Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



O local de trabalho tornou-se ubíquo

por jonasnuts, em 20.12.09

É algo que já sinto (e digo) há muito tempo, mas que o James Tuner define e explica bem melhor que eu.

 

Num artigo em que elege, tecnologicamente falando, o melhor e o pior da década que acaba daqui a uns dias, ele termina desta forma:

 

"

The Workplace Becomes Ubiquitous: What's the first thing you do when you get home at night? Check your work email? Or maybe you got a call before you even got home. The dark side of all that bandwidth and mobile technology we enjoy today is that you can never truly escape being available, at least until the last bar drops off your phone (or you shut the darn thing off!)

The line between the workplace and the rest of your life is rapidly disappearing. When you add in overseas outsourcing, you may find yourself responding to an email at 11 at night from your team in Bangalore. Work and leisure is blurring together into a gray mélange of existence. "Do you live to work, or work to live," is becoming a meaningless question, because there's no difference.".


E isto é tão verdade. Mais verdade ainda quando fazemos aquilo de que gostamos. E se por um lado é uma conquista, esta ubiquidade, por outro lado é um enorme peso.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De ana a 20.12.2009 às 10:31

acho que não poria a ubiquidade do local de trabalho na lista das piores coisas... neste momento, é o que me permite trabalhar na mesa da cozinha, num país que eu escolhi, com horários catitas.
é preciso um bocadinho de peso e medida, como em tudo... e saber desligar. :)
Imagem de perfil

De jonasnuts a 21.12.2009 às 10:43

Pois.... esgá na lista das coisas boas e na lista das coisas más, porque essa disciplina de saber desligar (portátil, telemóvel, etc...) nem todos a têm :)
Sem imagem de perfil

De Joaquim Sérgio a 22.12.2009 às 10:24

Pois a disciplina...........
O pior é quando não se pode ter disciplina.

Comentar post






Arquivo