Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



A importância da língua

por jonasnuts, em 05.02.10

A língua a que me refiro, é aquela que falamos portanto, os que vieram aqui à procura doutras línguas e da sua indubitável importância, desenganem-se desde já. Hoje, falo doutras línguas, mais exactamente da nossa, a que partilhamos com mais uma catrefada de gente, e muito bem.

 

Tenho andado à procura de informação sobre um determinado tema. Uma questão que tem a ver com medicina. Uma terapia. Recomendaram-me que aprofundasse o meu conhecimento sobre esta cena, e eu sou muito bem mandada.

 

Encontro tudo o que quero. Muita, muita informação. Mas tudo em português do Brasil. Não me entendam mal, o português do Brasil é tão bom como o português de Portugal, não tenho cá dessas frescuras de achar que o "nosso" é melhor que o "deles". Mas é diferente. Para mim, o português do Brasil tem aquele ritmo meio cantado, um certo meneio, um ritmo nas ancas que vibra na voz do Chico, ou na letra do Jorge Amado. Adoro.

 

Mas, confesso que o ritmo não é o mesmo quando se trata de informação técnica. Estou a ler, imaginemos, a descrição duma terapia, em português do Brasil, e aquela terapia começa a soar-me meio tropical (o que, de certa forma, anima logo), é saborosa. Por outro lado, carece de veracidade. Vão-me desculpar. Racionalmente sei que não é assim. Mas enquanto leio as coisas lá do cognitivo e do raio que os parta, em português do Brasil, parte do meu cérebro, não consegue levar aquilo a sério.

 

O que é pena, porque há muito mais conteúdos de jeito em português do Brasil do que em português de Portugal. Pelo menos sobre este tema.

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Imagem de perfil

De pedrocs a 06.02.2010 às 01:05

Esse... e outros. É uma pena, mas há muitos anos que assim é e parece-me que continuará a ser. Por cá ainda não se entendeu a web (em 2010!), e as empresas e organizações não investem em partilha de informação porque não compreendem o valor que isso tem para si e para quem os consulta.

Muito me irrito eu quando procuro em português na net, mas a culpa não do Brasil, obviamente... é mesmo do tuguinha tapado.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 06.02.2010 às 01:31

Pois é, de facto é pena verificar isso.
Eu sou estudante de psicologia, e noto muito isso... Ainda por cima sabendo que temos imensa coisa publicada sobre os mais variados temas, mas que não chegam a quase ninguem. Como diziam no comentario em cima, estamos de facto muito atrasados..

Por estupido que possa parecer, por vezes é dificil conseguir concentrar-me num artigo em portugues do Brasil, não sei porque, mas custa-me! Acabo assim por ter de me virar para o ingles...

De qualque forma, se puder ajudar e for da minha área (como me pareceu) cá estou para fornecer informação (artigos, etc) e encaminhar para os melhores locais de pesquisa em portugues de Portugal!;)


Imagem de perfil

De Terebi-kun a 06.02.2010 às 08:41

Já que se falou de publicações, queria dar outro ponto de vista. Muitas vezes não se encontram mais coisas escritas em português de Portugal também porque os portugueses estão a escrever... em inglês. E por uma razão muito simples - neste momento, em termos de ciência e internet, é uma verdadeira língua franca.

Eu falo por mim: desde o meu trabalho de final de curso, que foi escrito em inglês, que tudo o que escrevo que é publicado está em inglês também (com excepção do blog =) ).

No final, até acho isto muito positivo! É uma maneira de os portugueses se abrirem mais ao resto do mundo.

E tenho reparado que os brasileiros, no geral, têm bastantes mais dificuldades com o inglês que os portugueses. Daí também parecer ser comum encontrar sites/blogs brasileiros que traduzem para português artigos que podemos encontrar escritos em inglês. Já participei num site que fazia traduções de algumas coisas que estavam escritas em inglês para português, e a maior parte dos visitantes eram sem dúvida brasileiros. E não é porque não houvesse portugueses interessados - só que esses iam directamente à fonte em inglês.
Sem imagem de perfil

De Manuel Padilha a 06.02.2010 às 12:34

Essa incapacidade (que eu também sinto) de levar a literatura técnica brasileira "a sério" é provavelmente uma pesada herança dos tempos em que brasileiras só eram as telenovelas (que eram tudo menos sérias).
Para mim pelo menos foi esse o primeiro e mais duradouro contacto com o Português do Brasil.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.02.2010 às 16:07

Aconselho a voce e outros portugueses, bem como seus vizinhos, a levarem o Brasil mais a sério, digo isto para o bem de voces pois quando acordarem pode ser tarde, paulo
Imagem de perfil

De jonasnuts a 15.02.2010 às 16:18

Fiquei sem perceber se isso era uma promessa ou uma ameaça :)

Comentar post






Arquivo