Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jonasnuts

Pois Canté!!

Estou a ouvir. Lembro-me das letras todas. Cá em casa, ele ameaça fazer um 25 de Novembro caseiro, e pede socorro. Diz que "O PREC instalou-se na sala. As colunas queixam-se dos adufes e das gaitas".

 

Eu deliro :)

 

E acho que esta crise pode ser uma oportunidade para a música de intervenção.

Substituam umas palavras mais datadas por outras mais actualizadas e regressa tudo de novo.

 

Pois Canté!!

Enquanto anda lá no céu a cotovia

Ando a trabalhar o pão de cada dia

Para encher a pança a essa burguesia

Sempre a trabalhar

P'ro patrão gozar

Isto inté qu'há-de mudar um dia

(Pois Canté!)

 

Os políticos burgueses à porfia

Só nos sabem receitar democracia

Mas o povo é que é levado na tosquia

O senhor ministro

Tem a culpa disto

Isto inté qu'há-de mudar um dia

(Pois Canté!)

 

Tanta propaganda na telefonia

A falar na grande crise da energia

Com tanto desemprego, quem diria!

Fala o aldrabão

E ri-se o patrão

Isto inté qu'há-de mudar um dia

(Pois Canté!)

 

Quando a máquina do lucro se atrofia

A reparação é sempre a carestia

E o povo é que lhes paga a avaria

Mas o Capital

Fica sempre igual

Isto inté qu'há-de mudar um dia

(Pois Canté!)

 

Com golpaças e manobras, dia a dia

Bem nos tenta enrolar a burguesia

Eles são todos da mesma confraria

Irmãos explorados

Todos lado a lado

Isto inté qu'há-de mudar um dia

(Pois Canté!)

 

 

Desculpem lá:

 

"Quando a máquina do lucro se atrofia

A reparação é sempre a carestia

E o povo é que lhes paga a avaria

Mas o Capital

Fica sempre igual"

 

Em que é que isto não é verdade, hoje, a esta hora?

 

GAC! Regressa.

 

E as meninas e meninos que gostam de fazer covers de homenagem, NEM PENSEM NISSO.

 

E nos tops nacionais, saíam os abrunhosas e os cogumelos ou azeitonas ou lá como é que eles se chamam, e voltava o Zé Mário Branco, e o Sérgio Godinho, e revisitávamos o Zeca, e o Fausto, e o Vitorino pré-boleros, e a Maria do Amparo (sempre adorei a Maria do Amparo), e o Zé Barata Moura sem ser para nos mandar comer a papa, e mais uma catrefada deles.

 

Isso é que era!

9 comentários

Comentar post

Pesquisar

No twitter


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D