Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





subscrever feeds


Arquivo



Campanha da Sumol

por jonasnuts, em 30.04.10

Anda para aí meio mundo entusiasmado com a campanha da Sumol, porque é inovadora, porque é inspiradora, porque é sei lá mais o quê.

 

E eu, que até sou apreciadora e consumidora de Sumol, acho que eles erraram o alvo.

 

Senão vejamos.

 

Quem é o target do refrigerante Sumol? Teenagers, certo? É para eles que a marca comunica.

 

Mas as mensagens que usa são para maiores de 30 (ou mesmo de 40).

 

 

"Um dia vais achar que tens de ir para onde toda a gente vai"

Quem é que anda em manada? São os teenagers. Só mais tarde na vida é que a maioria(?) das pessoas deixa de ser influenciada pelos seus pares.

 

É uma campanha derrotista, a tentar dizer aos jovens que o seu prazo de validade enquanto pessoas originais, diferentes e livres é curto. E no entanto, é tão mentira.

 

Os teenagers não são originais, nem diferentes (uns dos outros), nem livres (da manada), só mais tarde na vida é que se alcança essa originalidade, essa diferença, e essa liberdade. Às vezes.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



1 comentário

Sem imagem de perfil

De Alda Telles a 14.05.2010 às 19:09

Mais uma achega ao teu post. Vou aqui acrescentar uma resposta ao anúncio (na versão texto completo) que recebi hoje por e-mai. O tema que lançaste em 30 de Abril continua a dar polémica.

Um dia, o mais provável é que deixes de usar calças dois números acima do teu, e que deixes de mostrar os boxers a toda a gente. Nesse dia vais começar a sentir as borbulhas desaparecerem da cara, como num passe de mágica. Vais deixar de ouvir uma única banda até à exaustão e vais pensar como é que foste capaz de estar dois meses sem lavar o braço onde o vocalista te deu o autógrafo. Vais experimentar andar de saltos altos e não vais cair. Nesse dia vais ter mais de o dobro das escolhas para te calçar. Vais deixar de fazer sexo no banco de trás do carro e começar a fazer amor (ou sexo) na tua casa. Nesse dia vais descobrir que 3 minutos não é a duração ideal de uma relação sexual. Vais deixar de acampar e descobrir que há hotéis que te tratam muito bem. Nesse dia vais perceber que esses hotéis te tratam tanto melhor quanto o número de estrelas que tiverem à porta, e que as estrelas custam dinheiro. Nesse dia vais ficar contente por teres um bom emprego. Apesar de teres de usar fato e gravata e trabalhares das 9 às 6. Vais perceber a diferença entre uma Montblanc e uma Bic. Vais viajar de avião (assim to permitam os vulcões). Nesse dia vais perceber que Benidorm e Lloret del Mar não têm as melhores praias do Mundo. Vais deixar de fazer piadas parvas e as pessoas vão começar a apreciar o teu sentido de humor. Vais poder ir a todo o lado sem dar cavaco a ninguém e sem ter de pedir boleia. Vais perceber que apanhar bebedeiras é ridículo e que as pessoas que acham que tu és um herói são apenas mais parvas que tu. Aqui fica uma ideia: quando esse dia chegar, agarra-o com as duas mãos e não o deixes fugir.

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres
Inserir emoticons

O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




subscrever feeds


Arquivo