Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Ensitel

por jonasnuts, em 27.12.10

No passado dia 22 fui surpreendida, ao receber uma nota de citação pessoal.

 

Parece que a Ensitel não gosta mesmo nada dos posts que aqui escrevi sobre a minha experiência enquanto cliente deles, e acha que eu não tenho o direito de partilhar, neste meu espaço, aquilo que penso e sinto acerca da empresa.

 

Posto isto, os senhores, em vez de me telefonarem e perguntarem como é que poderiam resolver o problema, decidiram que era mais eficaz pedirem aos advogados que os representam que me escrevessem, intimando-me a apagar os posts em causa. Não pediram direito de resposta, não perguntaram como é que poderiam resolver o problema, não quiseram, sequer, saber, porque razão é que eu estava chateada com eles, não, decidiram que o que queriam era que eu apagasse os posts. Não apaguei.

 

Assim sendo, os senhores cumpriram a ameaça, e no dia 22 recebi a tal citação pessoal, que é um documento de 31 página (sim, 31) em que sou intimada pelo tribunal a constituir um advogado, e é um procedimento cautelar.

 

Basicamente querem que o tribunal me mande apagar os posts que escrevi sobre a Ensitel. Estão ali, linkados na barra da direita do Blog. São 6. Com este 7.

 

Portanto, a Ensitel não gosta que os clientes expressem livremente a sua opinião. A liberdade de expressão é muito linda e coiso e tal, mas só quando não chateia. Se chateia, já não há liberdade de expressão para ninguém.

 

Eu não minto nos meus posts sobre a Ensitel. Descrevo a situação, dou os factos, e escrevo o que penso acerca da coisa.

 

A Ensitel está a precisar de contratar uma empresa de Relações Públicas, mais do que uma sociedade de advogados. Triste é que, passado tanto tempo, ainda não tenham percebido isso.

 

Para quem tiver pachorra para a novela toda, é seguir os links.

 

Take 1

Take 2

Take 3

Take 4

Take 5

Take 6

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



629 comentários

Sem imagem de perfil

De Gudi a 30.12.2010 às 11:20

ó anónimo entao agora a culpa é do povo??vç pra falar assim deve ser alguem mt grande neste pais pq q eu saiba é este povo q pôe este pais a andar ja viu o q era deste pais se só houvesse engenheiros presidentes gestores e toda essa "supra classe" este pais nao andava pq todo o pais precisa de classe operaria e o q há mais aqui em portugal é classe operaria mts deles nem numa vassoura conseguiria pegar,esse seu comentario so demonstra q é uma pessoa ignorante por mais estudos q vç tenha e tal como vç tem o direito de vir aqui criticar a Maria João ela tb tem todo o direito de criticar uma empresa q lhe prestou um mau serviço e q até de certa maneira lhe prejudicou,essa da falta de provas então é msm gritante pelos vistos o sr deve fazer parte dessa empresa tal como o formador q ainda ontem postou na sua pagina do facebook comentarios ao povo portugues e a este assunto inclusive tristes(na volta o sr é essa pessoa) tal como a ensitel ja enviou uma nota interna aos seus colaboradores q qlq assunto relacionado com este tema deveria ser reencaminhado para o departamento de recursos humanos,e tb fala de agir de má fé quem aqui age de má fé é o sr q vem ofender uma pessoa com todo o seu direito de expressar a sua indignação para com a sua querida empresa.Maria João tem aqui da minha parte mais um apoiante na sua causa e eu sei bem do q falo e leve a sua luta avante.
P.S-com respeito ao formador da ensitel q eu falei ele tb refere q os franceses e os gregos lutam por aquilo q acreditam e os portugueses nao,a ele so digo q em França na terra do dono da ensitel este caso nunca se passaria pq lá (infelizmente para nós não é assim aqui) a lei está do lado da razão .Saudações

Comentar post






Arquivo