Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



Os Podcasts da Antena 3

por jonasnuts, em 22.07.09

Este post anda-me atravessado há uns meses valentes.

 

Primeiro que tudo importa referir que um podcast não é um ficheiro de som. Habitualmente oiço as pessoas dizerem que querem um podcast no Blog, para descobrir mais tarde que se estão a referir a um ficheiro de som. Ora, um ficheiro de som já tem nome, chama-se ficheiro de som. Podcast não é nome fino de ficheiro de som.

 

Podcast é um conjunto de ficheiros de som, que têm associado o componente episódico (portanto, vêm em episódios com uma frequência mais ou menos regular), normalmente podem subscrever-se via gestor de ficheiros de som (o iTunes, por exemplo), o que significa que, sempre que sincronizamos o leitor de mp3, ele descarrega todos os episódios do podcast que ainda não ouvimos. É uma espécie de feed de rss, mas de som. Já agora, que esta coisa dos nomes está na moda, iPod não é o nome fino dos leitores de mp3. iPod é o nome de uma marca de leitores de mp3. E um mp3, é um ficheiro. Os aparelhómetros que lêem mp3 são leitores de mp3.

 

Divergi, mas vou retomar.

 

As minhas manhãs radiofónicas são com a Comercial. Já antes expliquei aqui os motivos, não interessam agora para o caso. Mas há coisas na Antena 3 que me agradam, nomeadamente as coisas do Markl. Pelo que subscrevi o podcast quer do Há vida em Markl quer do Laboratolarilolela. Aproveito as horas semanais de auto-estrada para pôr o Markl em dia.

 

E tenho sempre a mesma reacção. Será que os senhores da Antena 3 ouvem os podcasts que produzem? Eu aposto que não. Não sei muito bem os termos técnicos, mas há-de haver por lá um botaneco que serve para equalizar as vozes das pessoas. Para ouvirmos o Markl temos de ter o volume bem alto, mas deixar a mão no botão, que é para podermos baixar violentamente o volume quando fala alguém que esteja em estúdio. No Laboratolarilolela, das duas uma, ou optamos por ouvir as letras das músicas, ou optamos por ouvir os comentários. As duas coisas, em simultâneo, não dá, porque o som nos fura os tímpanos.

 

É extraordinariamente mau.

 

E já agora, se passar por aqui alguém da Antena 3, uma dica. No final do episódio, não precisam de anunciar o podcast. Sabem, é que nós já estamos a ouvir o podcast, não precisamos de ser informados nem da sua existência nem do seu endereço.

 

Muito agradecida.

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Ognito Inc a 23.07.2009 às 10:33

Epá, é tal e qual como dizes! Até custa ouvir o que é uma pena porque tinha tudo para ser muito bom. Lembro-me de quando reparei nisso (já desisti de ouvir...) ter comentado algo do género "mas estes gajos da rádio não têm técnicos de som?"
Sem imagem de perfil

De Ric. a 23.07.2009 às 11:44

Já li, Jonas, e já reenviei para a equipa da antena3.

obrigado pelo feedback!
R.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.07.2009 às 06:20

E um mp3, é um formato de ficheiros de audio..
Imagem de perfil

De jonasnuts a 24.07.2009 às 09:00

Certo, não quis complicar demasiado :)
Sem imagem de perfil

De Ondas da Rádio a 03.08.2009 às 23:10

O problema dos Podcasts da Antena 3 é que são gravados automaticamente, pelo programa de automação que a estação usa, o Dalet, logo nunca poderão estar a 100%.
Só uma nota: a Antena 3 tem muitos Podcasts, não é fácil serem editados individualmente, já que ainda existem também os das estações vizinhas, Antena 1 e Antena 2.
Imagem de perfil

De jonasnuts a 03.08.2009 às 23:13

Pois, mas eu sou apologista do "se não sabes fazer bem feito, mais vale não fazer".
Mas sim, eu sei, é um lema que está meio fora de moda.

Comentar post






Arquivo