Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Viver no cu do mundo

por jonasnuts, em 22.08.10

 

(E reparem, cu, não leva acento).

 

Ando a tentar comprar uma coisa que já está à venda nos EUA, e em parte da Europa, e não, não é um iPhone4, que podia ter comprado em Barcelona, mas dispenso).

 

É uma geringonça que não sei o que é que faz nem para que serve, mas ele quer, e está quase a fazer anos.

 

Nas várias tentativas que fiz para comprar online, quer nos EUA quer na Europa, a resposta foi sempre a mesma, não estás com sorte nenhuma, não vendemos isso para o cu do mundo onde vives.

 

Globalidade? Sim, mas só para os importantes. Comunidade Europeia, sim, mas só quando interessa a alguns. Livre circulação de pessoas, bens e serviços? My ass. Vão-se lixar (porque o meu filho às vezes passa por aqui, e a minha mãe também).

 

Preciso de comprar um Ar Drone e, apesar de viver num país Europeu, membro pleno da CE, não consigo.

 

Portugal é muito lindo mas só para passar férias e para desancar por causa do deficit. De resto? É esquecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)



18 comentários

Sem imagem de perfil

De Noughtone a 22.08.2010 às 12:43

I  try to tell Tugaland and Tugas that a 10 million people country has no scale, it is not even a big town (Mexico City is 15 (FIFTEEN) million). There is such a thing as MINIMUM EFFICIENT SIZE and we ain't got it!
To be important we need to have more than 20% of the pop as college grads: 60% or 70% will give Tugaland a chance to become a great mind centre and be on the map! To be rich we need to explore our seas, and we don't. Tugaland should make Holland its traget to beat! (not Sweeden or Denmark)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.08.2010 às 13:33

Talvez protegendo aquilo que é ingevalemente original e nosso fosse um bom princípio.

Refiro-me à língua, claro :)
Sem imagem de perfil

De noughtone a 23.08.2010 às 21:08

...that is why the dutch made english a national language and a dutch person pode exprimir-se em documentos oficiais em holandês ou inglês, bom não? A principal razão da incapacidade portuguesa para exportar é falar, no caso não falar, inglês
Imagem de perfil

De jonasnuts a 23.08.2010 às 21:56

O mercado constituído pelas pessoas que falam a língua portuguesa não é suficientemente grande? 200 milhões de pessoas, é muita gente e, pensando bem, é um mercado com muito mais potencial de crescimento (economicamente falando) que o mercado dos não falantes da língua portuguesa.

E, ponto número dois, os espanhóis, que são uns tótos com línguas não parecem sofrer do mesmo problema......

Não tem nada a ver com barreiras linguísticas, tem a ver com algo muito mais simples. Volume de mercado :)
Sem imagem de perfil

De ejcalmeida a 22.08.2010 às 12:45

Boas, podes sempre falar com alguém em Paris http://twitter.com/SimaoC/status/21659947079 (http://twitter.com/SimaoC/status/21659947079) e pedir para comprar lá e enviar para ti. Fica a sugestão boa sorte.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.08.2010 às 13:37

Obrigada :)

Mas eu tenho quem me faça a compra mesmo nos EUA se for preciso, a questão não é essa, a questão é que é irritante ser tratada como cidadã de terceira, quando passo a vida a ouvir as grandes marcas a falar da globalidade. Só para o que lhes interessa.
Sem imagem de perfil

De Daniel Matos a 22.08.2010 às 14:38

Procura no ebay. Há vendedores em Hong-Kong a vender isso sem ser "em leilão".


Podemos daqui tirar uma série de constatações curiosas: Portugal é o "cu" do mundo, os americanos estão vocacionados para "mercados de massas", e a ásia (China, especialmente) está disposta a fazer negócio com todo o mundo, independentemente do tamanho.
Quem é que será que vai vingar nas próximas décadas? :-)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.08.2010 às 15:43

Curioso fui agora ao ebay e não me levantaram problemas nenhuns.
Que posso eu dizer até os alemães me vendiam um.
Enfim ás vezes é bonito vivermos no cu do mundo e como estamos na eu sempre podemos ir para outro lado sem grandes burocracias.
Talvez como conselho eu diga usa o google e procura "buy ar drone" das um milhão e tal de respostas uma deve ajudar.
Sem imagem de perfil

De André a 22.08.2010 às 17:58

http://myus2.myus.com/ (http://myus2.myus.com/)


Já usei esse serviço. Basicamente reencaminham o correio para cá. É um pouco caro, mas resulta.
Sem imagem de perfil

De L a 23.08.2010 às 00:37

Olá.

No Dolce Vita Tejo há lá um género de uma banca onde um homem tinha uma espécie de discos voadores e penso que estava a vender. Vi à distância a coisa e chamou-me à atenção porque nunca tinha visto nada do género....

Agora não sei se é este Ar Drone, mas o facto de estar a voar dentro do Centro Comercial, é capaz de ser.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.08.2010 às 03:02

http://hmv.com/hmvweb/navigate.do?pPageID=4987&WT.ac=tcg_home_200810_parrotdrone (http://hmv.com/hmvweb/navigate.do?pPageID=4987&WT.ac=tcg_home_200810_parrotdrone)


Reino Unido - Entregam em PT
Sem imagem de perfil

De Lsantos a 25.08.2010 às 06:58

Bom dia Jonas,
não conhecia o Ar Dron, muito giro. Aqui na Alemanha vende-se e encontrei duas lojas onlines sem ser o ebay que envia também para Portugal:

http://www.notebook.de/index.php?section=shop&group=1428&productid=33144&partner_id=google_base

e

http://www.arktis.de/parrot-ar.drone-/?sPartner=12

espero que ajude
Sem imagem de perfil

De AB a 28.08.2010 às 14:47

Creio mas não estou certo, que o Ar Drone tem uma WebCam. Pode ser muito útil para espreitar o que o filho está a fazer de onde ele menos espera, tipo uma janela do décimo andar.

Comentar post


Pág. 1/2






Arquivo