ai onde abundam as ... escolhas dos numeros.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 14:38

Sim, essa também é a minha experiência (não a de estatísticas, mas a de que os números são manipulados de acordo com interesses vários :)
Sem imagem de perfil

De Dextro a 14.01.2011 às 17:14

Neste caso faltou-te mencionar um pequeno promenor tecnico muito importante para lidar com os numeros de page views: é que o site da bola actualiza-se automaticamente a cada 5minutos sem o utilizador fazer nada aumentando artificialmente o numero de page views.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 18:49

Isso é procedimento comum em muitos sites de notícias, imagina que já nem isso me choca :)
Imagem de perfil

De jv a 14.01.2011 às 17:32

Oh! jonasnuts - vai dar banho ao cão.

Isto é um blog social? ou é um espaço comercial ao serviço dos poderosos?

Assim não tens freguês!
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 18:52

Explica lá isso do espaço comercial ao serviço dos poderosos, que essa eu não percebi :)

(mas não é um blog social, é um blog pessoal).
Imagem de perfil

De jv a 14.01.2011 às 19:28

É fácil: engoliste un sapo/PT
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 19:33

hihihihihihihih eu não engulo sapos :)

A sério.... lê o meu blog (se estiveres para aí virado), e percebes :)
Sem imagem de perfil

De antonio diogo a 14.01.2011 às 19:45

para um blog de opinião está a defender demasiado o empregador no seu espaço privado . estava ao seu lado no caso ensitel ...agora , já não sei dizer .
mas errar é humano não é ???
defenda o seu trabalho no site do patrão , aqui a malta está à espera das parvoíces do costume . eheheh
um abreijo
Imagem de perfil

De jonasnuts a 14.01.2011 às 19:49

Acha que o meu empregador precisa de defesa, e, se precisasse, acha que me pediria a mim? :)

Mas sim, continuarei com as palermices do costume :)
Sem imagem de perfil

De Pedro a 14.01.2011 às 20:17

"Temos de gostar de quem defende os nossos. "

Como é que é? A Bola defende os nossos (Benfica) ??? Ui...não vás nessa conversa dos anti...
Imagem de perfil

De jv a 15.01.2011 às 20:02

Ainda bem que descobri o jonasnuts.

Estive no blog CdP - e aquilo era uma maçada, só velhos do Restelo e Bobos da Corte. Os comentários tinham que ir a censura prévia do administrador, este tem um ganda ego e estava sempre a barafustar e a vitimizar-se e lá vinham os lacaios em defesa do chefe a dar cabo da cabeça ao pessoal.

Abandonei porque é um espaço que não atrai a juventude e a cultura e muito virado para o provincianismo saloio.

jonasnuts: Forever!

CdP: Jamé!

Comentar post


Pág. 1/2






Arquivo