Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]






Arquivo



O engenheiro de som

por jonasnuts, em 19.05.09

O engenheiro de som é uma profissão em vias de extinção.

 

Bem sei, bem sei, isto dito assim de rompante parece precipitado, mas é a conclusão a que chego.

 

Há muitos anos, era eu uma criança, lembro-me de acompanhar a minha mãe pelos corredores (que por acaso era só um) da Rádio Comercial, e os estúdios eram diferentes do que são hoje. Havia a cabine, onde estava quem ia falar, e do lado de fora, do lado de cá do vidro, havia um posto de trabalho, com umas maquinetas cheias de botões, e um senhor lá sentado com uns auscultadores. Na altura, lembro-me de ter perguntado ao Zé Ramos (que fazia as manhãs da Comercial) o que é que fazia aquele senhor, tanto botão fascinava a geek que mais tarde desabrocharia. E o Zé Ramos, pôs-se de cócoras (para ficar da minha altura) e explicou-me que para se fazer rádio eram precisos 3 elementos. O emissor (que eram as pessoas), o meio (que era a rádio) e o receptor (que eram os ouvintes), e que aquele senhor dos botões era a pessoa que se certificava que tudo o que saía da Rádio chegava aos ouvintes em condições, portanto, que o que havia que ser ouvido, saía em condições de ser ouvido, porque nem sempre os senhores dos microfones sabiam dessas coisas, e às vezes punham as vozes altas demais ou as músicas baixinho demais.

 

Pareceu-me fazer todo o sentido e é por isso que lamento que seja uma profissão em vias de extinção.

 

Aliás, parece-me que nos dias de hoje, que vivemos rodeados de som, em variadíssimos canais, a profissão de engenheiro de som faz cada vez mais sentido, mas parece que não. Pelo menos a avaliar pela qualidade daquilo que oiço.

 

Por exemplo, os senhores da Antena 3, que tratam dos podcasts do Há Vida em Markl e do Laboratolarilolela, não usam engenheiros de som, claramente. A voz do Markl, mais as vozes dos outros senhores que fazem as manhãs da 3 saem-me pelas colunas cada uma com seu volume. É uma aventura ouvir aqueles podcasts, com os dedos no botão do volume, pera lá, que agora é o Markl, deixa cá subir o som, agora são os senhores do estúdio, baixa lá isso que o senhor do carro do lado não consegue ouvir os martelos em condições. Se for o Laboratolarilolela pior ainda, a música tão depressa está aos berros, como a seguir não se ouve. Uma alegria. É sempre uma emoção. E é sempre com espanto que, ao ouvir os podcasts eu oiça sempre a promoção ao podcast "Não ouviu este programa?". Ó senhores, cortem lá a promoção ao podcast, do podcast. Para isso não precisam de engenheiros de som, basta bom senso e dois dedos de testa.

 

Outro exemplo, os senhores do AXN. Também não têm engenheiros de som, ou então, os que têm, são surdos, mas selectivamente surdos, porque só parecem ter dificuldades em ouvir as autopromoções. Sempre que se vai para intervalo de um programa qualquer é certo e sabido que temos de procurar o comando da televisão a correr, para carregar na tecla do mute, porque os putos estão a dormir na outra ponta da casa, e não queremos acordá-los.

 

É uma pena que os engenheiros de som estejam em vias de extinção. Tanta botão que há nos dias que correm e é logo nesta altura que eles se lembram de se extinguirem....

Autoria e outros dados (tags, etc)



13 comentários

Sem imagem de perfil

De Ana a 20.05.2009 às 12:01

A Meo também os não tem, porque se tem, só não conseguem ouvir intervalos publicitários! Cada vez que começam, tenho que ir a correr baixar o volume, porque senão treme a casa toda!
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.05.2009 às 12:05

Quem controla o som são os canais, não as operadoras. Nem o Meo nem a Zon nem a Cabovisão têm capacidade de intervir sobre isso.
Sem imagem de perfil

De Ana a 20.05.2009 às 22:06

Ok... isso eu não sabia...
Imagem de perfil

De TNT a 20.05.2009 às 12:39

Acho que os piorzinhos são os senhores da Fox Life da Zon. Eu tenho os dois operadores de tv (Meo e Zon) e o som dos intervalos do Fox Life é qualquer coisa de assustador!
Imagem de perfil

De ADzivo a 20.05.2009 às 17:18

e eu a julgar que era o meu Sonotone que tinha defeito
Sem imagem de perfil

De susu a 20.05.2009 às 17:52

Querem é (em qualquer canal) ter a certeza que, enquanto estamos a aproveitar o intervalo para dar um saltinho ao frigorífico, continuamos a ouvir pela x vezes que não podemos viver sem tal ou tal produto [:<]. Chamo isso lavagem cerebral moderna.
Imagem de perfil

De pedrocs a 20.05.2009 às 18:28

Deste cabo do post com a referência aos intervalos nas TVs, as pessoas só vão pegar nisso, mas isso é feito de propósito. O som dispara para a publicidade de assaltar convenientemente.

Lixo da humanidade, é o que a publicidade é.

Quanto à rádio, também me lembro de estar cá fora enquanto o meu pai gravava o pão comanteiga na Comercial e o gajo cá fora na consola a fazer a mistura embora o Carlos Cruz tivesse um fader para fazer ele a mistura voz/música. Os estúdios já não são assim?
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.05.2009 às 21:01

Nope. Se fores à Comercial, já não a reconheces. Já nem há bar nem nada :)
Imagem de perfil

De pedrocs a 20.05.2009 às 23:34

Então onde é que os radialistas apanham bezanas de whiskey? :-P
Imagem de perfil

De jonasnuts a 20.05.2009 às 23:37

Só conheci dois. O Zé Ramos já morreu. O outro curou-se :)
Sem imagem de perfil

De Gvb Eng. de som a 05.02.2010 às 10:14

Estamos a falar de Engenheiros de som ou técnicos de som?? Para subir e baixar uns faders não é obrigatório ter um curso universitário ! Nas rádios cada vez menos é necessário técnicos de som, os locutores fazem praticamente tudo. O volume do nível de som nos anúncios comerciais é propositado, é estúpido é verdade mas é propositado.
Agora em relação ao subtítulo deste blog não me parece que os verdadeiros Engenheiros de som estejam a desaparecer, pelo contrario cada vez á mais.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Estamos a falar de Engenheiros de som ou técnicos de som?? Para subir e baixar uns faders não é obrigatório ter um curso universitário ! Nas rádios cada vez menos é necessário técnicos de som, os locutores fazem praticamente tudo. O volume do nível de som nos anúncios comerciais é propositado, é estúpido é verdade mas é propositado. <BR>Agora em relação ao subtítulo deste blog não me parece que os verdadeiros Engenheiros de som estejam a desaparecer, pelo contrario cada vez á mais. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>GVB</A> Eng. de Som
Sem imagem de perfil

De Luís Martins a 19.08.2010 às 17:59

É tudo muito giro, mas para se ser de facto um engenheiro de som tem que se ir para o estrangeiro estudar porque no nosso País é uma autentica tristeza, apenas uns cursos profissionais da área e pagos a peso de ouro.


 
Sem imagem de perfil

De Ana Cristina a 05.05.2011 às 16:08

Engenheiros de som trabalham com acústica e eletroacústica, e nestas áreas fazem projetos e produções. Técnicos em som controlam equipamentos sob a ordem ou projetos de engenheiros de som. A engenharia de som não é tão restrita como pareceu.

Comentar post






Arquivo