Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Marketing directo

por jonasnuts, em 20.01.10

A Fernanda Câncio escreveu sobre este tema um post esclarecedor.Vão lá ler e depois voltem para eu vos explicar como é que se livram desta gente.

 

Há 3 técnicas para nos livrarmos deste tipo de telefonemas incómodos, que aumentam a olhos vistos, ou a ouvidos vistos, no caso:

 

1 - Assim que o interlocutor diz o nome da empresa que representa interrompê-lo com um sorriso nos lábios, dizer que lhe fazemos o favor de não o deixar perder mais tempo, e informamos que trabalhamos na empresa que concorre directamente com a dele. Se me ligam do Clix ou da Zon, eu digo logo, ah, eu trabalho na PT. Não só não me fazem perder mais tempo naquela chamada, como marcam lá na base de dados que eu trabalho na concorrência. Pelo menos aqueles não me voltam a chatear. Ah. Não precisa de ser verdade....podemos dizer que trabalhamos onde quisermos. Se me ligarem do PSD eu digo que escrevo no Corporações. Se me ligarem do PS eu digo que sou empregada do Pacheco Pereira. Simples e eficaz.

 

2 - Assim que o interlocutor diz o nome da empresa que representa nós perguntamos imediatamente: onde é que arranjou este número e quem é que lhe deu autorização para me contactar? Vou fazer queixa à comissão nacional de protecção de dados (CNPD). Normalmente desligam a chamada na hora.

 

3 - Esta é a estratégia que implica mais investimento pessoal, mas é também a mais divertida e que já referi mais amplamente aqui, mas que o vídeo que se segue explica muito bem.  

 

 

</p>

A sério, para nos livrarmos destas testemunhas de Jeová das novas tecnologias, são estas a 3 hipóteses. Escolham a última, e partilhem as chamadas :)

Autoria e outros dados (tags, etc)



18 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo Correia a 20.01.2010 às 13:30

Já conhecias este entretanto?

http://www.youtube.com/watch?v=un_PjRXV5l8
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.01.2010 às 16:36

Sim, depois deste que linkei, fui atrás doutros "trabalhos" do mesmo autor :)
Sem imagem de perfil

De publicidade internet a 20.01.2010 às 13:33

Partir o coco a rir, o que interessa e vender mais nada.
Imagem de perfil

De pedrocs a 20.01.2010 às 13:49

Tenho resolvido estas questões sempre da mesma forma e tem sido eficaz.

Assim que a operadora/or começa a falar interrompo-o:

"Espere. Eu sei que a culpa não é sua mas:

QUERO O MEO NÚMERO FORA DA VOSSA LISTA DE CONTACTOS JÁÁÁÁÁ!

Obrigado, boa noite. "

*clic*
Imagem de perfil

De pedrocs a 20.01.2010 às 13:52

Xiça, estou na PT há anos demais... até já escrevo "meo" quando quero escrever "meu". :-P
Imagem de perfil

De Telmixa a 20.01.2010 às 14:13

Eu tenho várias estratégias mas a minha favorita foi a que usei há dias na casa dos meus pais. Ligaram da PT a promover o MEO e eu: "Não, os meus pais não querem mudar, já foi explicado aos vossos colegas isso." "Mas as vantagens..." "Os meus pais não querem mudar!" "Porquê, já agora?" "Não querem buracos na parede." É verdade, não estava a mentir mas a alminha do outro lado ficou tão atónico com a resposta que despediu-se e desligou. LOL Com a verdade me enganas...
Imagem de perfil

De carlosfreitas a 20.01.2010 às 21:47

Utilizo muito o sistema da funerária "Nunes". Já obtive reacções do arco-da-velha. A última era de alguém que queria (e estava no seu direito) tentar vender um alarme de última geração. Cá em casa já fomos um talho, o Talho "Fagundes" uma florista, "Albina, minha flor". Nunca foi preciso "ameaçar" até hoje ninguém. O tipo da funerária é demasiado funebre e de pouca fala, sabe estou habituado a lidar com gente muda, o talhante Fagundes grita e vocifera contra tudo e todos...Uma corja é o que lhe digo! a florista Albina é de uma doçura e ingenuidade que desarma o mais empedernido e treinado vendedor. Cá nos vamos remediando assim.
Sem imagem de perfil

De António Bento a 21.01.2010 às 09:48

O truque do "tou...TOU?...esta m**** não se ouve nada...TOOOOU?" às vezes também vai lá. Enfim, conheço uma moça que trabalhou nisso e desistiu, preferiu ir entregar pizzas. É mau dos dois lados.
Fora disto, Jonasnuts, já sei que tem Mac, porque não um iPhone? Partindo do princípio que ainda tem aquele lindo Nokia.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 21.01.2010 às 10:03

Tenho o Nokia e estou satisfeita. Da experiência que conheço de mais perto, o iPhone é excelente em tudo e dá um jeitaço, menos como telefone. Como telefone propriamente dito, não é extraordinário. A operadora do grupo não tem iPhone. É caro como esterco e muito além do meu orçamento para telemóveis. Estou muito satisfeita com o binómio Nokia E71 + iPod touch. Fico com o melhor dos dois mundos :)
Sem imagem de perfil

De António Bento a 21.01.2010 às 12:38

Ó bolas que nunca me lembro do iPod touch (vou bater com a cabeça na parede um bocadinho). Obrigado.
Sem imagem de perfil

De Wonderm00n a 22.01.2010 às 10:33

Eu costumo dizer sempre "Podia dar-me o seu nº de casa e eu ligava mais logo para então falarmos?".

Como é óbvio a pessoa fica um pouco atrapalhada, ao que eu pergunto: "Mas porquê? Não gosta que lhe liguem para o seu nº pessoal e provado?".

A partir daqui é simples perceber o resto...
Imagem de perfil

De jonasnuts a 22.01.2010 às 12:59

Essa é a estratégia seinfeld.
Sem imagem de perfil

De Wonderm00n a 24.01.2010 às 11:26

EXACTAMENTE!
Sem imagem de perfil

De CGM a 19.02.2010 às 10:17

(O vídeo não esta disponível )
Imagem de perfil

De jonasnuts a 19.02.2010 às 11:20

Retiraram do youtube, mas já encontrei um substituto :)

Comentar post


Pág. 1/2






Arquivo